segunda-feira, outubro 18, 2021

MIRANDO 2022, ROBERTO CLÁUDIO E CAPITÃO WAGNER REFORÇAM AGENDA NO INTERIOR DO CEARÁ

O ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT) e o deputado federal Capitão Wagner (Pros), potenciais pré-candidatos ao Palácio do Abolição em 2022, participaram de agenda política em municípios do interior neste final de semana. Com pouco menos de um ano para as eleições, as visitas devem-se ao acirramento da disputa estadual entre o líder da oposição no Ceará e o possível candidato da base do governador Camilo Santana (PT). 

ROBERTO CLÁUDIO 

Neste sábado, 16, Roberto Cláudio esteve no município de Cedro, distante 387,6 quilômetros de Fortaleza. O pedetista esteve com moradores, lideranças comunitárias e políticos, entre eles o prefeito Joãozinho de Titica (PDT) e o ex-prefeito e presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Nilson Diniz (PDT). Na sexta-feira, 15, o ex-prefeito esteve no município de Umirim para também se reunir com lideranças políticas do município. "Estive, ontem, em nossa querida e acolhedora cidade de Umirim. Conversando com moradores, líderes políticos e vereadores sobre Gestão Pública, a política do Brasil e também do Ceará! Mais uma vez agradeço ao prefeito Felipe Uchoa Sales pelo convite. Estamos juntos nessa, pessoal!", escreveu o pedetista nas redes sociais. 

Desde que foi anunciado como um dos cotados para disputar pelo PDT a sucessão de Camilo em 2022, RC já esteve em outras cidades do Ceará, entre elas Paracuru, Senador Pompeu e Itapipoca.

O PDT do Ceará indica já ter fechado lista com seus possíveis pré-candidatos para a sucessão de Camilo ao Governo do Estado. No dia 12 de setembro, a legenda iniciou no Cariri uma série de 12 encontros regionais que debaterão com aliados a candidatura própria do partido para 2022.

Com encontros em Brejo Santo e Barbalha, pedetistas reuniram para o debate interno o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão; a vice-governadora Izolda Cela e o secretário Mauro Filho (Planejamento e Gestão).

Nos encontros que deverão ser feitos nos próximos meses, o partido deve iniciar a discussão da estratégia eleitoral para 2022. Em eventos que contam com presença de diversos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e dirigentes partidários, apesar de ausente, o senador Cid Gomes (PDT) participa hoje como principal articulador político do PDT no Ceará. 

CAPITÃO WAGNER

Líder das movimentações de opositores no Ceará, o deputado federal Capitão Wagner (Pros) também entra na disputa pelos colégios eleitorais do interior. Na última semana, o parlamentar esteve na região do Cariri, terra natal de Camilo e que concentra forte apoio ao governador.

Wagner concentrou viagens aos municípios de Aurora, Abaiara, Juazeiro do Norte, Farias Brito, Tarrafas, Assaré e Crato. Ao lado do deputado, esteve sua esposa, Dayany Bittencourt, recém filiada ao Republicanos, e o deputado estadual Soldado Noélio (Pros). Na quinta-feira, 14, Wagner esteve em Aurora, Abaiara e Juazeiro do Norte. Na sexta-feira, 15, foi a vez dos municípios de Crato, Farias Brito, Tarrafas e Assaré. Em Juazeiro, segundo assessoria de imprensa, Wagner articulou um almoçou com o prefeito da cidade, Glêdson Bezerra. Todavia, segundo informações do portal News Cariri, a conversa nos bastidores é de que o prefeito realmente está se distanciando do projeto político de Wagner e pode, inclusive, compor palanque com a chapa governista no próximo ano. 

No início desse mês, o prefeito anunciou, em entrevista a uma rádio local, que votará em Camilo Santana para o Senado, em 2022. Porém, o gestor também esteve com o presidente Jair Bolsonaro em agosto, o que sugere um possível cabo de guerra e busca de seu apoio no Estado. 

Com informações de O Povo

domingo, outubro 17, 2021

PROFESSORA DA REDE MUNICIPAL DE IPU ALERTA SOBRE A DESVALORIZAÇÃO SALARIAL DA SUA CLASSE

Na última sexta,15/10, Dia do Professor, enquanto a Secretária de Educação, Terezinha Rufino, e a sua equipe realizavam um sorteio de uma TV, uma geladeira e um fogão em um programa jornalístico da Rádio Iracema, a professora concursada da rede municipal, Ivaneide Fernandes, usava os microfones da FM Cidade para fazer um desabafo sobre a desvalorização salarial e profissional dos educadores locais que trabalham para a prefeitura.  

Confira a breve, porém incisiva participação da professora Ivaneide Fernandes no programa Fatos em Debate comandado por Hélio Lopes e Equipe.

A "SAGA DE DIASSIS MARTINS" - UM ARTISTA IPUENSE QUE SEMPRE EXALTA A SUA TERRA NATAL

O cantor, compositor e poeta Diassis Martins é um Ipuense que sempre demonstrou através da arte musical um forte apego a sua terra natal. Já são várias as composições que nas últimas décadas tem exaltado o Ipu com suas belezas, tradições e, em especial, com as vivências que o artista tem na cidade. 

Identificando como um músico do forró tradicional, Martins tem um vasto e eclético repertório com músicas que ainda hoje são tocadas nas programações radiofônicas e eventos culturais cearenses.  

Filho do saudoso vereador José Lopes Martins, Diassis, o qual também é um renomado advogado na capital cearense, lançou seu primeiro disco em 1983 e no somatório geral contabiliza 16 produções entre Lps e Cds.  

O Blog apresenta uma bela homenagem feita ao Ipu através da confessional e biográfica canção "A Saga de De Assis Martins". Confira!

PRÉVIAS DO PSDB - EDUARDO LEITE RECEBE APOIO DA MAIORIA DOS TUCANOS MINEIROS

Marcadas para 21 de novembro, as prévias do PSDB movimentam os filiados e simpatizantes da sigla. Nesta última sexta, 15, o presidenciável e governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, esteve promovendo um encontro político em Belo Horizonte. Nitidamente o PSDB mineiro - a julgar pela movimentação do encontro e comparando-a com a do outro presidenciável João Dória, deverá votar em peso nas prévias para a candidatura do gaúcho. O ex-governador Aécio Neves prestigiou o evento. 

O senador cearense Tasso Jereissati que desistiu das prévias, é um dos maiores entusiastas da candidatura de Leite em 2022 ao comando do Palácio do Planalto.

EDUCADOR CONTESTA CRÍTICAS DE VEREADOR FEITAS AOS DESPORTISTAS DA VÁRZEA DO GILÓ

A querela envolvendo a construção do estádio do distrito da Várzea do Giló em Ipu, obra anunciada pelo então prefeito Sérgio Rufino (PCdoB) ainda no ano de 2013 e que não foi concluída, continua gerando um embate político entre os membros daquela comunidade. 

Recentemente as traves do campo de futebol foram retiradas, segundo a gestão municipal, para não prejudicar o plantio da grama. Nesta última semana, os desportistas locais postaram nas redes sociais a sua insatisfação com a letargia da prefeitura e resolveram tentar recolocar as traves para a prática do futebol, mas foram impedidos pela guarda municipal.

O vereador Carlos Amarantes (PCdoB), líder do prefeito Robério Rufino (PCdoB) e residente na Várzea do Giló, emitiu um dura nota contra a atitude dos desportistas. Veja:


CONTRAPONTO

O professor e funcionário público estadual, Osnar Magalhães, fazendo uso do salutar direito de expôr o contraditório, saiu em defesa da sua comunidade e usou sua rede social (Facebook) para contestar as duras afirmações do edil. Veja:



sábado, outubro 16, 2021

IRES X IRIS - EM HIDROLÂNDIA, PREFEITA ROMPE POLITICAMENTE COM SEU VICE

A "terra das águas sulfurosas" foi palco de cenas fortes na política partidária local. O vice-prefeito de Hidrolândia, Antônio Iris Mororó (PT), está rompido politicamente com a prefeita Ires Martins (PDT). A relação já não tão amistosa entre prefeita e seu vice, estrangulou de vez quando nesses últimos dias houve um entreveiro entre Antônio Iris Mororó e Arnóbio que é cunhado da Prefeita. Ato continuo após os dois irem as vias de fato em um comércio local, a gestora demitiu o médico José Ivan Mororó que atua no Hospital Municipal. 

Irmão do Vice, José Ivan Mororó já causava um certo desconforto para a prefeita, pois o mesmo se projeta como pré-candidato à prefeito em 2024 em Hidrolândia. 

Pelo visto, o clã dos Mororós de Hidrolândia através de Dr. José Ivan, será daqui por diante, ao lado do empresário Felipe Motos, os referencias da oposição contra a prefeita Ires Martins. 

sexta-feira, outubro 15, 2021

A "DOBRADINHA" IPUENSE QUE MOVIMENTOU (E MOVIMENTA) O GRUPO DE OPOSIÇÃO E ATÉ DE SITUAÇÃO

Nesse 2021, sobretudo nesse segundo semestre, as mobilizações políticas em Ipu com vistas para as eleições de deputado em 2022, foram (e estão) sendo protagonizadas pela formação da "dobradinha" de pré-candidatos Lindbergh Martins Filho (PSD) e Bruno Pedrosa (PP). A união em torno dos jovens postulantes ao parlamento federal e à Assembléia estadual, mexeu (e ainda mexe) no tabuleiro da política ipuense não apenas dentro da oposição, mas também dentro do grupo de situação. 

Na oposição, a dupla "LF e BP" fez Sérgio Aguiar (PDT) - inegavelmente e ao lado de Diego Carlos os teóricos detentores de uma massiva votação no último pleito municipal através da sigla PDT - se movimentar mais na política local e até rever (ou seria reverter) a formação de alianças em torno da sua reeleição para Deputado Estadual. 

No grupo de situação, por sua vez, já se ouve até o murmurinho que se Lindbergh Filho seguir ganhando musculatura na política local, o líder Sérgio Rufino (PCdoB) partirá para o "sacrifício" de sair candidato a Deputado Federal e, ato continuo, já fazer uma marcação colada na tentativa de ofuscar o emergente jovem advindo da praiana Jijoca onde o pai é prefeito.  

GOVERNADORES TENTAM BARRAR TABELAMENTO DO ICMS DOS COMBUSTÍVEIS NO SENADO

O texto que muda a tributação sobre combustíveis passou pela Câmara na última quarta-feira (13). A expectativa no Senado é que a proposta consiga avançar, apesar da resistência a alterar impostos que possam prejudicar os estados e da visão de que o projeto aprovado na Câmara confirma o discurso do presidente Jair Bolsonaro, que culpa os governadores pelo preço dos combustíveis. Lideranças das principais bancadas acreditam que “algo precisa ser feito”.

Patrocinado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o projeto prevê que o ICMS (imposto estadual) passe a ser um valor fixo. Os estados e o Distrito Federal poderão definir anualmente as alíquotas específicas. A taxa do tributo será calculada com base no valor médio dos combustíveis nos últimos dois anos.

Hoje, o ICMS é calculado com base em um preço de referência, conhecido como PMPF (preço médio ponderado ao consumidor final), revisto a cada 15 dias de acordo com pesquisa de preços nos postos. Sobre esse valor, são aplicadas as alíquotas de cada combustível. Com a mudança, Lira e aliados do governo afirmam que o preço da gasolina deverá cair 8%. No caso do etanol, a queda seria de 7%, e de 3,7% para o diesel. O método de cálculo, no entanto, não foi divulgado.

Governadores, que perderão receita, e parlamentares da oposição dizem que a medida não ataca o real problema da alta dos preços dos combustíveis, que está relacionada à desvalorização do câmbio e ao aumento do valor do barril de petróleo no mercado internacional.

“O forte aumento que os preços dos combustíveis sofreram nada tem a ver com [as alíquotas do] ICMS. Os preços vão continuar subindo e isso vai desmoralizar a todos”, avalia o presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias (PT). O argumento para acionar o STF é que não caberia ao Congresso definir as regras do ICMS, e sim aos estados. “Estou impressionado como votam no Congresso Nacional um projeto sobre tributação estadual. Não há autorização constitucional para aqueles preceitos”, disse Dias.

O presidente do Fórum dos Governadores e governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), também afirmou que a proposta da Câmara é inconstitucional. “A Petrobras, que é uma empresa pública, é uma empresa do povo brasileiro, que vem constantemente gerando aumentos no combustível e no gás de cozinha da população. Estão querendo transferir a responsabilidade para os estados, mas nós vamos barrar isso no Supremo Tribunal Federal”, afirmou Ibaneis.

A Febrafite (Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais) calcula que a proposta de Lira geraria uma perda de R$ 24 bilhões por ano na arrecadação de estados e municípios. O cálculo foi usado pelo Comsefaz (Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda Estaduais), que divulgou uma nota nesta quarta contra o projeto patrocinado pelo presidente da Câmara.

No Senado, existe o sentimento que “algo precisa ser feito” para segurar o preço dos combustíveis, de modo a não atrapalhar a retomada do crescimento econômico e segurar a inflação. “Acho que algo precisa ser feito para freiar essa disparada de preços dos combustíveis e energia elétrica”, responde Eduardo Braga (MDB-AM), líder da maior bancada do Senado, quando questionado sobre as chances de a proposta avançar no Senado. (Folhapress)

quinta-feira, outubro 14, 2021

IPU CONTABILIZA 52 NOVAS CONTAMINAÇÕES POR COVID EM OUTUBRO

Em 30 de agosto, a Secretaria de Saúde Municipal divulgou em sua página instagram uma atualização de casos de covid-19 de Ipu. Na ocasião, foram totalizados 5.369 casos desde o início da pandemia. Durante setembro, a pasta municipal não fez nenhuma divulgação oficial levando a dedução que não houveram novos registros naquele mês. 

Neste mês de outubro, a Secretaria voltou a realizar a divulgação de novos boletins epidemiológicos. Ontem, 13/10, saiu uma nova atualização com 5.421 casos. Com isso, a cidade de Ipu já acumula um total de 52 casos, superando agosto que totalizou apenas 14 casos. 

TROCA DE FARPAS ENTRE CIRO E DILMA AZEDA AMBIENTE DA ALIANÇA DO PDT COM O PT

As críticas do presidencial Ciro Gomes ao ex-presidente Lula, a quem acusou de conspirar pelo impeachment da então presidente Dilma Roussef, azedaram ainda mais o ambiente da aliança do PDT com o PT na corrida ao Governo do Estado em 2022. Ciro voltou a bater duro nos petistas, recebeu resposta de Dilma e críticas do deputado federal José Nobre Guimarães, uma das vozes mais firmes na defesa da aliança do PT com o PDT.

O fogo cruzado no cenário nacional, com impactos diretos no quadro político local, abriu as portas para o Capitão Wagner, aliado do presidente Jair Bolsonaro e pré-candidato ao Palácio da Abolição, alimentar o sonho de atrair dissidentes da aliança para o seu palanque nas eleições de 2022. Wagner foi sarcástico e, após as declarações de Ciro, provocou o pedetista, ao pedir ‘mais respeito às mulheres’.

METRALHADORA

Em entrevista ao podcast Estadão Notícias, do Jornal O Estado de São Paulo, Ciro disparou a metralhadora contra petistas e lideranças nacionais do MDB. “Eu atuei contra o impeachment e quem fez o golpe foi o Senado Federal.

Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?”, iniciou. “Hoje eu estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro”, acusou.

Ciro revelou que, a pedido de Dilma, escreveu um documento com cerca de 15 páginas, e o entregou a um “camarada”, que, por sua vez, “jogou fora e não aplicou nada”. Ciro disse, ainda, que seu irmão, o senador Cid Gomes (PDT-CE), chegou a questionar se de fato aqueles que se diziam aliados de Dilma queriam impedir sua deposição do cargo.

CONTRA ATAQUE DE DILMA E GUIMARÃES

A ex-presidente Dilma rompeu o silêncio e foi para o contra ataque: “Só Ciro Gomes é competente. Este é o pecado de sua enorme presunção. Esta é a sua visão quando se trata de avaliar o resto da humanidade. Mas quando se trata de mulher, sua visão não é só inadequada, é também profundamente misógina”, afirmou Dilma, ao dizer, ainda, que Ciro sistematicamente distorce os fatos e, , nisso, segundo ela, ‘’não se difere em nada de Bolsonaro. Ambos adoram quando os alvos de suas agressões reagem. Precisam disso para obter likes e espaço na mídia. É disso que se alimentam’’, criticou.

O vice-presidente nacional do PT, José Nobre Guimarães, manifestou solidariedade a ex-presidente Dilma e ao ex-presidente Lula. “O Ciro Gomes tem o direito de ser candidato pelo PDT. O que ele não pode é falsear a verdade. Essa é uma fala tão estapafúrdia que só pode ser fake news’’, cutucou Guimarães, ao acrescentar. ‘’Nosso compromisso sempre será com a verdade. Lula sempre trabalhou e lutou contra o impeachment de Dilma’’.

IRA DE CIRO CRESCE COM ALIANÇA EUNÍCIO X LULA

A corrida pela Presidência da República deixa o presidenciável Ciro Gomes e o ex-presidente Lula cada vez mais distantes. A troca de farpas tem desdobramentos imprevisíveis na aliança que o PDT e o PT mantém no Ceará desde a primeira eleição de Cid Gomes ao Governo do Estado em 2006. O componente nacional amplia o ranço na relação entre caciques do PDT e do PT e desperta ainda mais ira do pedetista com o palanque montado pelo ex-senador Eunício Oliveira para ampliar os canais de aproximação do ex-presidente Lula com o MDB.

O ex-presidente do Senado, Eunício Oliveira, e o presidenciável Ciro Gomes se tornaram desafetos políticos nos últimos cinco anos. Eunício foi eleito senador, em 2010, na aliança que reelegeu o então Governador Cid Gomes, mas a convivência com o líder pedetista nunca foi harmoniosa.

A campanha de 2018 foi ápice dos conflitos. Candidato à reeleição, Eunício viu a base minada pelas sucessivas articulações de Ciro e, ao final da eleição, saiu derrotado. Ao encerrar o mandato de senador, Eunício se recolheu, atribuiu a sua derrota as manobras de Ciro.

O ressentimento do emedebista se estende, também, ao ex-prefeito Roberto Cláudio que, no entender de Eunício, foi usado por Ciro para tirar vereadores e lideranças comunitárias do seu palanque. O acirramento ganhou ainda mais dimensão com a decisão de Eunício arrematar, por meio de leilão, um imóvel de propriedade de Ciro Gomes. Eunício, além de arrematar o imóvel, debochou ao dizer que o pedetista não tinha competência para administrar o próprio patrimômio quanto mais para presidir o Brasil.

terça-feira, outubro 12, 2021

BARRO (CE) - TRE CASSA MANDATO DE PREFEITO E VICE; VEREADORA ASSUME PREFEITURA INTERINAMENTE

A presidente da Câmara Municipal de Barro, vereadora Maria Pereira de Lira Silva (Vanda), foi empossada como prefeita interina da cidade por volta das 16h do último sábado (9), após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) cassar os diplomas do prefeito José Marquinélio Tavares (PSD) e do vice José Vanderval Feitosa (PSD).

Em sessão realizada no último dia 27 de agosto, a Corte negou, por unanimidade, provimento ao recurso eleitoral e manteve a cassação por entender que ambos praticaram abuso de poder econômico e fraude em contratações de servidores temporários para o combate à pandemia de Covid-19. Por isso, foram declarados inelegíveis por 8 anos, a contar das eleições de 2020.

O Tribunal considerou que o prefeito utilizou a pandemia de Covid-19 como pretexto para se beneficiar durante a campanha eleitoral e tentar a reeleição, efetivando contratações emergenciais de mais de 150 servidores temporários, dentre os quais vigilantes, motoristas e auxiliares de serviços gerais.

PREFEITO E VICE VÃO RECORRER

A decisão cabe recurso para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e, conforme a assessoria do Município, prefeito e vice irão recorrer. 

"Todas as circunstâncias levam à inevitável conclusão de que a contratação de pessoal, às vésperas das eleições, através de indicação política de aliados, sem a observância mínima de pré-requisitos, sem publicidade no chamamento e repleta de vícios, teve como principal objetivo cooptar votos para os gestores do município, candidatos à reeleição", afirmou o relator, o juiz George Marmelstein, durante a sessão que confirmou a cassação da chapa.

NOVAS ELEIÇÕES NO MUNICÍPIO

Assim como prefeito e vice, a vereadora Vanda é do PSD. Portanto, o município permanecerá, pelo menos temporariamente, sob gestão do mesmo grupo político.

Em nota enviada ao Diário do Nordeste, o TRE-CE informou que "já julgou os embargos e, conforme a legislação eleitoral, devem ser agendadas novas eleições" no município.

Fonte: DN

EM CAMPANHA, SÉRGIO RUFINO DIZ TER "CONVERSADO E OUVIDO" A COMUNIDADE DE PARACURÚ

No último final de semana o ex-prefeito de Ipu, o agropecuarista Sérgio Rufino (PCdoB), esteve militando ao lado do cunhado Cláudio Pinho (PDT) na região litorânea cearense. Tendo por finalidade a projeção de Roberto Cláudio como candidato ao governo do Ceará em 2022, Rufino esteve também no encontro ao lado do Prefeito de Paracuru, Beim, e do  Prefeito de Pentecoste Bosco Tabosa.

Sérgio Rufino e Cláudio Pinho trabalham para serem candidatos a Deputado Estadual (veja o podcast abaixo).

Contradição

Ao longo dos seus oito anos como prefeito de Ipu, Sérgio Rufio - o qual deixou teoricamente no comando da cidade um sobrinho, fez uma gestão familiar, fechada e sem diálogo com a comunidade. Nem uma Ouvidoria para aproximar a gestão com os munícipes, por exemplo, foi colocada para funcionar. Estranha muito aos ipuenses esse postura agora de "conversar e ouvir" por parte do líder comunista. 

___________________________________________

ALTO SANTO - JUSTIÇA ANULA CANDIDATURAS DO PSD E PDT POR FRAUDAR COTA DE GÊNERO

A Justiça Eleitoral no Ceará anulou as candidaturas dos vereadores registrados pelo PSD e pelo PDT do município de Alto Santo nas eleições de 2020 por fraude à cota de gênero, exigida pela legislação. Nas sentenças, o juiz Victor de Resende Mota ressaltou que o percentual mínimo de 30% da cota de gênero foi prejudicado e salientou que a fraude foi comprovada.

Ele cita os seguintes elementos que evidenciam a fraude: votação pífia das candidatas; gastos insignificantes com material de propaganda; semelhança no registro de despesas nas prestações de contas de candidata do mesmo grupo político, atinente a despesas ínfimas de propaganda eleitoral, que não foi sequer acostada aos autos, denotando-se claros indícios de maquiagem eleitoral; divulgação de propaganda eleitoral em favor de candidata proporcional concorrente e esposo da candidata Ana Paula, bem como ausência de comprovação de que as impugnadas tenham feito propaganda em benefício próprio; ausência das candidatas em propaganda do partido de que constavam todos os candidatos efetivos.

Na decisão, o magistrado ainda destacou que as evidências, quando articuladas em conjunto, “configuram lastro probatório bastante robusto e perfeitamente idôneo para demonstrar que as candidatas impugnadas e seu partido não apresentavam nenhum interesse efetivo em suas candidaturas nem realizaram atos consistentes de campanha eleitoral em seu favor, de modo que se cuida de candidaturas de fachada, articuladas apenas para atingir formalmente o número mínimo exigido de candidaturas femininas”.

com informações do Jornal O Estado CE

WAGNER 2022 - QUAIS OS PARTIDOS QUE JÁ ESTÃO FECHADOS COM O PRÉ-CANDIDATO?

Campeão de votos à Câmara Federal em 2018, Capitão Wagner já soma, hoje, como pré-candidato a governador, o apoio do Republicanos, PROS e Podemos. Conta, ainda, com a dissidência no PSDB puxada pelo prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, e pelo deputado federal Danilo Forte. Wagner vem conversando, também, com o ex-senador e presidente regional do MDB, Eunício Oliveira, opositor do PDT. 

MDB DO CEARÁ

Correligionários de Eunício não descartam o apoio do MDB a Wagner, principalmente, se o PDT lançar o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, à sucessão do Governador Camilo Santana (PT). Em Sobral, o Deputado Moses Rodrigues (MDB), já declarou total apoio a candidatura de Wagner ao Palácio da Abolição. 

com informações do Ceara Agora e do Blog do KT

segunda-feira, outubro 11, 2021

DICAS DE BRASIL COLONIAL PARA O VESTIBULAR DA UVA

Vai fazer o próximo Vestibular da UVA (Universidade Estadual Vale do Acaraú)? Então confira as dicas de Brasil Colônia através da resolução de onze questões UVA com o professor Kléber Teixeira. 

MORO TEM NOVA DATA PARA DECIDIR SOBRE CANDIDATURA PRESIDENCIAL

Afastado do cenário político de Brasília desde que deixou o Ministério da Justiça do governo Jair Bolsonaro, Sergio Moro definiu um novo prazo para informar a apoiadores e partidos políticos se pretende disputar as eleições presidenciais de 2022. A resposta de Moro é esperada para o dia 1º de novembro, uma segunda-feira, quando caciques do Podemos, partido que pretende filiá-lo para uma candidatura da chamada terceira via, devem voltar a conversar com o ex-juiz.

Antes fechado em copas sobre seu interesse em rivalizar com o presidente Bolsonaro, de quem foi subordinado, e com o ex-presidente Lula, de quem foi algoz na Lava-Jato, Moro deu sinais de que está em busca de economistas para orientá-lo e de especialistas na área de educação capazes de apresentar a ele os gargalos e potenciais do setor para uma eventual plataforma de pré-campanha. A definição pelo primeiro dia de novembro para a provável resposta sobre seu destino político leva em conta o fato de que até lá ele saberá se ficará por mais um ano como contratado da consultoria americana Alvarez &Marsal ou se retornará em definitivo ao Brasil para entrar em uma carreira política.

Segundo interlocutores que conversaram com Moro nas últimas semanas, ele se mostrou contrariado, por exemplo, com uma decisão da Câmara dos Deputados de impor uma quarentena eleitoral, a partir de 2026, para ex-juízes que pretendam se candidatar. Já foi orientado mais de uma vez a buscar treinamento de experts para melhorar sua oratória e a parlamentares sinalizou em diferentes oportunidades que concordaria em compor uma chapa presidencial com outro nome da seara política se o aliado aparecer em um futuro próximo mais bem colocado que ele em pesquisas eleitorais.

A atual indefinição de Sergio Moro sobre uma candidatura compromete as articulações por palanques regionais, que ficam em compasso de espera para fechar alianças. O eventual lançamento do nome do ex-juiz da Lava-Jato teria como consequência menos adesão partidária, já que boa parte da classe política, afetada pela operação anti-corrupção, não embarcaria em uma candidatura do ex-magistrado. Ao mesmo tempo, Moro aparece numericamente a frente de outros nomes que reivindicam a paternidade da terceira via, como os governadores João Dória e Eduardo Leite e o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta.

Enquanto o ex-juiz não dá sua palavra final, o Podemos mantém há meses conversas políticas com o DEM, que acaba de aprovar sua fusão com o PSL, antigo partido de Bolsonaro, para uma possível parceria em 2022. O candidato natural da legenda, o senador Álvaro Dias (PR), já informou que não pretende concorrer à Presidência no próximo ano.

Fonte: veja

domingo, outubro 10, 2021

INFLAÇÃO OFICIAL VOLTA A TER DOIS DÍGITOS (10,35%) APÓS CINCO ANOS

A inflação, que pressiona o dia a dia das famílias, atingiu dois dígitos no acumulado de doze meses, algo que não acontecia desde fevereiro de 2016, quando chegou a 10,35%. 
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro acelerou 1,16% no mês. Com o resultado, o indicador acumula alta de 10,25% em doze meses. Os dados foram divulgados nesta última sexta-feira (08). 

A inflação registrada em setembro é a maior para o mês desde 1994, início do Plano Real, quando o índice foi de 1,53%. A alta do mês foi generalizada, com aumento em oito das nove categorias de preço pesquisadas. A alta dela corrói o poder de compra da população, que rapidamente é afetada à medida que o arroz, a carne, o tomate, o botijão de gás, a energia elétrica e o transporte passam a devorar parcelas cada vez maiores dos seus vencimentos. 

DESPENAS DE CASA (HABITAÇÃO)

Os grupos habitação, transporte e alimentação e bebidas contribuíram com cerca de 86% do resultado de setembro. Os demais ficaram entre a queda de 0,01% em educação e a alta de 0,90% em artigos de residência. Desses, a maior foi em habitação, que acelerou 2,56%. Nos itens que compõe esse grupo estão a energia elétrica, com alta de 6,47%, acumulando alta de 28,82% em doze meses”. Há ainda os reajustes aplicados pelas distribuidoras. Com isso, o preço para o consumidor final tem aumentado a cada mês. Já foram 16 altas consecutivas. Em 12 meses, o gás acumula aumentos de 34,67%”. 

COMBUSTÍVEIS 

Outro grupo que pressionou os preços foram os transportes (1,82%). Mais uma vez, a alta ocorre por conta dos combustíveis, que subiram 2,43%, influenciados, pela gasolina (2,32%)  e o etanol (3,79%). Em 12 meses, a gasolina já aumentou 39,60% e o etanol, 64,77%. Também subiram no mês o gás veicular (0,68%) e o óleo diesel (0,67%). 

ALIMENTOS 

Alimentação e bebidas (1,02%) tiveram uma leve desaceleração em relação a agosto (1,39%) por conta do recuo das carnes (-0,21%), após 7 meses consecutivos de alta,  que acabou puxando a alimentação no domicílio para baixo (1,19%), frente ao resultado de 1,63% no mês anterior. Essa queda das carnes pode estar relacionada à redução das exportações para a China. 

Também recuaram os preços da cebola (-6,43%), do pão francês (-2,00%) e do arroz (-0,97%). No caso do pão francês, tivemos uma redução no preço do trigo no mercado internacional, o que pode ter impactado nesse resultado. 

Por outro lado, o IPCA continua registrando altas expressivas na alimentação dentro do domicílio. É o caso das frutas (5,39%), que contribuíram com 0,05 ponto percentual no índice de setembro, do café moído (5,50%), do frango inteiro (4,50%) e do frango em pedaços (4,42%). O frango tem subido bastante por conta da alta do custo da ração animal. Ele também é impactado pela alta da energia elétrica. Por ser um substituto das carnes, o preço do frango costuma subir com a maior demanda.  Também aumentaram em setembro os preços da batata-doce (20,02%), da batata-inglesa (6,33%), do tomate (5,69%) e do queijo (2,89%). 

Fonte: Veja

VARIANTE DELTA CAUSA MAIS SINTOMAS EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES, APONTA PESQUISA

A variante Delta do coronavírus provoca mais sintomas em crianças e adolescentes que em adultos. No entanto, a carga maior de sintomas não causou agravamento da Covid-19. É o que apontam pesquisadores do King's College London, em estudo preliminar realizado no Reino Unido. A pesquisa comparou dois grupos de crianças e adolescentes em idade escolar diagnosticadas com Covid-19. Dessas, 694 foram infectadas pela variante alfa entre o fim de dezembro de 2020 e o início de maio de 2021 e 706 foram infectadas pela Delta entre o final de maio e o início de julho.

O grupo de infectadas pela Delta apresentou um pouco mais de sintomas, de acordo com informações do G1, sendo a dor de cabeça e a febre os mais comuns. Entretanto, os dois grupos tiveram infecções de curta duração e carga similar de sintomas.

A dor na região dos olhos foi um dos sintomas mais relatados pelas crianças (5 a 11 anos) do que pelos adolescentes e pela população em geral. Poucas crianças precisaram ser hospitalizadas. Em ambos os grupos, apenas metade ficou doente por até cinco dias.

7 sintomas comuns entre crianças e adolescentes infectados com alfa e Delta:

- dor de cabeça;

- fadiga;

- febre;

- perda do olfato;

- espirros;

- corrimento nasal;

- dor de garganta.

Fonte: Pesquisa do King's College London

sexta-feira, outubro 08, 2021

COM VACINAÇÃO LENTA, IPU VOLTA A REGISTRAR NOVAS CONTAMINAÇÕES E INTERNAÇÕES POR COVID EM OUTUBRO.

Depois de dois meses (agosto e setembro) sem publicar nenhum Boletim Epidemiológico da pandemia do Covid-19, o que deu a transparecer que as contaminações cessaram em definitivo no município, a Secretaria de Saúde de Ipu voltou a divulgar o informativo desde a última terça (05/10). 

O fim do hiato de comunicação da Secretaria de Saúde, dá a entender que os casos de covid voltaram a serem registrados em Ipu. O blog conversou com um membro da Secretária e o mesmo confirmou que já há uma preocupação com a presença da variante delta (confirmada pelo governo do estado) na cidade. De acordo com a divulgação realizada ontem, 07/10, o Ipu já registra 39 contaminações teoricamente nesse mês de outubro. 

VACINAÇÃO LENTA

Comparado com o caos epidemiológico dos meses de abril, maio e junho - veja gráfico abaixo, não há razões para alarmes e retrocessos no processo de abertura econômica. Porém é preocupante o ritmo moderado de vacinação em Ipu, na qual 46% dos munícipes receberam a primeira dose, enquanto a média nacional de imunizados com a 1ª dose no Brasil é de 69%  e no Ceará é de 67%. 

Com 108 vidas perdidas para o novo coronavírus, o Ipu é uma das cidades cearenses com a maior média de mortes por habitantes.  

JUSTIÇA ELEITORAL CASSA MANDATO DE VEREADOR DO PDT DE PENTECOSTE (CE)

O promotor eleitoral Jairo Pequeno Neto, autor das ações, aponta que o pastor evangélico e então candidato Vaumir Gonçalves, valendo-se da posição de coordenador do Projeto Pró-Futuro, distribuiu cestas básicas e prometeu vantagens às famílias carentes assistidas pela ONG (Organização Não Governamental), em troca de votos e de sua promoção pessoal.

A Justiça Eleitoral do Ceará cassou na tarde desta quinta-feira (07) o mandato do vereador do município de Pentecoste, na região Norte do Ceará, Pastor Vaumir Gonçalves (PDT). A ação foi movida pelo Ministério Público Eleitoral, que acusa o vereador de ter sido beneficiado pela prática de abuso de poder econômico. A decisão foi tomada pela maioria da corte.

O promotor eleitoral Jairo Pequeno Neto, autor das ações, aponta que o pastor evangélico e então candidato Vaumir Gonçalves, valendo-se da posição de coordenador do Projeto Pró-Futuro, distribuiu cestas básicas e prometeu vantagens às famílias carentes assistidas pela ONG (Organização Não Governamental), em troca de votos e de sua promoção pessoal.

Dias antes das eleições, o MP apreendeu cerca de cinco toneladas de alimentos que estavam sendo armazenados pelo pastor, no prédio da organização, para distribuição como forma implícita de compra de votos. Na época, a Justiça Eleitoral acatou requisição do Ministério Público e distribuiu os alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade cadastradas em programas sociais no município.

Conforme o MPE, o líder religioso utilizava, inclusive, a imagem de crianças assistidas pela entidade filantrópica nos vídeos divulgados como propaganda política, e pedia votos aos responsáveis pelos menores, prometendo-lhes casas populares e a ampliação do projeto social.

Com informações do noticiasdepentecoste.com

quinta-feira, outubro 07, 2021

VENDA DE EMENDAS PARLAMENTARES ESTÁ SOBRE INVESTIGAÇÃO PELA CGU

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário , disse nesta quarta-feira, 6, em audiência na Câmara, que a sua pasta e a Polícia Federal investigam um esquema de venda de emendas parlamentares. Nele, deputados e senadores enviariam recursos do Orçamento a prefeituras em troca de um porcentual.

Wagner Rosário também afirmou “não ter dúvida” de que há corrupção na compra de tratores pelo governo via orçamento secreto, caso que ficou conhecido como “tratoraço”.

“Sobre vendas de emendas, estamos investigando vários casos porque já fazemos esse trabalho em convênios em geral. Porque não é só trator, tem várias outras coisas acontecendo fruto de convênios no Brasil em diversos outros órgãos e estamos com trabalho bastante forte nisso, em parceria com a PF, e todos nós vamos ficar sabendo no dia da deflagração de operação e também no desencadeamento dos trabalhos.”

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, uma das suspeitas é de que parlamentares cobram de 10% a 20% sobre o valor da emenda em troca da indicação de recursos para uma determinada prefeitura. A quantia seria paga por empreiteiras interessadas nas obras ou pelos próprios agentes públicos.

As investigações cercam, sobretudo, emendas enviadas por deputados e senadores para cidades fora do seus redutos eleitorais, até em outros Estados. Em maio, afirma ainda o jornal, R$ 181 milhões foram destinadas desta maneira.

Segundo Rosário, além das emendas de relator, outra modalidade de distribuição de recursos do Orçamento que será alvo das investigações é a chamada transferência especial. Trata-se de uma espécie de “emenda cheque em branco”, pela qual deputados e senadores podem transferir recursos, desta vez de suas emendas individuais, sem que os beneficiários justifiquem ou apresentem qualquer tipo de projeto para mostrar em que, afinal, o valor será aplicado.

Fonte: O Estadão

DEPUTADO MOSES RODRIGUES RECEBE TÍTULO DE CIDADÃO DE FORQUILHA

Na noite desta quarta-feira, 06, o Deputado Federal Moses Rodrigues recebeu na Câmara dos Vereadores o título de cidadão honorífico do município de Forquilha, na Zona Norte do Ceará. A proposição, aprovada por unanimidade na Casa Legislativa, foi do vereador Carlos Wagner. “É com imensa satisfação que recebo o título de cidadão dessa cidade que sempre me acolheu como filho. Forquilha, a cidade-irmã de Sobral, muito tem contribuído para o desenvolvimento da Zona Norte”, destacou o parlamentar.

Durante o seu discurso, Moses Rodrigues falou sobre o processo de regularização fundiária das terras do perímetro irrigado de Forquilha junto ao Departamento de Obras Contra as Secas - DNOCS e sobre os recursos destinados para o município.

“_ Desde o inicio do mandato já foram destinados recursos para construção de passagens molhadas, obras de pavimentação e para a área da saúde – aquisição de equipamentos, ambulância e consultório odontológico_”, finalizou.

Ainda receberam título de cidadão de Forquilha o empresário Alex Fontes de Oliveira, o Presidente da Associação dos Pescadores, Ernesto Marques Teófilo, o empresário, José Wilson de Freitas, e o poeta Raimundo Pedro J. Holanda.

A sessão solene contou com a presença dos vereadores José Eliezer Carlos Siqueira, Roque Gonçalves Lima Filho, Maria das Neves Ferreira, Marcelo Sousa Siqueira, Francisco Gerson Rodrigues Freire, José Anchieta Rodrigues, Carlos Wagner Cavalcante Araújo, Márcio Daniel Ricarte Vasconcelos, Sebastião Martins da Frota Neto, Carlos César Martins e Leonardo Martins Rodrigues. Ainda estiveram presentes os vereadores de Sobral Chico Joia e Zé Victor Marinho, além de lideranças políticas da região e amigos, como Valdir Loiola, Cláudio Portela e Sidcley Tavares.

(Com informações de Wilson Gomes)

terça-feira, outubro 05, 2021

LUIZIANNE NÃO DESCARTA ALIANÇA COM O PDT, MAS VETA ROBERTO CLÁUDIO

Principal liderança do PT em Fortaleza, a deputada federal Luizianne Lins disse neste fim de semana que não descarta apoiar a manutenção da aliança entre petistas e pedetistas para a eleição de 2022 no Ceará. A ex-prefeita destaca, no entanto, que a aliança precisa acontecer "dentro de condições que o PT aceite", afirmando ainda que se recusará a fazer composição com Roberto Cláudio (PDT) na cabeça da chapa para o Governo do Estado.

"Nós já temos vetos concretos, conversados e ditos. Roberto Cláudio hoje não passa nem entre os deputados, nem entre vereadores, nem entre militância, eles não querem o Roberto Cláudio. Se eles (Cid e Ciro Gomes) dizem que querem negociar e já chegam com um nome que já foi vetado, e inclusive a presidente Gleisi (Hoffmann, presidente nacional do PT) já foi informada disso, não vai para frente. Há um veto expresso, por tudo que ele fez e pelo que ele não fez, até porque ele poderia ter feito a diferença aqui na eleição do Haddad aqui em Fortaleza, e não mexeu uma palha. É um nome que já está fora", diz.

Candidato "favorito"

Atualmente, Roberto Cláudio é um dos quatro nomes cotados pelo PDT para disputar pelo Governo do Ceará em 2022. Prefeito de Fortaleza entre 2013 e 2020, RC é considerado o "candidato natural" à sucessão de Camilo Santana (PT) por ter deixado o governo elegendo o sucessor, José Sarto (PDT), e com uma gestão bem avaliada em pesquisas de opinião, principalmente na área de mobilidade urbana.

Pesquisa Ibope divulgada ao final do mandato, por exemplo, apontou aprovação do prefeito em 67%, com índice de ótimo ou bom em 56%. O índice era tão bom ou melhor que o da gestão Camilo Santana, que possuía ótimo ou bom em 51%. Além de RC, outros nomes cotados para a candidatura do PDT são o presidente da Assembleia, Evandro Leitão, a vice-governadora Izolda Cela e o secretário de Planejamento do Estado, Mauro Filho.

PT e PDT

A ex-prefeita ainda "puxa as orelhas" de aliados, destacando que, atualmente, pedetistas precisam de petistas em 2022 muito mais do que o contrário. "Alguns líderes do PT deveriam entender isso, que eles (PDT) precisam muito mais da gente, e o Ceará já está cansado da oligarquia Ferreira Gomes. A eleição municipal já deixou muito claro isso. É só ver que eles falavam em ganhar a eleição com vinte pontos de diferença, e por menos de três pontos o Capitão Wagner não foi eleito prefeito. Por quê? Porque existe um cansaço".

"O povo está vendo, e se eles não souberem ter humildade para construir uma aliança que não seja só do jeito que eles querem, eles vão perder essa eleição, e, infelizmente, para o que tem de pior hoje na política, que é o bolsonarismo", disse, durante participação em protestos contra Jair Bolsonaro em Fortaleza.

"Desconstrução"

Entre as razões pelo veto a RC, Luizianne destaca uma "narrativa" que teria sido encampada pelo pedetista para tentar minimizar ações de sua gestão na Prefeitura de Fortaleza, entre 2004 e 2012. "Estão começando a me atacar, recuperando uma narrativa equivocada e mentirosa sobre o nosso governo. E nós vamos responder cada palavra disso e vamos trazer à tona o que representou cada governo. O nosso, o do Roberto Cláudio e o do Sarto, que tem sido um fiasco até agora".

Defesa de Lula

A ex-prefeita ainda afirma que, mesmo que o PT cearense decida por manter a aliança, "não aceitará" que pedetistas do Estado - principalmente o ex-ministro Ciro Gomes - ataquem o partido ou ex-presidente Lula. "Eu não vou deixar, no Ceará, nenhuma agressão praticada contra o Lula sem resposta. Nem a ele nem aos nossos governos", afirma.

Fonte: O Povo.com

UECE ABRE INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR 2022.1

A Universidade Estadual do Ceará (Uece), por intermédio da Comissão Executiva do Vestibular (CEV), abre inscrições no período de 4 a 15 de outubro para o Vestibular 2022.1, exclusivamente pela internet, no site. As inscrições para o concurso destinam-se a selecionar candidatos para os cursos de graduação do primeiro semestre letivo de 2022. As provas da primeira fase acontecerão no dia 15 de novembro de 2021. Já as provas da segunda fase serão realizadas nos dias 5 e 6 dezembro, domingo e segunda-feira, respectivamente.

Estão sendo ofertadas 2.410 vagas, das quais 1.216 são para os cursos de Fortaleza e 1.194 vagas para os cursos das unidades da Uece no Interior, localizadas nos municípios de Quixadá, Limoeiro do Norte, Itapipoca, Iguatu, Crateús, Tauá.

A ficha eletrônica de inscrição e o Documento de Arrecadação Estadual (DAE) poderão ser gerados até às 23h59min do dia 15 de outubro. O DAE terá como vencimento o dia 16 de outubro, data em que o candidato deverá realizar o pagamento. A taxa de inscrição, no valor de R$ 140 (valor para pagamento integral), poderá ser paga na rede bancária ou nos estabelecimentos por ela credenciados.

Na ficha eletrônica de inscrição, o candidato indicará o curso e a língua estrangeira (Inglês, Francês ou Espanhol) de sua escolha.

Programação

As provas da 1ª fase serão aplicadas no dia 15 de novembro, feriado nacional (segunda-feira), com uma Prova de Conhecimentos Gerais de múltipla escolha, composta pelas três áreas de conhecimentos. A 2ª fase acontecerá nos dias 5 e 6 de dezembro (domingo e segunda-feira), com a realização de quatro provas, sendo uma de Redação e três Específicas, de acordo com o curso de opção do candidato.

Protocolo sanitário

A Comissão Executiva do Vestibular informa ainda que os protocolos sanitários em vigência serão cumpridos. Assim, os candidatos só terão acesso permitido ao local de realização das provas mediante o uso de máscaras de proteção individual e portando uma máscara reserva acondicionada em embalagem transparente. O candidato deverá, obrigatoriamente, permanecer de máscara durante todo o período de realização das provas, devendo a mesma cobrir adequadamente o nariz e a boca do participante, retirando apenas para identificação em sala e ingestão de água, sucos e similares.

O Povo.com

segunda-feira, outubro 04, 2021

CHIQUINHO FEITOSA E CAPITÃO WAGNER DISPUTAM O COMANDO DO "UNIÃO BRASIL" NO CEARÁ

Há um impasse anunciado quanto à nova sigla partidária que surgirá com a fusão entre PSL e DEM: quem assumirá o comando no Ceará? O deputado federal Capitão Wagner, hoje no Pros e que negociava há algum tempo sua ida para o PSL quando a janela partidária se abrir em 2022, recebeu a garantia de que a presidência cearense do União Brasil (nome que está sugerido) ficará com ele. A questão é que Chiquinho Feitosa, hoje à frente do DEM estadual, teve a mesma garantia da parte do presidente nacional do seu partido, Antonio Carlos Magalhães Neto.

Não é uma dúvida qualquer, considerando as posições que um e outro defendem atualmente e que podem definir o que o novo partido representará no cenário eleitoral cearense. Wagner permanece sendo a voz de oposição mais forte ao grupo que controla politicamente o Estado, dos Ferreira Gomes ao PT de Camilo Santana, enquanto Chiquinho sempre atuou para manter o DEM na órbita do governismo. Fica claro que para onde pender a decisão uma linha de comportamento estará acertada no Ceará para o superpartido que está surgindo.

Com informações do Jornalista Guálter George (OP+)

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE IPU IRÁ APLICAR DINHEIRO EM PÓS-GRADUAÇÃO DE PROFESSORES - E A VALORIZAÇÃO SALARIAL?

A esperança dos professores da rede municipal de Ipu de terem suas perdas salarias compensadas com um possível rateio do FUNDEB, mais uma vez, implodiu de vez. Depois de contratar uma plataforma digital por mais de 1,7 milhões de reais (
leia matéria aqui) para um ensino remoto que foi quase inoperante e sem planejamento junto a comunidade estudantil durante a pandemia do covid-19, a Secretaria de Educação de Ipu, a qual tem à frente a professora Terezinha Rufino, resolveu investir o gordo dinheiro do FUNDEB oferecendo uma pós-graduação aos docentes através de uma universidade do Piauí (FAEPI). Com isso, os 40% dos recursos advindos do governo federal, serão gastos o que implicará na não existência de sobras para um possível e tão sonhado rateio. 

PROFESSORES INSATISFEITOS
Inegavelmente, a educação tem que investir em capacitações e treinamentos, mas, além do momento não ser oportuno, a grande maioria dos professores do município tem uma ou até mais pós-graduações. Um outro ponto que proporciona insatisfação é que o fato de se ter uma pós-graduação, não gera uma melhoria significativa nos salários desses educadores. 
A Prefeitura de Ipu é uma das cidades do Ceará que pior gratifica quem tem pós-graduação e/ou mestrado em seu quadro educacional de efetivos.

PROGRESSÕES HORIZONTAIS
Os professores não estão sendo devidamente valorizados pela gestão dos Rufinos, a qual ainda usa como escudo a já caduca ideia que "estão pagando em dia". As reposições salárias dos últimos anos, apenas atualizam o valor do piso nacional e nunca houve um aumento acima da média que significasse, de fato, um ganho salarial acima da inflação.

O Plano de Cargos e Carreiras dos Profissionais do Magistério, por exemplo, que foi feito em 2001 pela então prefeita Toinha Carlos e reformulado em 2009 pela Apeoc na gestão de Sávio Pontes, não está sendo colocado em prática como é o caso das progressões horizontais dos professores. Isso é um prejuízo latente, pois as progressões  já deveriam terem entrado no contra-cheque desde 2011 (seria a primeira), 2013 (a segunda), 2015 (a terceira), e assim por diante, ou seja, de dois em dois anos. Os subordinados da Secretária Terezinha Rufino já estão com nove anos de perdas salariais nesse sentido.

É perceptível também o problema das horas pedagógicas que os professores - conforme projeto aprovado na Câmara Municipal, não irão levar para a sua aposentadoria. 

Sem reposições salariais nesse ano, apesar da nítida economia que a prefeitura fez com a não existência de aulas presenciais desde abril de 2020, os professores, assim como os demais servidores públicos, tiveram sua contribuição previdenciária danosamente elevada já nesse ano.  

PARADOXO
A mesma gestão municipal que anuncia milhões em construções de várias escolas na sede e nos distritos, também é a mesma que se mostra indiferente a valorização da classe dos seus professores. 

LEIA MATÉRIA RELACIONADA ABAIXO


domingo, outubro 03, 2021

"VELHA POLÍTICA" - A PARCERIA INQUEBRÁVEL ENTRE LULA E OS CACIQUES DO PMDB

Na próxima quarta-feira, 6, o ex-presidente do Senado Eunício Oliveira será anfitrião de um jantar em Brasília que reunirá o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e caciques do MDB. Foram convidados José Sarney, que comandou o Legislativo nos governos do PT, senadores em exercício, como Jader Barbalho e Eduardo Braga, alem do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. A iniciativa do encontro partiu de Lula, que trabalha na costura de alianças para viabilizar sua nova candidatura ao Palácio do Planalto desde que deixou a cadeia e recuperou os direitos políticos. Líder nas pesquisas, o petista aposta na contraposição a Bolsonaro. 

Lula está conversando com integrantes de diferentes partidos, até com os rivais históricos do PSDB, enquanto Bolsonaro fala cada vez mais para a sua base ideológica. A meta, conforme o ex-presidente mesmo diz, é manter o diálogo aberto com todos aqueles que estão comprometidos com a democracia — e que  se opõem à retórica golpista do adversário.  Nas conversas, Lula também se apresenta como o candidato capaz de redimir os políticos tradicionais, de combater o que ele chama de criminalização da política, enquanto Bolsonaro insiste em se vender como o nome contra o sistema, apesar de,  entre tantas outras coisas, ter entregado o núcleo político do governo ao Centrão. 

Um dos maiores partidos do país, o MDB está no meio do cabo de guerra entre os dois favoritos em 2022. A legenda não é da base de apoio de Bolsonaro, mas também não faz oposição a ele. Como de costume, está dividida em alas com interesses bem distintos. A velha-guarda do MDB do Senado prefere Lula. Importantes emedebistas de São Paulo estão próximos do governador João Doria (PSDB), pré-candidato à Presidência. Já emedebistas da região Sul e de estados com forte presença do agronegócio  mantêm laços com o bolsonarismo. Com o jantar de quarta, Lula quer adular antigos aliados e, com a ajuda deles, garantir que o MDB — que em capilaridade e é muito forte nos rincões — não apoie nenhum de seus rivais em 2022. A sigla ainda não debateu internamente qual caminho seguir na próxima sucessão presidencial.  Um nome de seus quadros, a senadora Simone Tebet (MS), tem sido testada nas pesquisas, nas quais aparece com 2% das intenções de voto. 

A relação de Lula com a velha-guarda do MDB é antiga e duradoura. Dois exemplos são ilustrativos. Às vésperas da votação do impeachment de Dilma Rousseff pelo Senado, uma articulação entre petistas e emedebistas, com a participação do ministro do STF Ricardo Lewandowski, garantiu que a então presidente, mesmo após destituída, não perdesse os direitos políticos. Quando a Lava-Jato ganhou as ruas e ninguém sequer cogitava a prisão de Lula, o ex-presidente se reuniu com Eunício Oliveira, Renan Calheiros e José Sarney, entre outros, para dizer que a operação tentava criminalizar a atividade política e que só o Supremo Tribunal Federal (STF) poderia deter o então juiz Sergio Moro.  O resto é história. Lula foi preso e depois solto com base em entendimentos do STF. Eunício Oliveira não conseguiu se reeleger para o Senado na última eleição.  Emedebistas históricos ficaram sem mandatos e com uma série de problemas na Justiça. 

Fonte: Veja

VÍDEO - CIRO GOMES É VAIADO E SAI AS PRESSAS PARA NÃO SER AGREDIDO POR PETISTAS

O pedetista Ciro Gomes foi alvo de ataques de militantes do PT na tarde deste sábado (2/10), durante ato contra Jair Bolsonaro, na Avenida Paulista. No discurso, ele criticou não apenas o presidente Jair Bolsonaro, mas também defensores de Lula. Em meio as vaias, o discurso de Ciro incendiou a militância petista: muitas pessoas entoaram o nome do ex-presidente Lula (PT) e fizeram a letra L com as mãos. Outras atiraram objetos em direção ao presidenciável do PDT.

O pré-candidato à Presidência pelo PDT continuou sendo hostilizado por alguns manifestantes quando deixou o ato na capital paulista. Petistas gritaram “volta pra Paris”, em alusão ao 2º turno das eleições de 2018, quando Ciro viajou ao país europeu após ficar em 3º lugar no 1° turno.

Com informações de UOL e site Metrópoles

NOVO DECRETO: ALUNO DEVE APRESENTAR ATESTADO PARA PERMANECER NO ENSINO VIRTUAL

Decreto estadual publicado neste sábado, 2, determina que regime híbrido ou virtual deve ser assegurado aos alunos que não possam retornar ao ensino presencial por razões médicas comprovadas por atestado ou relatório. 

Com foco na presença do aluno em sala de aula, o Governo do Ceará define que o ensino presencial não é mais facultativo. Decreto Estadual publicado neste sábado, 2, no Diário Oficial do Estado determina que regime híbrido ou virtual deve ser assegurado aos alunos que não possam retornar ao ensino presencial integral ou parcialmente por razões médicas, que devem ser comprovadas mediante apresentação de atestado ou relatório. 

Desde o início da retomada do ensino presencial até o decreto anterior, a adesão às aulas presenciais ficava a critério dos pais e responsáveis. Dessa forma, as instituições tinham de ofertar obrigatoriamente a possibilidade de ensino remoto parcial ou integralmente. A nova medida entra em vigor na próxima segunda-feira, 4, e vale até o dia 17 de outubro.

Em anúncio na noite da última sexta-feira, 1º, o governador Camilo Santana adiantou que novo decreto teria ajustes com o intuito de fortalecer o processo de aprendizagem nas escolas e acelerar a retomada da economia. Decisão foi tomada pelo Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia, que traça as ações no Ceará.

Com informações de O Povo

sábado, outubro 02, 2021

FALTANDO UM ANO PARA AS ELEIÇÕES DE DEPUTADO, OPOSIÇÃO DE IPU SE ARTICULA, MAS O FOCO MAIOR É 2024

PODCAST - Observando o cenário faltando um ano para as eleições de Deputado Federal e Deputado Estadual em Ipu, o Blog do KT também descreve o atual quadro de movimentações e composições do grupo de oposição com sua alas. Se o "Grupo Liberdade" tem como fato novo a possível candidatura de seu líder maior, Sérgio Rufino, para Deputado Estadual, a oposição, por sua vez, tem no ipuense Lindbergh Martins um fator de mobilização e até de empolgação com vistas para 2022 e 2024. 

E nesse cenário, como fica Sérgio Aguiar em meio as dificuldades internas do seu PDT em trabalhar e votar em Janaína Farias (PT)? Sávio Pontes (que também apoiará Gabriella Aguiar para Estadual) repetirá a boa votação que deu para o Deputado Federal Domingos Neto de 2018?

Confira a análise e as projeções de Kléber Teixeira no áudio abaixo (podcast abaixo - 6min e 42s de duração).