sexta-feira, outubro 29, 2021

PODCAST - A POLÍTICA IPUENSE EM DEBATE NA FM CIDADE (106,3)

PODCAST - Em mais uma participação no Programa Fatos em Debate na FM Cidade no início da tarde de ontem, quinta-feira (28/10), Hélio Lopes interage com o radialista e blogueiro Kléber Teixeira. Confira o áudio.

MASSA CONCURSOS INICIARÁ PREPARAÇÃO PARA A GUARDA MUNICIPAL DE SOBRAL

O Massa Concursos com sede no colégio Coração de Jesus em Sobral retorna a partir da terça-feira, 30/11, com suas aulas presenciais. Desta feita, o Foco será o concurso da Guarda Municipal de Sobral. A banca já foi definida e será a Universidade Estadual do Ceará (UECE).

FILIAÇÕES DE MORO E PACHECO MEXEM COM O CENÁRIO POLÍTICO CEARENSE

Os dirigentes nacionais do Podemos estão apostando na filiação do ex-ministro da Justiça e ex-juiz da Operação Lava Jato, Sérgio Moro, como uma das alternativas à Presidência da República nas eleições de 2022. O movimento em busca da terceira via tem, ainda, a filiação do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que está a caminho do PSD. As articulações de Moro e Pacheco geram expectativas e tem impacto no cenário político estadual no Ceará.

Moro, que ganhou visibilidade com a Lava Jato, ocupou o Ministério da Justiça no Governo Bolsonaro, saiu do cargo com ar de frustração e, hoje, é lembrado como uma boa opção para a chamada terceira via, ou seja, para os eleitores que não querem a reeleição do presidente Bolsonaro, nem a volta do ex-presidente Lula. O repórter Carlos Alberto, ao participar do Jornal Alerta Geral, revela o movimento do Podermos para atrair Sérgio Moro.

PSD DO CEARÁ

Um dos impactos da entrada de Rodrigo Pacheco é no Ceará, onde o PSD, com mais de 30 prefeitos, briga para ocupar a vaga de vice na chapa do PDT, mas, pelo quadro nacional, o presidente regional da sigla, Domingos Filho, pode ser chamado para ser candidato ao Palácio da Abolição.

Para o jornalista Beto Almeida, em seu comentário no Bate Papo Político, do Jornal Alerta Geral, a entrada do Sérgio Moro pode embaralhar a corrida eleitoral de 2022. Quanto a Rodrigo Pacheco, Beto chama atenção para o movimento puxado pelo presidente da Executiva Nacional do PSD, Gilberto Kassab, que pode estimular o surgimento de candidaturas aos governos estaduais para fortalecer uma eventual postulação ao Palácio do Planalto. O repórter Sátiro Sales registra que, com mais de 30 prefeituras, o PSD, sob a liderança de Domingos Filho, brigará por uma posição na chapa majoritária em 2022.

Ceara Agora

quinta-feira, outubro 28, 2021

CAMILO SE APROXIMA DE PREFEITOS DA OPOSIÇÃO. E AGORA, CAPITÃO?

PODCAST - O governador Camilo Santana (PT) é conhecido pelo seu jeito conciliador. Foge de polêmicas e embates que, de alguma forma, possam provocar turbulências na gestão. De olho nas eleições de 2022, aos poucos, tem se mostrado também um estrategista político. É o que pode ser observado com a aproximação que o petista está fazendo com prefeitos cearenses que foram eleitos pela oposição, como é o caso de Glêdson Bezerra (Podemos), que comanda a cidade de Juazeiro do Norte, e Vitor Valim (Pros), que está à frente de Caucaia.

Ambos tiveram como principal cabo eleitoral o deputado federal Capitão Wagner (Pros), pré-candidato ao Palácio da Abolição e arquirrival de Camilo e do grupo dos Ferreira Gomes. Glêdson, inclusive, já garantiu apoio ao governador caso ele dispute uma vaga ao Senado. Valim foi só elogios a Camilo e ao senador Cid Gomes (PDT) durante evento para anunciar a construção de espigões no litoral de Caucaia.

Para além de questões administrativas, fica claro o objetivo do petista: enfraquecer aquele que tem mais chances de atrapalhar seus planos de fazer um sucessor no governo do Ceará. Capitão Wagner já dava como certo o apoio desses dois prefeitos em sua empreitada rumo ao Executivo estadual.

Caucaia e Juazeiro do Norte são cidades estratégicas para quem almeja voos mais altos na política cearense. E mesmo que esses dois aliados optem pela linha "Camilo lá, Capitão cá", é claro que isso já causaria estragos nos planos do policial militar da reserva e criaria situações, no mínimo, constrangedoras. E olha que essa é apenas uma das preocupações de Wagner. O União Brasil, novo partido fruto da fusão entre DEM e PSL, pode ir parar, localmente, nas mãos do governista Chiquinho Feitosa, jogando um balde de água gelada nas expectativas do parlamentar de concorrer ao governo dentro de uma sigla robusta. Um quebra-cabeça complexo que será discutido no episódio 157 do Jogo Político.

Terá Camilo êxito nessa tentativa de atrair prefeitos da oposição? Que outros nomes serão procurados? Qual será a reação de Capitão Wagner? Nas mãos de quem ficará o comando do União Brasil no Ceará? Respondem a essas e outras questões os jornalistas Guálter George, editor-chefe de Opinião e colunista de Política; Carlos Holanda, repórter de Política; e Ítalo Coriolano, editor digital de Política. O Jogo Político está semanalmente na Apple podcasts, Spotify, Amazon Music, Google Podcasts e Radio Public.
Fonte: O Povo.com

IPU REGISTRA UM ÓBITO POR COVID E 130 NOVAS CONTAMINAÇÕES NESSE MÊS DE OUTUBRO

Depois de passar o mês de setembro sem publicar nenhum Boletim Epidemiológico da pandemia do covid-19, o que deu a transparecer que as contaminações cessaram em definitivo no município, a Secretaria de Saúde de Ipu voltou a divulgar o informativo ao longo deste mês de outubro. 

De acordo com a atualização oficial divulgada ontem, 27/10 a cidade de Ipu, infelizmente, registrou mais um óbito por covid-19. Trata-se de uma senhora de 73 anos que residia na rua São Domingos no Alto dos 14. Com esse óbito, o Ipu agora contabiliza um total de 109 perdas humanas para o vírus. 

CASOS AUMENTAM 

Considerando que o mês de setembro não houveram novos casos de covid-19 - pois não houve divulgação de boletins naquele mês, e tendo como referência o último registro oficial em 30/08 com 5.369 casos e o de ontem com 5.499, o Ipu alcança nesse mês de outubro um total de 130 novos casos. 

MORO ULTRAPASSA CIRO EM NOVA PESQUISA ELEITORAL

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro ultrapassou numericamente o pedetista Ciro Gomes em intenções de voto, segundo pesquisa Modalmais/Futura Inteligência, divulgada nesta quarta-feira, 27. A vantagem, no entanto, se dá dentro da margem de erro. O ex-presidente Lula da Silva (PT) lidera em todos os cenários, seguido do atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Veja o cenário com com Lula, Bolsonaro e Moro:

Lula (PT): 34,7%;

Jair Bolsonaro (sem partido): 32,1%;

Sergio Moro (sem partido): 11,2%;

Ciro Gomes (PDT): 9,7%;

João Doria (PSDB): 2,6%;

Rodrigo Pacheco (PSD): 0,5%.

Simulação que troca Doria por Eduardo Leite: 

Lula (PT): 39,5%

Bolsonaro (sem partido): 32,2%;

Sergio Moro (sem partido): 9,7%;

Ciro Gomes (PDT): 8%,

Eduardo Leite (PSDB) 2%;

Rodrigo Pacheco (PSD): 0,5%.

Os números foram divulgados pelo portal de notícias da Carta Capital. A pesquisa ouviu 2 mil pessoas com margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

O Podemos, liderado pelo senador Álvaro Dias, deseja filiar Sérgio Moro e apresentá-lo como candidato ao Palácio do Planalto. Outra possibilidade é de que ele seja candidato ao Senado por São Paulo, segundo noticiou a Folha de S.Paulo.

com informações de O Povo

PACUJÁ - JUSTIÇA ELEITORAL CASSA MANDATO DE PREFEITO E VICE POR ABUSO DO PODER ECONÔMICO

A Justiça eleitoral determinou nesta terça-feira (26) a cassação dos mandatos do prefeito de Pacujá, Raimundo Filho (PDT), e do vice José Antônio (PSL), por abuso de poder econômico. Foram condenados também os vereadores Braz Rodrigues (PDT), que é presidente da Câmara Municipal, a vice, Lincélica (PDT), o 2º secretário da Câmara Municipal, Júnior Brito (PDT), e o também vereador Washington Luís (PDT). Todos devem pagar multa de R$ 50 mil e ficam inelegíveis pelos próximos oito anos.

Todos os condenados são alvos da “Operação Mensalinho”, realizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE). As investigações apontam que os suspeitos criaram uma espécie de “administração pública paralela”, onde os vereadores recebiam dinheiro, ou combustível, em troca da aprovação de propostas da prefeitura.

Segundo informações do Ministério Público, havia duas espécies de “mensalinhos” na cidade de Pacujá: uma comandada pelo chefe do Legislativo e outra pelo Executivo. O presidente da Câmara, Braz Rodrigues, repassava uma quantia no valor de R$ 1.000,00 aos vereadores e o prefeito, Raimundo Filho, determinava “doações” de combustível, em forma de propina. Uma outra forma era por meio de garantias de emprego a pessoas próximas aos vereadores, além de um valor de R$ 2.000,00 por mês que era repassado a cada vereador.

O “mensalinho” em forma de combustível possibilitava os vereadores o transporte de pessoas, para tratamentos médicos em Sobral ou para qualquer outra atividade, com o intuito de angariar votos, oferecendo, cedendo, prometendo e usando bens e serviços ligados diretamente ao ente municipal, também com a participação de servidores da prefeitura. Dentre as benesses oferecidas aos eleitores, estavam a compra de passagens aéreas, entrega de materiais de construção, depósito de valores, entrega de dinheiro em espécie, entre outros.

Além do indicativo de captação ilícita de votos, há suspeita de retenção de título contra a vontade dos eleitores, corrupção ativa, descumprimento de normas sanitárias e organização criminosa.

As investigações estão baseadas em print´s das mensagens no Whatsapp, além de uma série de áudios enviados pelos próprios investigados que foram extraídas dos aparelhos celulares apreendidos com os próprios suspeitos.

Além dos nomes acima citados, também estão sendo investigados por envolvimento no escândalo Luciray Jefferson Rodrigues de Sousa, Thallyta Miranda de Abreu e Raimundo Rodrigues de Sousa Filho.

Clique aqui e confira a decisão da Justiça Eleitoral

Com informações do Ceará News7.com

APEOC DE IPU ENTRA NA JUSTIÇA CONTRA A PREFEITURA PELO NÃO CUMPRIMENTO DOS DIREITOS TRABALHISTAS

O Sindicato APEOC de Ipu, representado pela presidente professora Izelda Lima, reuniu-se com a categoria na noite da última terça-feira, 26, pautando reivindicações trabalhistas para a classe de educadores da rede municipal. No encontro, fez-se também presente a professora e Vereadora Arlete (PCdoB) que faz parte da bancada de apoio ao prefeito Robério Rufino (PCdoB).

AÇÃO NA JUSTIÇA CONTRA A GESTÃO MUNICIPAL

O não cumprimento por parte da gestão municipal das Progressões Horizontais do magistério previstas no plano de cargos e carreiras do professorado ipuense, levou o sindicato a entrar com uma Ação Judicial (mandato de Injunção) para que o prefeito Robério Rufino (PCdoB) cumpra o que esta previsto na Lei. Já são mais de oito anos que a gestão dos Rufinos segue, nesse sentido, sem valorizar a classe de professores do município. 

Em outra frente, a APEOC de Ipu também acionou a Justiça para que a Prefeitura pague os salários atrasados da gestão Sávio Pontes de 2012. 

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Iselda Lima também comunicou aos presentes na reunião que enviou ofício à Prefeitura, Secretaria de Administração e Câmara Municipal para tratar da prestação de contas. "Mandei ofício pedindo prestação de contas de jan/set/2021 para todos os vereadores, prefeito, secretário de administração e secretária de educação e também para o presidente do conselho do Fundeb Marcos José Marinho", disse a representante do sindicato em rede social.

IPUPREV

O sindicato também destacou sobre o prejuízo que os professores terão na sua aposentadoria, pois quem entrou depois de 2003 já não tem mais aposentadoria integral, somente 80% e perde mais 20% por cento da hora pedagógica, ficando somente com 60% do salário.

FUNDEB

Iselda disse que que "o rateio [do FUNDEB] indica falta de investimento do gestor, pois pleno século 21 não justifica um gestor não cumprir um plano de cargos e carreira, que nele está os quinquênios, o tempo de serviço".

quarta-feira, outubro 27, 2021

TASSO JEREISSATI VISITA CIDADES DO NORDESTE AO LADO DE EDUARDO LEITE

O chefe do Executivo gaúcho disputa prévias com o também governador João Doria, de São Paulo. Ambos concorrem pela indicação para representar a legenda social-democrata nas eleições presidenciais de 2022. Já na sexta, 29, primeiro dia de uma licença de 120 dias, Tasso acompanha Leite em passagem por Teresina (PI) e São Luís (MA), as duas paradas iniciais do tucano numa estratégia de mobilizar votos na corrida partidária e fazê-lo mais conhecido na região. No dia seguinte, 30, o cearense estará com o governador em Belém (PA), de onde Leite depois segue sozinho para agenda em Palmas (TO).

A dupla deve visitar Fortaleza apenas na semana que antecede a votação, agendada para 21 de novembro. Caso haja segundo turno, a data escolhida é 28 de novembro.

Tasso se afasta da atividade parlamentar temporariamente para reorganizar o PSDB no Ceará e preparar um palanque para o aliado em caso de vitória contra Doria.

Antes um dos inscritos nas prévias, o cearense deixou a disputa para apoiar Leite, de quem é próximo. Agora, como principal fiador do nome do jovem govenador, Tasso pretende percorrer regiões do país e promover encontros para conquistar votos para o tucano.

Fonte: O Povo

terça-feira, outubro 26, 2021

MARFISA AGUIAR E O FOCO NA EDUCAÇÃO DE RERIUTABA

Após oito anos como prefeita de Pires Ferreira, Marfisa Aguiar não tirou férias. A agora Primeira-Dama de Reriutaba conversou com o blog e o tema central foi a educação da cidade gerida pelo marido Pedro Humberto (PSB). 

Usando sua experiência como a gestora que fez da educação municipal de Pires Ferreira uma das primeiras do Ceará e do Brasil de acordo com os principais indicadores externos (avaliações globais), Marfisa nos disse que tem buscado se integrar na gestão municipal dando suporte à Secretaria de Educação, compartilhando sua experiência para que as metas de qualidade no processo de ensino-aprendizagem sejam atingidas pelos docentes reriutabenses no "chão de sala" com seu alunado. 

A ex-prefeita falou de vários projetos que já estão sendo desenvolvidos sendo um deles a participação da cidade na Olimpíada Internacional Canguru (Desafio Matemático), a qual vários estudantes conquistaram medalhas, e outros que serão executados.

A receita e os ingredientes de ações pedagógicas exitosas, ela e o marido, PH, trouxeram na bagagem. A caminhada já foi iniciada e sendo feita a várias mãos; com o protagonismo dos docentes locais liderados pela Secretária Lisandra Morais, assim nos confirmou a Primeira Dama. Mas, com cautela, a mesma nos falou que "os resultados de qualidade não surgem da noite para o dia". 

Por fim, é, indiscutivelmente, um grande desafio fazer da atual gestão de Reriutaba algo que se aproxime da vitrine educacional que os educadores piresferreirenses liderados por Marfisa, consolidaram nos últimos anos. 

LUIZIANNE ENCONTRA LULA PARA DEFENDER CANDIDATURA PRÓPRIA DO PT

A deputada federal Luizianne Lins (PT) foi nesta segunda-feira, 25, ao encontro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para mais uma conversa cujo objetivo é o de ver o PT com uma candidatura na disputa ao Governo do Ceará, em 2022. A presidente nacional da agremiação, Gleisi Hoffmann (PR), também esteve presente ao encontro. 

A ex-prefeita de Fortaleza rema em direção contrária ao grupo hoje majoritário no partido, liderado pelo colega de Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT), defensor de que a aliança entre petistas e pedetistas no Estado se mantenha sem que o PT postule o Palácio da Abolição. Luizianne tem o apoio do deputado federal José Airton (PT), saturado das críticas que Ciro Gomes (PDT) tem endereçado a Lula.

Na perspectiva do grupo defensor da continuidade do alinhamento, com o governador Camilo Santana (PT) na condição de postulante ao Senado Federal, o principal espaço na chapa, o da candidatura ao Executivo estadual, ficaria destinado a um ocupante pedetista. PDT e PT são os dois principais partidos da coalizão que governa o Ceará desde 2006.

“Não tem sentido palanque duplo, nossa prioridade é garantir a unidade para a eleição de Lula. A partir de agora, vamos iniciar as conversas dentro do partido e, posteriormente, com lideranças do Ceará”, contrapõe Luizianne por meio da assessoria.

A parlamentar se refere a um contexto em que Lula e Ciro tenham de pedir votos ao cearense, motivo pelo qual um mesmo palanque seria um fator de complicações políticas.

O cronograma político-eleitoral da petista, segundo a equipe dela, envolve primeiramente uma conversa com o diretório estadual do PT, para depois iniciar diálogos com lideranças políticas do Ceará. Próximo de Lula e comandante do MDB cearense, o ex-senador Eunício Oliveira é um ator com quem a conversa deve acontecer. Assim como Luizianne, o político se opõe aos irmãos pedetistas e líderes do grupo governista, Ciro e Cid Gomes. 

com informações de O Povo

segunda-feira, outubro 25, 2021

AFINAL, O PDT DE IPU TEM OU NÃO PRESTÍGIO COM CID GOMES?

No último domingo, 24/10, no encontro regional do PDT na vizinha cidade de São Benedito, não se viu a presença de nenhuma das lideranças ipuenses filiadas a sigla. Nem Diego Carlos - presidente do PDT ipuense e com seus quase 9.000 votos nas eleições municipais passadas, nem o vereador Hilton Belém (PDT) foram convidados e/ou se fizeram presentes no evento.  

"TACA 12 NELES!"
Curiosamente, marcaram presença no evento o ex-prefeito de Ipu, Sérgio Rufino, e o seu sobrinho e atual prefeito Robério Rufino, ambos filiados ao PCdoB. Os dois "comunistas" que já somam três vitórias eleitorais (nas quais nunca um dos Fgs apareceu para dar um apoio a um colega ipuense de partido) sobre o PDT de Ipu, fizeram registros em suas redes sociais ao lado do Senador Cid Gomes e do pré-candidato governamental Roberto Cláudio. 


ATITUDES VALEM MAIS DO QUE PALAVRAS

Muitos dos eleitores de oposição de Ipu ainda fingem que votar nos candidatos governamentais dos Ferreira Gomes não significa dar moral ao clã Rufino que comanda o Ipu desde 2013. 

Mentir para si mesmo é sempre a pior das mentiras.


BRUNO PEDROSA DEFENDE MAIS ARTICULAÇÃO POR ENERGIA LIMPA

O deputado estadual Bruno Pedrosa (PP) é uma das vozes que vêm batendo na tecla da importância do investimento nas energias renováveis para o desenvolvimento sustentável, principalmente no Ceará, que apresenta amplo potencial na área. O parlamentar cobra que o Legislativo como um todo e os órgãos competentes abracem a questão para que ela possa avançar de modo mais acelerado. O Estado falou com o deputado sobre esse tema e outros, incluindo perspectivas para 2022, articulações do PP no Ceará e atuação da Assembleia Legislativa do Ceará. Confira:

O Estado. Uma das pautas recorrentes no seu mandato é a das energias renováveis. De que modo você acha que esse tema ganha relevância em meio a uma crise energética nacional?

Bruno Pedrosa. Eu acredito que temos muito a melhorar ainda para disponibilizar [essa energia] para o cidadão cearense, para o cidadão brasileiro. A legislação tributária, os incentivos fiscais, a questão do licenciamento ambiental, a questão da segurança jurídica para todos os investidores, e também um incentivo para o nosso cidadão. A questão da tributação sobre aparelhos, por exemplo, de usina solar, temos que avançar.

Fui ao Congresso com integrantes da Frente Parlamentar para Energias Renováveis e temos avançado em algumas legislações, como geração distribuída. No Ceará, apresentamos uma emenda algumas semanas atrás para reduzir em até 80% o valor do licenciamento ambiental por energias renováveis – infelizmente a emenda não foi aprovada pela Assembleia Legislativa.

Fizemos um estudo de comparação com outros estados, vimos que o nosso estado poderia melhorar essa cobrança do licenciamento ambiental e ao mesmo tempo frisar que hoje não há nenhuma regulamentação para hidrogênio verde a nível federal e também estadual. Então hoje o hidrogênio verde é uma lacuna no regramento jurídico brasileiro, então é importante que possamos ser pioneiros mais uma vez em tratar o hidrogênio verde na nossa regulamentação. Entendo que esses investimentos trazem uma energia mais barata, uma energia mais sustentável para o país e para o estado, e sem dependência das distribuidoras de energia elétrica.

OE. Acredita que essa questão precisa ser mais priorizada dentro do debate público hoje?

BP. Estamos vendo aí o aquecimento global, mais uma vez furacões na região de Nova Orleans, nos Estados Unidos, enquanto aqui secas mais duradouras, o nível médio de chuvas diminuindo. Então temos que estar nos preocupando com geração de emprego para nossa população através de investimentos externos, e ao mesmo tempo com o meio ambiente. Em contrapartida, é importante lembrar que o nosso estado do Ceará hoje tem um déficit nas linhas de transmissão para suportar, para receber essas energias produzidas por grandes usinas solares e eólicas, e isso é uma preocupação que temos. É importante que os deputados federais comprem, a Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], os órgãos competentes. Minha ideia é que a frente parlamentar estadual possa criar um relatório e, desse relatório, buscar contribuir com uma legislação que possa favorecer um ambiente de negócios, favorecer a elevar o nível de investimento desses investidores do nosso estado e cada vez mais possamos ser uma parcela importante da matriz energética no nosso país, com fontes renováveis.

OE. Comenta-se sobre possíveis novas filiações ao PP no Ceará para 2022, incluindo o secretário Zezinho Albuquerque. Como estão acontecendo as conversas sobre isso no partido?

BP. Eu vou falar agora de coração: não acho que seja o momento de pensar nisso. Ainda está longe, ainda temos muitos dias no ano, ainda um período em que se tem que continuar a focar na questão da vacinação, para começar 2022, se Deus quiser, com a vacinação completa. Enfim, acho que para pensar nisso só mesmo no próximo ano.

OE. Com o PP alinhado tanto ao governo federal quanto ao governo estadual, aqui no Ceará, existe alguma preocupação de que isso possa confundir o eleitor, levando em conta que esses governantes se opõem?

BP. Eu acho que são duas questões distintas. Acho que essa forma de fazer política no país acontece há muito tempo, não é novidade, e acho que nós temos que entender que a nossa missão é ajudar a população do nosso estado, principalmente num momento de tanta dificuldade.

Realmente eu não acho que haja influência uma coisa na outra, o governador Camilo [Santana] tem feito um extraordinário trabalho em todas as frentes, saúde, pandemia, educação, com escolas de tempo integral, segurança pública, questão do Raio [Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas], contemplando a juventude com as Areninhas, oferta de ensino superior em várias cidades… São conquistas históricas e a gente entende que o nosso apoio é importante aqui na Assembleia, para que possamos entregar resultados para a nossa população, e tudo isso temos feito no nosso estado.

OE. Foi instalada recentemente a CPI das Associações Militares na Assembleia, e o PP abriu mão da cadeira a que tinha direito na Comissão. Como foi feita essa decisão na legenda?

BP. Teve um diálogo dentro do partido. Na realidade, o que eu entendo é que o perfil dos nossos parlamentares, somos três médicos, um advogado e tem o Apóstolo Luiz Henrique, hoje no partido oficialmente, e nos identificamos com outras pautas. Acho que essa questão da segurança pública, da questão da Polícia Militar, tem outros deputados dentro da Assembleia que têm esse perfil com mais identificação a essa área. Então acho que foi mais nesse sentido do que qualquer imbróglio político ou qualquer dificuldade.

OE. E como você vem avaliando a atuação dessa CPI até agora?

BP. Acompanho superficialmente. A gente entende que o presidente Evandro [Leitão] tem feito um excelente trabalho na frente da Assembleia, é uma pauta que diz respeito à sociedade cearense… É um tema relevante para o Legislativo, para a sociedade, é importante inclusive para própria Polícia Militar, para saber onde os recursos das suas associações estão sendo aplicados. Enfim, a gente acredita que toda ação desse tipo… Da mesma forma a CPI da Pandemia no Senado, que tem buscado contribuir para o bem da população, entendemos que é uma decisão que a Assembleia também faz para o bem da população.

OE. Já tem plano definido para 2022? Vai se candidatar à reeleição?

BP. A gente tem buscado trabalhar com muita humildade, pé no chão, saber que nós somos servidores da população, que estamos num cargo que vem através da democracia, do voto popular, da soberania popular, e que nós somos servidores da população e quem quer continuar a vida pública precisa mostrar para o que veio, se posicionar a favor da ciência, da vacina, a favor da vida… Acho que a palavra que define meu mandato é serviço, principalmente àqueles que mais precisam e que têm menos oportunidades, onde o Estado tem que entrar para equalizar as oportunidades, distribuir de modo mais abrangente possível essas oportunidades para os nossos jovens.

Então a gente acredita que temos buscado fazer um bom trabalho, mas que cabe à população julgar se a gente tem feito um bom trabalho ou não. E o caminho mais natural é que se permaneça, que seja candidato à reeleição a deputado estadual em 2022, mas sempre deixando em primeiro lugar a nossa população, para que a gente melhore a vida das pessoas.

Fonte o Estadoce.com

domingo, outubro 24, 2021

PDT RETOMA ENCONTROS REGIONAIS COM EVENTO EM CRATEÚS E SÃO BENEDITO

Em meio às articulações internas para a disputa da sucessão do governador Camilo Santana (PT), o PDT retomou os encontros regionais entre correligionários neste sábado (23), em Crateús. Sob comando do senador Cid Gomes (PDT), o evento reuniu três dos quatro políticos mais cotados para liderar a chapa da sigla no próximo ano. 

Participaram do encontro o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o secretário estadual de Planejamento e Gestão, Mauro Filho, e o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão. A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, que completa a lista de nomes cotados pelo partido, não participou do encontro. 

Este foi o terceiro evento promovido pela legenda com o objetivo de aproximar as lideranças e as bases da sigla no Interior. Os encontros começaram na região do Cariri. O primeiro ocorreu no último dia 11 de setembro, em Brejo Santo. Em seguida, no dia 12, ocorreu outro evento em Barbalha. 

Ao todo, serão 12 reuniões do PDT em municípios do Estado, sendo o último na Região Metropolitana de Fortaleza. “O que me dá satisfação é dar oportunidades, qual outro partido tem tantos quadros assim? Dizem que tem o político mangueira, que é o que embaixo dele não nasce nada. Aqui, no PDT, somos como um cajueiro que dá bons frutos e deixa os bons nascerem embaixo”, disse o senador Cid Gomes. 

Fonte: DN

De acordo com a página oficial do PDT do Ceará, neste domingo (24), a sigla realiza no município de São Benedito o Encontro Regional da Ibiapaba.

CEARÁ FOI O ESTADO EM QUE MAIS CRIANÇAS E ADOLESCENTES FORAM MORTOS EM 2020

O Ceará foi o estado brasileiro que registrou o maior número de crianças e adolescentes assassinados em 2020. Foram 735 crianças e adolescentes de 0 a 19 anos mortos no ano passado, o que representa uma média de 46 mortes por 100 mil habitantes — dez vezes mais que o melhor classificado nesse ranking, São Paulo, que teve 4,90 mortes por 100 mil.

O apontamento foi feito no "Panorama da Violência Letal e Sexual contra Crianças e Adolescentes", estudo lançado ontem pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Os dados foram compilados a partir das informações prestadas por cada Estado. Além disso, o Panorama se debruçou sobre os dados de violência sexual. Entre 2017 e 2020, foram registrados 179.277 casos de estupro ou estupro de vulnerável com vítimas de até 19 anos. No Ceará, foram reportados 1.484 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes.

O estudo observa que, em geral, a violência contra crianças e adolescentes muda conforme a idade da vítima. "Crianças morrem, com frequência, em decorrência da violência doméstica, perpetrada por um agressor conhecido. O mesmo vale para a violência sexual contra elas, cometida dentro de casa, por pessoas próximas. Já os adolescentes morrem, majoritariamente, fora de casa, vítimas da violência armada urbana e do racismo".

Sobre o assunto

Ruy Aguiar, coordenador da Unicef em Fortaleza, afirma que a ideia do estudo é ampliar a discussão para a prevenção de violências contra crianças e adolescentes. "É importante ressaltar que a violência contra crianças e adolescentes não é resolvida apenas com segurança pública", afirma ele. "É uma confluência de políticas públicas, educação, assistência social, saúde, esportes e infraestrutura. A complexidade do tema exige uma integração de políticas públicas".

Além dos números, Unicef e FBSP elaboraram sete recomendações para combater a violência infanto-juvenil. Entre elas estão: capacitação de profissionais que trabalham com crianças e adolescentes, garantir a permanência na escola; ampliar o conhecimento de meninas e meninos sobre seus direitos e os riscos da violência; e responsabilizar agressores.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) destacou que o Estado registrou em 2021 redução no número de assassinatos de crianças e adolescentes. Foram 527 crimes, no período de janeiro a setembro de 2020, contra 387, no mesmo recorte em 2021. A SSPDS ainda ressaltou o "período atípico" que foi 2020, com o registro do motim da PM.

Por fim, a pasta afirmou adotar diversas iniciativas voltadas ao público jovem, como, entre outros, o Batalhão de Policiamento de Prevenção Especializada (BPEsp), grupos de Apoio às Vítimas de Violência (GAVV) e de Segurança Escolas (GSC). E que o Governo do Estado tem realizado ações como a ampliação de escolas em tempo integral (hoje, são 324) e instalação de equipamentos públicos como brinquedopraças e areninhas.

Análise

O trabalho é uma análise inédita dos boletins de ocorrência das 27 unidades da Federação registrados nos últimos cinco anos

Números da violência

Número de Mortes Violentas Intencionais* (MVIs) por faixa etária em 2020 no Ceará

De 0 a 4 anos: 13

De 5 a 9 anos: 3

De 10 a 14 anos: 53

De 15 a 19 Anos: 666

Acumulado de 2016 a 2020: 3750

Números de estupros em 2020 no Ceará

De 0 a 4 anos: 221

De 5 a 9 anos: 373

De 10 a 14 anos: 672

De 15 a 19 Anos: 218

Acumulado de 2017 a 2020: 5756

*Incluem homicídios dolosos, feminicídios, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e mortes em intervenção policial

Brasil tem 7 mil mortes violentas

A cada ano, sete mil crianças e adolescentes são mortos de forma violenta no Brasil e ao menos 45 mil são vítimas de violência sexual. Os números foram revelados pelo Panorama da Violência Letal e Sexual Contra Crianças e Adolescentes no Brasil, lançado nesta sexta-feira, 22, pelo Unicef, braço das Nações Unidas para a infância, e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

O estudo diz que a violência ocorre de formas variadas, conforme a faixa etária da vítima. Crianças morrem na maior parte das vezes em decorrência de violência doméstica, cujo autor é conhecido, como um pai ou um padrasto. No ano passado, 300 menores de até nove anos de idade foram mortos de forma violenta no País.

O mesmo vale para a violência sexual, em geral também cometida dentro de casa por pessoas próximas. Já os adolescentes, que representam a maioria das vítimas, são mortos majoritariamente na rua. São vítimas, apontam os pesquisadores, da violência armada e do racismo. O estudo também destaca a alta proporção de jovens mortos durante intervenções policiais.

(Agência Estado)

Blog do Roberto Moreira: "VITOR VALIN ENTRA PARA A BASE DO GOVERNADOR CAMILO SANTANA"

O prefeito de Caucaia, Vitor Valin, declarou em público sua entrada na base política/administrativa do governo Camilo e no grupo político liderado por Ciro e Cid Gomes. O blog (Roberto Moreira) antecipou a entrada de Valin no projeto liderado por Cid e Ciro há uma semana.

A solenidade em Caucaia para liberação de recursos para construção de 11 espigões, doação de um terreno de 120 hectares para implantação de um distrito industrial, implantação de brinquedopraças e areninhas, serviu de motivação para exibir o acordo político testemunhado pelo deputado Evandro Leitão que coordenará votação de doação decretaremos. Cid Gomes representou o PDT e Elcio Batista, o PSB. Cid e Valin conversam com frequência e colocaram o governador para apadrinhar a aliança. (Página do Jornalista Roberto Moreira no instagram) 



sábado, outubro 23, 2021

DE OLHO EM 2022, PRESIDENTE DO SENADO OFICIALIZA FILIAÇÃO NO PSD

O presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (MG), confirmou nesta sexta-feira (22) sua desfiliação do DEM e a ida para o PSD. A mudança de partido é considerada parte da estratégia do senador para se cacifar como pré-candidato ao Planalto em 2022. A troca de legenda também considerou a fusão do DEM e do PSL na nova sigla, União Brasil. A previsão é de que o ato de filiação de Pacheco ocorra na próxima quarta (27), em Brasília.

Nas redes sociais, Pacheco escreveu que a decisão responde a um convide do presidente da sigla, Gilberto Kassab, que desde o início do ano tem defendido o nome de Pacheco para disputar a presidência.

“Comunico que nesta data tomei a decisão de me filiar ao PSD, a convite de seu presidente, Gilberto Kassab. Agradeço aos filiados, colegas e amigos do Democratas de Minas Gerais e de todo o país o período de convivência partidária saudável e respeitosa. Meus agradecimentos especiais ao presidente ACM Neto pela atenção a mim sempre dispensada e manifesto meus votos de sucesso ao recém-criado União Brasil, na pessoa de seu presidente, deputado Luciano Bivar”, registrou Rodrigo Pacheco no Twitter.

Rodrigo Pacheco foi eleito presidente do Senado com aval do presidente Jair Bolsonaro, que apoiou seu nome. Desde o início do ano, quando surgiram as primeiras sondagens públicas do PSD em torno do ex-democrata, a relação com o presidente da República ficou estremecida.

A favor da eleição de Pacheco para o comando do Senado também contou a campanha do ex-presidente da Casa, o senador Davi Alcolumbre, que articulou votos para o parlamentar mineiro, após ter frustrada pelo Supremo a tentativa de reeleição.  Ele teve 57 votos favoráveis. Concorrente direta dele, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) teve 21 votos.

Com informações do Congresso em Foco

sexta-feira, outubro 22, 2021

"BALÃO DE ENSAIO" - ADRIANO MELO VISITA MOSES RODRIGUES EM SOBRAL

O deputado federal Moses Rodrigues (MDB) registrou em rede social que, ao lado do seu pai Oscar Rodrigues que é o presidente das Faculdades Uninta, recebeu a visita do ex-vereador Adriano Melo de Ipu. Moses disse que "Em nosso encontro tratamos sobre ações que visem o desenvolvimento do município. Entre nossas pautas, o incremento no setor do turismo da região para aquecer a economia local. Também tratamos de temas relevantes como saúde e geração de emprego e renda. Seja sempre bem-vindo, meu amigo! Conte conosco! Estamos juntos".

Em 2014, o então edil Adriano Melo apoiou Moses Rodrigues ao lado do ex-deputado Gomes Farias e de familiares de Oscar Rodrigues em Ipu. Nas urnas ipuenses, o mdebista obteve 1.966 votos.

SÓ FUMAÇA

Adriano que abandonou o eleitorado de oposição após ser reeleito em 2016, "virando" para o lado político dos irmãos Rufinos para os quais antes era como vereador um dos mais duros críticos, dificilmente dará apoio a Moses. Dentro da gestão de Robério Rufino, Adriano hoje ocupa um cargo de assessor de uma das secretarias e deverá rezar na cartilha do federal da gestão municipal o qual definitivamente não será Moses Rodrigues.

____________________________________

leia matéria relacionada abaixo

quinta-feira, outubro 21, 2021

CONCURSO DA GUARDA MUNICIPAL DE SOBRAL JÁ TEM BANCA DEFINIDA

Durante reunião com os secretários do Planejamento e Gestão, Ramon Carvalho, da Segurança Cidadã, Emanuela Leite, do Trânsito e Transportes, Kaio Dutra, e com o chefe do gabinete, David Duarte, ontem (20/10), o prefeito Ivo Gomes anunciou que a Universidade Estadual do Ceará (UECE) vai ser a organizadora e realizadora do concurso público para a contratação de 100 novos guardas civis municipais em Sobral. 

A instituição é renomada no Estado e já possui expertise na realização de concursos desta natureza, razão pela qual, segundo o prefeito, a UECE foi a escolhida para a organização do concurso. 

"Esse é um concurso muito importante para a gestão, pois vamos recrutar mais 100 guardas, que desempenham um papel de extrema relevância para o município. Queremos que todo o processo ocorra da forma mais eficiente e transparente possível", frisou o prefeito. 

Na reunião, foi discutido todo o cronograma do certame, cujo edital será lançado até o final do ano. Os concorrentes passarão por várias etapas de seleção, como prova escrita, teste de aptidão física, investigação social e curso de formação. 

As contratações e nomeações, de acordo com Ramom Carvalho, estão previstas para acontecer no segundo semestre de 2022, o que aumentará em mais de 1/3 o efetivo da corporação, que hoje é de 260 homens e mulheres. Até o final do seu primeiro mandato como prefeito, Ivo Gomes já havia dobrado o número de guardas, conforme compromisso assumido durante a campanha eleitoral.

Fonte: Portal Ceará

EDUCAÇÃO DE JIJOCA É A 5ª MELHOR DO BRASIL - GOVERNADOR COMEMORA RESULTADOS DA EDUCAÇÃO CEARENSE

O prefeito de Jijoca de Jericoacoara, Lindbergh Martins (PSD), está comemorando junto com o seu quadro de professores da rede municipal, mais uma grande conquista educacional do município. Desta feita, a cidade praiana é a 5º melhor do país segundo as notas do Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (Ioeb) 2021. 

O Ioeb é realizado pela Comunidade Educativa Cedac, com a parceria técnica das consultorias Metas Sociais e Conhecimento Social. A iniciativa tem o apoio do Itaú Social, Instituto Natura, Fundação Roberto Marinho e Instituto Humanize e o apoio institucional do CLP.

O Ceará foi o grande destaque nesse levantamento. O governador Camilo Santana comemorou o grande resultado em sua página no Instagram.


quarta-feira, outubro 20, 2021

MAIS DE 50% DOS BRASILEIROS ESTÁ TOTALMENTE IMUNIZADA - MÉDIA DE ÓBITOS SEGUE ABAIXO DE 400

No dia em que o Brasil chegou à metade de sua população totalmente imunizada, a vacinação no país fechou o dia com 50,35% dos brasileiros com o esquema vacinal completo. São 107.407.959 pessoas que tomara a segunda dose ou a dose única de imunizantes.

O país alcançou 10% de imunizados em 25 de maio. Foram 70 dias para que a vacinação avançasse para chegar a 20%, em agosto. Depois, com mais doses sendo aplicadas, foram 30 e 22 dias para avançar para 30% e 40%, respectivamente, e mais 26 dias para alcançarmos 50% de totalmente imunizados. Os que tomaram a primeira dose de alguma vacina contra a Covid são 152.450.710 pessoas, o que representa 71,47% da população.

A dose de reforço foi aplicada em 5.317.781 pessoas (2,49% da população). Somando a primeira dose, a segunda, a única e a de reforço, são 265.176.450 doses aplicadas desde o começo da vacinação.

MÉDIA DE ÓBITOS 

O Brasil registrou nesta quarta-feira (20) 401 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, com o total de óbitos chegando a 604.303 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias ficou em 380 -- abaixo da marca de 400 pelo 9º dia seguido. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -13% e aponta estabilidade.

Em 31 de julho, o Brasil voltou a registrar média móvel de mortes abaixo de 1 mil, após um período de 191 dias seguidos com valores superiores. De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média móvel acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.



segunda-feira, outubro 18, 2021

MIRANDO 2022, ROBERTO CLÁUDIO E CAPITÃO WAGNER REFORÇAM AGENDA NO INTERIOR DO CEARÁ

O ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT) e o deputado federal Capitão Wagner (Pros), potenciais pré-candidatos ao Palácio do Abolição em 2022, participaram de agenda política em municípios do interior neste final de semana. Com pouco menos de um ano para as eleições, as visitas devem-se ao acirramento da disputa estadual entre o líder da oposição no Ceará e o possível candidato da base do governador Camilo Santana (PT). 

ROBERTO CLÁUDIO 

Neste sábado, 16, Roberto Cláudio esteve no município de Cedro, distante 387,6 quilômetros de Fortaleza. O pedetista esteve com moradores, lideranças comunitárias e políticos, entre eles o prefeito Joãozinho de Titica (PDT) e o ex-prefeito e presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Nilson Diniz (PDT). Na sexta-feira, 15, o ex-prefeito esteve no município de Umirim para também se reunir com lideranças políticas do município. "Estive, ontem, em nossa querida e acolhedora cidade de Umirim. Conversando com moradores, líderes políticos e vereadores sobre Gestão Pública, a política do Brasil e também do Ceará! Mais uma vez agradeço ao prefeito Felipe Uchoa Sales pelo convite. Estamos juntos nessa, pessoal!", escreveu o pedetista nas redes sociais. 

Desde que foi anunciado como um dos cotados para disputar pelo PDT a sucessão de Camilo em 2022, RC já esteve em outras cidades do Ceará, entre elas Paracuru, Senador Pompeu e Itapipoca.

O PDT do Ceará indica já ter fechado lista com seus possíveis pré-candidatos para a sucessão de Camilo ao Governo do Estado. No dia 12 de setembro, a legenda iniciou no Cariri uma série de 12 encontros regionais que debaterão com aliados a candidatura própria do partido para 2022.

Com encontros em Brejo Santo e Barbalha, pedetistas reuniram para o debate interno o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão; a vice-governadora Izolda Cela e o secretário Mauro Filho (Planejamento e Gestão).

Nos encontros que deverão ser feitos nos próximos meses, o partido deve iniciar a discussão da estratégia eleitoral para 2022. Em eventos que contam com presença de diversos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e dirigentes partidários, apesar de ausente, o senador Cid Gomes (PDT) participa hoje como principal articulador político do PDT no Ceará. 

CAPITÃO WAGNER

Líder das movimentações de opositores no Ceará, o deputado federal Capitão Wagner (Pros) também entra na disputa pelos colégios eleitorais do interior. Na última semana, o parlamentar esteve na região do Cariri, terra natal de Camilo e que concentra forte apoio ao governador.

Wagner concentrou viagens aos municípios de Aurora, Abaiara, Juazeiro do Norte, Farias Brito, Tarrafas, Assaré e Crato. Ao lado do deputado, esteve sua esposa, Dayany Bittencourt, recém filiada ao Republicanos, e o deputado estadual Soldado Noélio (Pros). Na quinta-feira, 14, Wagner esteve em Aurora, Abaiara e Juazeiro do Norte. Na sexta-feira, 15, foi a vez dos municípios de Crato, Farias Brito, Tarrafas e Assaré. Em Juazeiro, segundo assessoria de imprensa, Wagner articulou um almoçou com o prefeito da cidade, Glêdson Bezerra. Todavia, segundo informações do portal News Cariri, a conversa nos bastidores é de que o prefeito realmente está se distanciando do projeto político de Wagner e pode, inclusive, compor palanque com a chapa governista no próximo ano. 

No início desse mês, o prefeito anunciou, em entrevista a uma rádio local, que votará em Camilo Santana para o Senado, em 2022. Porém, o gestor também esteve com o presidente Jair Bolsonaro em agosto, o que sugere um possível cabo de guerra e busca de seu apoio no Estado. 

Com informações de O Povo

domingo, outubro 17, 2021

PROFESSORA DA REDE MUNICIPAL DE IPU ALERTA SOBRE A DESVALORIZAÇÃO SALARIAL DA SUA CLASSE

Na última sexta,15/10, Dia do Professor, enquanto a Secretária de Educação, Terezinha Rufino, e a sua equipe realizavam um sorteio de uma TV, uma geladeira e um fogão em um programa jornalístico da Rádio Iracema, a professora concursada da rede municipal, Ivaneide Fernandes, usava os microfones da FM Cidade para fazer um desabafo sobre a desvalorização salarial e profissional dos educadores locais que trabalham para a prefeitura.  

Confira a breve, porém incisiva participação da professora Ivaneide Fernandes no programa Fatos em Debate comandado por Hélio Lopes e Equipe.

A "SAGA DE DIASSIS MARTINS" - UM ARTISTA IPUENSE QUE SEMPRE EXALTA A SUA TERRA NATAL

O cantor, compositor e poeta Diassis Martins é um Ipuense que sempre demonstrou através da arte musical um forte apego a sua terra natal. Já são várias as composições que nas últimas décadas tem exaltado o Ipu com suas belezas, tradições e, em especial, com as vivências que o artista tem na cidade. 

Identificando como um músico do forró tradicional, Martins tem um vasto e eclético repertório com músicas que ainda hoje são tocadas nas programações radiofônicas e eventos culturais cearenses.  

Filho do saudoso vereador José Lopes Martins, Diassis, o qual também é um renomado advogado na capital cearense, lançou seu primeiro disco em 1983 e no somatório geral contabiliza 16 produções entre Lps e Cds.  

O Blog apresenta uma bela homenagem feita ao Ipu através da confessional e biográfica canção "A Saga de De Assis Martins". Confira!

PRÉVIAS DO PSDB - EDUARDO LEITE RECEBE APOIO DA MAIORIA DOS TUCANOS MINEIROS

Marcadas para 21 de novembro, as prévias do PSDB movimentam os filiados e simpatizantes da sigla. Nesta última sexta, 15, o presidenciável e governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, esteve promovendo um encontro político em Belo Horizonte. Nitidamente o PSDB mineiro - a julgar pela movimentação do encontro e comparando-a com a do outro presidenciável João Dória, deverá votar em peso nas prévias para a candidatura do gaúcho. O ex-governador Aécio Neves prestigiou o evento. 

O senador cearense Tasso Jereissati que desistiu das prévias, é um dos maiores entusiastas da candidatura de Leite em 2022 ao comando do Palácio do Planalto.

EDUCADOR CONTESTA CRÍTICAS DE VEREADOR FEITAS AOS DESPORTISTAS DA VÁRZEA DO GILÓ

A querela envolvendo a construção do estádio do distrito da Várzea do Giló em Ipu, obra anunciada pelo então prefeito Sérgio Rufino (PCdoB) ainda no ano de 2013 e que não foi concluída, continua gerando um embate político entre os membros daquela comunidade. 

Recentemente as traves do campo de futebol foram retiradas, segundo a gestão municipal, para não prejudicar o plantio da grama. Nesta última semana, os desportistas locais postaram nas redes sociais a sua insatisfação com a letargia da prefeitura e resolveram tentar recolocar as traves para a prática do futebol, mas foram impedidos pela guarda municipal.

O vereador Carlos Amarantes (PCdoB), líder do prefeito Robério Rufino (PCdoB) e residente na Várzea do Giló, emitiu um dura nota contra a atitude dos desportistas. Veja:


CONTRAPONTO

O professor e funcionário público estadual, Osnar Magalhães, fazendo uso do salutar direito de expôr o contraditório, saiu em defesa da sua comunidade e usou sua rede social (Facebook) para contestar as duras afirmações do edil. Veja:



sábado, outubro 16, 2021

IRES X IRIS - EM HIDROLÂNDIA, PREFEITA ROMPE POLITICAMENTE COM SEU VICE

A "terra das águas sulfurosas" foi palco de cenas fortes na política partidária local. O vice-prefeito de Hidrolândia, Antônio Iris Mororó (PT), está rompido politicamente com a prefeita Ires Martins (PDT). A relação já não tão amistosa entre prefeita e seu vice, estrangulou de vez quando nesses últimos dias houve um entreveiro entre Antônio Iris Mororó e Arnóbio que é cunhado da Prefeita. Ato continuo após os dois irem as vias de fato em um comércio local, a gestora demitiu o médico José Ivan Mororó que atua no Hospital Municipal. 

Irmão do Vice, José Ivan Mororó já causava um certo desconforto para a prefeita, pois o mesmo se projeta como pré-candidato à prefeito em 2024 em Hidrolândia. 

Pelo visto, o clã dos Mororós de Hidrolândia através de Dr. José Ivan, será daqui por diante, ao lado do empresário Felipe Motos, os referencias da oposição contra a prefeita Ires Martins. 

sexta-feira, outubro 15, 2021

A "DOBRADINHA" IPUENSE QUE MOVIMENTOU (E MOVIMENTA) O GRUPO DE OPOSIÇÃO E ATÉ DE SITUAÇÃO

Nesse 2021, sobretudo nesse segundo semestre, as mobilizações políticas em Ipu com vistas para as eleições de deputado em 2022, foram (e estão) sendo protagonizadas pela formação da "dobradinha" de pré-candidatos Lindbergh Martins Filho (PSD) e Bruno Pedrosa (PP). A união em torno dos jovens postulantes ao parlamento federal e à Assembléia estadual, mexeu (e ainda mexe) no tabuleiro da política ipuense não apenas dentro da oposição, mas também dentro do grupo de situação. 

Na oposição, a dupla "LF e BP" fez Sérgio Aguiar (PDT) - inegavelmente e ao lado de Diego Carlos os teóricos detentores de uma massiva votação no último pleito municipal através da sigla PDT - se movimentar mais na política local e até rever (ou seria reverter) a formação de alianças em torno da sua reeleição para Deputado Estadual. 

No grupo de situação, por sua vez, já se ouve até o murmurinho que se Lindbergh Filho seguir ganhando musculatura na política local, o líder Sérgio Rufino (PCdoB) partirá para o "sacrifício" de sair candidato a Deputado Federal e, ato continuo, já fazer uma marcação colada na tentativa de ofuscar o emergente jovem advindo da praiana Jijoca onde o pai é prefeito.  

GOVERNADORES TENTAM BARRAR TABELAMENTO DO ICMS DOS COMBUSTÍVEIS NO SENADO

O texto que muda a tributação sobre combustíveis passou pela Câmara na última quarta-feira (13). A expectativa no Senado é que a proposta consiga avançar, apesar da resistência a alterar impostos que possam prejudicar os estados e da visão de que o projeto aprovado na Câmara confirma o discurso do presidente Jair Bolsonaro, que culpa os governadores pelo preço dos combustíveis. Lideranças das principais bancadas acreditam que “algo precisa ser feito”.

Patrocinado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o projeto prevê que o ICMS (imposto estadual) passe a ser um valor fixo. Os estados e o Distrito Federal poderão definir anualmente as alíquotas específicas. A taxa do tributo será calculada com base no valor médio dos combustíveis nos últimos dois anos.

Hoje, o ICMS é calculado com base em um preço de referência, conhecido como PMPF (preço médio ponderado ao consumidor final), revisto a cada 15 dias de acordo com pesquisa de preços nos postos. Sobre esse valor, são aplicadas as alíquotas de cada combustível. Com a mudança, Lira e aliados do governo afirmam que o preço da gasolina deverá cair 8%. No caso do etanol, a queda seria de 7%, e de 3,7% para o diesel. O método de cálculo, no entanto, não foi divulgado.

Governadores, que perderão receita, e parlamentares da oposição dizem que a medida não ataca o real problema da alta dos preços dos combustíveis, que está relacionada à desvalorização do câmbio e ao aumento do valor do barril de petróleo no mercado internacional.

“O forte aumento que os preços dos combustíveis sofreram nada tem a ver com [as alíquotas do] ICMS. Os preços vão continuar subindo e isso vai desmoralizar a todos”, avalia o presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias (PT). O argumento para acionar o STF é que não caberia ao Congresso definir as regras do ICMS, e sim aos estados. “Estou impressionado como votam no Congresso Nacional um projeto sobre tributação estadual. Não há autorização constitucional para aqueles preceitos”, disse Dias.

O presidente do Fórum dos Governadores e governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), também afirmou que a proposta da Câmara é inconstitucional. “A Petrobras, que é uma empresa pública, é uma empresa do povo brasileiro, que vem constantemente gerando aumentos no combustível e no gás de cozinha da população. Estão querendo transferir a responsabilidade para os estados, mas nós vamos barrar isso no Supremo Tribunal Federal”, afirmou Ibaneis.

A Febrafite (Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais) calcula que a proposta de Lira geraria uma perda de R$ 24 bilhões por ano na arrecadação de estados e municípios. O cálculo foi usado pelo Comsefaz (Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda Estaduais), que divulgou uma nota nesta quarta contra o projeto patrocinado pelo presidente da Câmara.

No Senado, existe o sentimento que “algo precisa ser feito” para segurar o preço dos combustíveis, de modo a não atrapalhar a retomada do crescimento econômico e segurar a inflação. “Acho que algo precisa ser feito para freiar essa disparada de preços dos combustíveis e energia elétrica”, responde Eduardo Braga (MDB-AM), líder da maior bancada do Senado, quando questionado sobre as chances de a proposta avançar no Senado. (Folhapress)