domingo, dezembro 31, 2017

PREFEITO EXONERA SECRETÁRIOS, CONTRATADOS E CARGOS COMISSIONADOS

Muitos prestadores de serviço da prefeitura de Ipu e correligionários políticos do prefeito Sergio Rufino, ganharam um amargo "presente" de final de ano. Conforme o decreto N° 021/2017, o qual dispõe sobre a exoneração dos ocupantes de cargos públicos e de provimento em comissão, e dá outras providências, todos os seus secretários, detentores de contrato e de cargos comissionados estão exonerados das suas funções. 

Sergio Rufino alega que a redução de recursos fez surgir a necessidade de adequar "as despesas com pessoal com a atual realidade financeira do Município de Ipu, buscando o equilíbrio financeiro das contas públicas, em total observância com a Lei de Responsabilidade Fiscal, bem como os princípios norteadores da Administração Pública".

ATO REPETITIVO
Logo após o pleito eleitoral de 2016, após ter sido reeleito prefeito de Ipu, Sergio Rufino promovera uma exoneração nesses mesmos moldes. Somente a partir de Março desse ano é que as nomeações de primeiro e segundo escalão foram retomadas.

ANO ELEITORAL
Como é tradicional em muitas cidades do interior, assim como é praxe na política ipuense, aqueles que não se rebelarem e engolirem a seco a sua exoneração, terão grandes chances de retornarem aos seus cargos daqui a uns três meses, afinal 2018 é ano de eleições.

sexta-feira, dezembro 29, 2017

"BOMBA" - PROCURADORIA ACELERA INVESTIGAÇÃO CONTRA CID POR PROPINA DA JBS

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou parecer ao Supremo Tribunal Federal confirmando que o ex-governador Cid Gomes (PDT) recebeu R$ 25 milhões de propina da JBS — em 2010 (R$ 5 milhões) e 2014 (R$ 20 milhões). A notícia foi publicada nesta sexta-feira (29) na Folha de S. Paulo (imagem acima).

O pior de tudo é que foi o próprio Cid quem forneceu informações corroborando com as acusações feitas por Wesley Batista em delação, pois ao ser denunciado pelo dono da JBS resolveu acusá-lo e acabou deixando rastros em sua defesa de comportamento político duvidoso. Segundo o empresário, a JBS fez repasses a pedido do ex-governador em troca do Ceará pagar uma dívida tributária com o grupo (R$ 110 milhões em 2014).

Wesley afirmou que a empresa Cascavel Couros não teria recebido da gestão FG “nenhum centavo” de 2011 a 2013. Com base nas afirmações, Cid solicitou abertura de inquérito contra o delator por ele ter omitido pagamentos feitos nos três anos anteriores à eleição, de R$ 41 milhões em créditos de ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços).

De acordo com matéria da Folha, Raquel Dodge alegou que “os pagamentos no total de R$ 41 milhões ao longo de três anos e o pagamento de R$ 110 milhões apenas no ano de 2014 na verdade corroboram o que foi narrado pelo colaborador [Wesley]”.

Entenda
O processo sobre o pagamento de propina de R$ 20 milhões feitos pela JBS a Cid Gomes em 2014, segundo parecer de Dodge, fica no STF, por ter menção ao deputado federal Antonio Balhmann (PDT-CE) como intermediador do recebimento.
No caso de 2010, dos R$ 5 milhões, a procuradora-geral da República pediu a manutenção da investigação na Justiça Federal do Ceará.

Funcionava assim
Em troca da liberação de dinheiro de impostos retidos nos cofres públicos (ICMS), Wesley afirmou em sua delação que pagava propina ao ex-governador Cid Gomes por meio de doações legais a candidatos em anos de eleições.

CID x CAMILO: O CRIADOR FICOU MENOR QUE SUA CRIATURA

Cid Gomes após deixar a Prefeitura de Sobral em 2004, deixou como sucessores Leônidas  Cristino e depois Veveu Arruda. Estrategicamente, Cid percebeu que estes jamais teriam condições de tirar o seu brilho como o melhor prefeito da Princesa do Norte.
Essa situação não está se repetindo em relação ao seu sucessor no governo estadual, Camilo Santana. O atual governador tem sido um dos mais bem avaliados da história política cearense e de quebra não conta com fortes rejeições setoriais e o rosário de desafetos a qual detém os irmãos Ferreira Gomes.

Içado ao poder em 2014 por Cid, Camilo assumiu um protagonismo político o qual lhe dá hoje o direito de dar as cartas da sucessão cearense. 
O governador percebeu que além de ter uma agenda positiva, precisava no percurso do seu mandato criar cartas fortes para o jogo político, pois uma candidatura sua a reeleição poderia ser implodida de maneira repentina, assim como foi a sua abrupta escolha como candidato ao palácio da Abolição no pleito passado pelo então governador Cid Gomes aos 45 do segundo tempo. 

Camilo ficou como ator principal do PT cearense, mesmo com o desgaste da sigla e os convites para migrar perigosamente de partido. Se aproximou de Eunício Oliveira com as bençãos de Lula (ainda o maior cabo eleitoral do nordeste) e chegou a afagar até a Tasso Jereissati (PSDB). Enquanto isso os Fgs ficaram pequenos na frente de Santana. Não esqueçamos que Cid é alvo de acusações no Ministério Público e que seu irmão, o eterno presidenciável Ciro Gomes, não passa de um dígito nas pesquisas eleitorais. 
A tão badalada aproximação com o Senador Eunício é uma carta na manga no jogo montado pelo gestor do Estado, deixando Cid e irmãos em total reticencia no processo sucessório e com discursos contraditórios, e até com desconcertantes afagos ao senador cearense que hoje vive seu melhor momento na política nacional. 

Os Fgs sabem que já não podem "fritar" uma candidatura de Camilo. Romper ou impor sectarismo nas alianças seria um aventura cara e perigosa. Por fim, nesse caso o criador não pode se rebelar contra sua criatura. 

PROFESSOR MELLO LANÇA SEGUNDO VOLUME DO LIVRO IPU EM FOTOGRAFIAS

Contando com o mecenato da Água Mineral Acácia na pessoa do empresário Professor Luís Pessoa Aragão, o Ipu terá mais uma edição de um grande evento cultural o qual será marcado pelo lançamento de várias obras literárias de autores locais.
Dentre as publicações estará o livro "Ipu em Fotografias" em sua segunda edição do escritor Francisco de Assis Martins (Professor Mello). O ex-diretor do Colégio Ipuense e membro da Academia Ipuense de Letras (Ailca) em sua 20ª obra, presenteia a Terra de Iracema com centenas de registros históricos minuciosamente catalogados em mais uma pesquisa aguçada do autor. O ilustre médico e professor universitário João Martins de Sousa Torres será o apresentador do novo livro de Mello.

O evento acontecerá na Casa Mansão Verde no dia 18 de janeiro (quinta-feira). A noite de gala contará com apresentações musicais com destaque para a Banda Novo Som Maior.

quinta-feira, dezembro 28, 2017

PISO DO MAGISTÉRIO TERÁ AUMENTO DE 6,81%

O ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou hoje (28) a portaria que estabelece um aumento de 6,81% para o piso salarial dos professores para 2018. O reajuste anunciado segue a Lei do Piso, que estabelece a atualização anual do piso nacional do magistério, sempre a partir de janeiro. 
Segundo o MEC, por estar acima do índice de inflação previsto para este ano, o piso nacional do magistério terá um ganho real de 3,9% e um salário de R$ 2.455,35, para jornada de 40 horas semanais. Nos últimos dois anos, os professores tiveram um ganho real de 5,22%, o que corresponde a R$ 124,96, de acordo com a pasta.

Para o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, o percentual está dentro do esperado, pois foi calculado de acordo com o mecanismo já utilizado nos últimos anos.
No entanto, ele alerta para o fato de que faltam dois anos para o cumprimento da meta 17 do Plano Nacional de Educação, que estabelece que até 2020 o salário médio dos professores deve ser equiparado com o salário médio de outras profissões. “Vai precisar de um esforço maior do MEC, junto com estados e municípios para que essa meta seja alcançada até 2020”, disse Araújo à Agência Brasil.

O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo as regras da Lei 11.738/2008, a chamada Lei do Piso, que define o mínimo a ser pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais. O critério adotado para o reajuste desde 2009 tem como referência o índice de crescimento do valor mínimo por aluno ao ano do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Agência Brasil 

CONFIRA AS NOVAS DATAS DO CONCURSO DO DETRAN-CE

O Departamento de Trânsito do Ceará (Detran/CE) adiou a datas das provas objetivas do concurso público para o preenchimento de vagas, devido ao número elevado de inscritos. Os exames, previstos para o dia 28 de janeiro, serão realizados agora em três datas, de acordo com o cargo disputado. Ao todo, são ofertados 383 cargos efetivos, de nível fundamental, médio e superior, com salários que podem chegar a R$ 3,4 mil.

Para os 50 cargos de vistoriador (nível médio), as provas serão aplicadas no dia 25 de fevereiro de 2018. O próximo dia de prova, voltado às 33 vagas de analista de trânsito e transporte (nível superior) e às 50 vagas para assistente de atividade de trânsito e transporte (nível fundamental), serão realizadas no dia 11 de março. No dia 8 de abril, serão aplicadas as provas para as 250 vagas de agente de trânsito e transporte (nível médio).

De acordo com o comunicado do Diário Oficial do Estado (DOU) desta terça-feira, 26, as alterações foram necessárias porque o número de candidatos inscritos para o concurso superou o teto estimado em mais de três vezes. "A extrapolação do teto das inscrições em padrões totalmente fora da normalidade exigirá revisão das ações operacionais, de planejamento e de logística relacionadas com o processo de aplicação das provas", justifica o documento.

O órgão informa que os candidatos não serão prejudicados, pois as mudanças estão sendo divulgadas "com bastante antecedência com relação a 28 de janeiro de 2018, data que estava prevista para a aplicação da prova". O novo cronograma de eventos do concurso público será divulgado em até cinco dias úteis a partir da publicação no DOU.
Redação O POVO Online

IVO GOMES ATACA EUNÍCIO E DIZ QUE NÃO TEM MOTIVOS PARA VOTAR NO SENADOR DO PMDB

A engenhosa aliança costurada pelo Senador Eunício Oliveira (PMDB) via Camilo Santana (PT) tem encontrado como principal obstáculo a resistência dos Irmãos Ferreira Gomes, padrinhos políticos do atual governador.  

Na última sexta, 22, em entrevista a Rádio Regional de Sobral, Ivo Gomes, atual Prefeito da Princesa do Norte, fez duras críticas ao Senador do PMDB. O gestor sobralense disse que Eunício "põe uma pedra" na vinda de recursos para a cidade, e completou afirmando que o atual presidente do Senado "nunca mandou um real para Sobral", assim também como Tasso Jereissati (PSDB) e Pimentel (PT).

O irmão de Cid Gomes remoeu e lembrou que é processado por Eunício Oliveira, numa ação remanescente das eleições de 2014 por defender Camilo Santana. 

A entrevista também foi marcada por duros ataques ao Deputado Federal Moses Rodrigues (PMDB), aliado de Eunício, e as Faculdades Inta (Uninta) de propriedade do empresário Oscar Rodrigues.

PRIMEIRA-DAMA DO CEARÁ LANÇA CARTÃO MAIS INFÂNCIA EM CAMOCIM

O Governo do Ceará realizou encontros com as famílias que receberão o Cartão Mais Infância em cerca de 150 municípios cearenses neste mês de dezembro. Nesta quarta-feira (27) foi a vez de Camocim receber a reunião, que contou a presença da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.
Onélia ressaltou que o Cartão Mais Infância é mais uma ação do Programa Mais Infância Ceará.
A prefeita de Camocim, Mônica Aguiar, ressaltou a importância do Cartão Mais Infância para as famílias. “Estamos finalizando as atividades de 2017 com esse presente que a Onélia e o Camilo trazem a Camocim. Serão 582 famílias que receberão o cartão. Nós, que somos mães, sabemos que a primeira infância é a idade mais importante para o desenvolvimento das crianças”, disse. Ela ressaltou ainda que o município também será beneficiado. “Vai entrar na economia local em torno de 50 mil reais por mês. Essas mães vão comprar e fazer com que essa renda circule também no nosso município, além de ser um trabalho inclusivo, social, mas também fomenta a economia local. Estamos muito felizes e agradecidos!”, completou.

Cartão Mais Infância
O benefício é destinado para famílias em situação de extrema vulnerabilidade social com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses. Além da transferência mensal de R$ 85, a família também contará com acompanhamento pelas equipes de saúde e da assistência social e ainda o acesso preferencial aos programas financiados pelo Fundo Estadual de Combate à Pobreza nas áreas de habitação, segurança alimentar, saúde, educação e inclusão produtiva.
A condição para o receber o auxílio é que as gestantes devem realizar o pré-natal e as mulheres que amamentam devem ter acompanhamento da saúde; crianças de 0 a 6 anos devem estar com cartão de vacinação em dia e serem acompanhadas pela Estratégia Saúde da Família; preencher o questionário do aplicativo Mais Infância; e participar de encontros comunitários com temáticas que promovam o desenvolvimento da parentalidade responsável.
Com informações do Governo do Estado

CEARÁ CHEGA A TRISTE MARCA DE 5.000 ASSASSINATOS EM 2017

O Ceará registrou mais de 5 mil assassinatos neste ano. É um recorde desde que a secretaria da Segurança passou a divulgar o número de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), em 2013. Conforme estatísticas parciais divulgadas no site da secretaria, o estado contabilizou, até 25 de dezembro, um total de 5.023 mortes. O número inclui ocorrências de homicídios dolosos (quando há intenção de matar), latrocínios e lesão corporal seguida de morte.

Até novembro, a Secretaria da Segurança anunciou 4.681 mortes, no antanto, com as mais recentes atualizações das estatísticas no site da pasta, o número chegou a 4.997 no dia 23 de dezembro; houve registro de outras nove mortes no dia 24 de dezembro e de mais 17 assassinatos no dia 25 de dezembro, totalizando 5.023.

A secretaria afirmou que não vai se pronunciar de forma oficial sobre os números, que ainda não estão consolidados. Os números oficiais serão apresentados em coletiva de imprensa no mês de janeiro, segundo a pasta.

O índice de assassinatos registrado neste ano é 47,4% maior que em 2016, quando o estado teve 3.407. Se comparado com 2015, quando ocorreram 4.019 mortes, o aumento em 2017 foi de 24,9%. Em 2014, foram 4.439 mortes 11,6% menor que neste ano. A taxa recorde de assassinatos deste de 2017 é 14,2% maior que a registrada no ano de 2013, quando o Governo do Ceará passou a divulgar periodicamente os números de CVLIs.

Outubro deste ano foi o mês mais violento do Ceará, com um total de 516 assassinatos registrados. Fortaleza foi a região com o maior número de homicídios em outubro, com 185 homicídios. Em seguida apareceram a Região Metropolitana (118), Interior Norte (106) e Interior Sul (107). Comparado com outubro de 2016, houve um aumento de 85% no número de mortes violentas.

Após a divulgação do número recorde, no dia 14 de novembro, o governador Camilo Santana afirmou 82% dos homicídios ocorrem entre facções criminosas que disputam território de tráfico de droga.
Com informação do G1

quarta-feira, dezembro 27, 2017

CAMILO ANUNCIA MELHORIAS NA EDUCAÇÃO, MAS DEIXA O IPU MAIS UMA VEZ DE FORA


Qual a cidade da região noroeste do Estado que o Governador Camilo Santana foi percentualmente mais bem votado? Resposta: Ipu, com 64,22% dos votos. Nem mesmo Sobral (Camilo venceu lá com 62,19%), terra do então governador Cid Gomes, demonstrou tanto apreço eleitoral ao governador como a Terra de Iracema. 

São Benedito, por sua vez, a cidade mais privilegiada pelas ações do governo do Estado na região ibiapabana, deu à Camilo 58,94% de votos de maioria sobre Eunício naquele ano de 2014.

Nesses quatro anos de mandato, excetuando melhorias asfálticas e algumas promessas ainda pelo caminho, o Ipu segue desprestigiado pelo Governador. Nesse cenário, fica claro a complacência e submissão do Prefeito Sergio Rufino (PCdoB) para com essa falta de boa vontade de Camilo com a cidade que lhe deu uma das mais expressivas votações para que ele chegasse ao poder. Nem mesmo o reforço no policiamento militar uma melhor estrutura da Polícia Civil, o governo municipal teve força junto ao seu aliado político para atender a essa demanda tão solicitada pela sociedade ipuense. 

Depois de "sortear" uma areninha esportiva para o Ipu, ato jocoso e comentado negativamente na imprensa estadual, Camilo fechou o ano anunciando uma série de melhorias educacionais para várias cidades do interior, mas o Ipu, como já virou praxe, fica sem protagonismo nessas aquisições. 

O curioso é que Camilo disse para os ipuenses que quer explorar o potencial turístico da cidade ao prometer a retomada do projeto do Parque da Bica, mas ao anunciar, por exemplo, Cursos de Idiomas na rede estadual de ensino, deixou o Ipu do Fora. Das 40 escolas de tempo integral anunciadas também ontem, a cidade governada pelo "amigo" Sergio Rufino também não foi contemplada.

Prioridade: PEDIDO DE SELFS
Mas o Governador está "de boa" com o Ipu, pois quando vem a cidade, ao invés dos políticos situacionistas locais lhe cobrarem de maneira incisiva algo a mais e reconhecimento para uma cidade que é eixo regional, a maioria destes se resumem a matutagem de selfs para as redes sociais. 

Kléber Teixeira
------------------------------------------------
GOVERNADOR ANUNCIA CENTRO DE LÍNGUAS PARA O INTERIOR E MAIS 40 ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL PARA O INTERIOR
Durante a transmissão de número 43 do tradicional bate-papo ao vivo com a população, em sua página no Facebook, nesta terça-feira (26), o governador Camilo Santana anunciou que o pagamento do mês de dezembro dos servidores públicos estaduais será antecipado para a próxima sexta-feira (29). Somados aos pagamentos da segunda parcela do 13º salário – a primeira foi em julho último – e da folha de novembro, ambos realizados neste último mês de 2017, a injeção na economia cearense neste fim de ano gira em torno de R$ 2 bilhões. Na ocasião, o governador anunciou, também, que mais 40 escolas de Ensino Médio passarão a ser em Tempo Integral no Estado. Com isso, o número de unidades com esse perfil chega a 111.No último bate-papo ao vivo do ano, Camilo Santana também sancionou lei que cria onze Centros Cearenses de Idiomas. Os equipamentos vão ofertar ensino gratuito das línguas inglesa e espanhola aos estudantes da rede pública estadual, fortalecendo o currículo da Educação Básica. O chefe do Executivo sancionou, ainda, lei que institui o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV) para os servidores técnicos das universidades Estadual do Ceará (Uece), Regional do Cariri (Cariri) e Vale do Acaraú (UVA).
Os onze Centros de Idiomas serão coordenados pela Secretaria da Educação (Seduc) e espalhados por Fortaleza (6), Crateús (1), Caucaia (1), Juazeiro do Norte (1), Iguatu (1) e Itapipoca (1). “O mercado de trabalho tem exigido, cada vez mais, qualificação. Como somos um estado turístico, e como estamos ampliando o nosso turismo, (essa formação) é importante”, justificou o governador.

Escolas de Tempo Integral
As novas 40 unidades serão distribuídas pelos municípios de Fortaleza (14), Aquiraz (1) , Caucaia (2), Eusébio (1), Itaitinga (1), Maracanaú (4), Maranguape (1), Pacatuba (2), Itapajé (1), São Gonçalo do Amarante (1), Pentecoste (1), Carnaubal (1), Viçosa do Ceará (1), Acarape (1), Limoeiro do Norte (1), Independência (1), Iguatu (1), Lavras da Mangabeira (1), Crato (2), Juazeiro do Norte (1) e Caririaçu (1).

“Com isso, estamos investindo em segurança, em saúde, em qualificação profissional, na qualificação dos nosso alunos e gerando oportunidade para os nossos jovens”, relacionou o governador. - Com informações do Governo do Estado do Ceará

MASSA CONCURSOS INICIA MATRÍCULAS A PARTIR DE 2 DE JANEIRO

Especialista em concursos educacionais o Massa Concursos, empresa composta pelos melhores professores de Sobral dos mais renomados colégios, iniciará a partir de 2 de janeiro, das 17h as 21h30 as matrículas para a Turma I voltada para a preparação para o grande concurso da Prefeitura de Sobral. 
O investimento será de 175 reais (mensalidade), valor este que poderá ser pago no cartão de crédito.
Aulas e matrículas no Colégio Coração de Jesus. 

DETRAN-CE ALTERA DATAS DO CONCURSO - PROVAS NÃO SERÃO MAIS EM JANEIRO

A Superintendência do Departamento de Trânsito do Estado do Ceará (Detran/CE) e a Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará (Seplag) anunciaram, por meio do Diário Oficial do Estado (DOU) publicado nesta terça-feira (26), a alteração da aplicação das provas do concurso público com um total de 383 vagas, sendo 250 para agentes de trânsito (nível médio); 33 para analista de trânsito e transporte (nível superior); 50 para vistoriadores (nível médio) e 50 para assistente de atividade de trânsito e transporte (nível fundamental).

Conforme o documento, o número de candidatos inscritos para o concurso atingiu o teto de, aproximadamente, três vezes e meia o limite esperado de inscrições. Com isso, a aplicação das provas objetivas será em três datas diferentes. O Detran/CE  e a Seplag indicam que, “tendo em vista que a extrapolação do teto das inscrições em padrões totalmente fora da normalidade exigirá revisão das ações operacionais, de planejamento e de logística relacionadas com o processo de aplicação das provas”.

A primeira fase do concurso seria realizada em 28 de janeiro de 2018. Com a alteração, as provas passarão a ser aplicadas nas datas seguintes: 25 de fevereiro de 2018; 11 de março de 2018; 08 de abril de 2018.

A Fundação Universidade Estadual do Ceará (Funece), que é a organizadora do certame, divulgará na página da instituição, no quinto dia útil contado da data de circulação deste DOE, o novo Cronograma de Eventos do Concurso. Veja mais detalhes na página 21 do DOE.
Fonte: DN

terça-feira, dezembro 26, 2017

CABO SABINO NEGA BOATOS DE APOIO AOS FGs E EXPLICA SUA SAÍDA DO PR

“Tenho vergonha na cara. Jamais me aliarei aos Ferreira Gomes. Nem hoje, nem amanhã e nem nunca”. A declaração partiu do deputado federal Cabo Sabino (PR), em entrevista exclusiva ao programa ”Ceará News”, da rede Plus de Rádio FM, na manhã desta terça-feira (26). O parlamentar anunciou, ainda, sua transferência do Partido da República para o Partido Humanista da Solidariedade (PHS).

Sabino desmentiu o boato de que estaria se aliando aos FGs ao se transferir para o PHS. Segundo ele, toda a direção do partido vai ser mudada quando do seu ingresso naquela agremiação partidária.  Nesta quarta-feira (27), uma solenidade acontece na Assembleia Legislativa do Estado para a posse dos novos dirigentes da sigla no Ceará.

“Estamos mudando todo o diretório e serão empossadas pessoas indicadas por mim”, arrematou.  Disse, ainda, que em março, quando da abertura da janela partidária, ele assumirá a presidência do PHS no Ceará. “Vamos dar uma cara nova a este partido. Queremos a presença dele nos 184 Municípios. O PHS não vai ser um partido de aluguel. Será independente e terá a nossa cara. Teremos a bandeira da Segurança Pública, a bandeira da família e da Saúde”.

O deputado revelou que o PHS apoiará o deputado estadual Capitão Wagner caso este se candidate ao cargo de governador do estado. Ele nega ter saído do PR por conta de conflito com Wagner. “De forma nenhuma. Pelo contrário. Minha saída do PR se dá por conta de decisões tomadas em nível nacional”.

Sabino voltou também a desmentir a versão de que numa eventual aliança com o governador Camilo Santana (PT) receberia em troca uma cota de empregos públicos para serem  distribuídos aos seus correligionários.
Ouça a entrevista completa do deputado ao “Ceará News”:

PREFEITO IVO GOMES ANUNCIA GRANDE CONCURSO PÚBLICO EM SOBRAL

Na última quinta-feira, 21, em entrevista no Programa Show do Beto Guerra da FM Conqueiros de Sobral, o Prefeito Ivo Gomes (PDT) confirmou que está preparando para os primeiros meses de 2018 um grande concurso para professores efetivos da rede municipal.
Em 2016, ainda na gestão de Veveu Arruda (PT), foi realizado um concurso na área educacional. Mais de trezentos aprovados foram convocados para assumir. Mesmo assim, com uma carência de mais de mil vagas, Ivo adota a meritocracia e o fim de possíveis apadrinhamentos na seleção de profissionais para educação sobralense, apontada em avaliações globais como uma das melhores do país. 

O gestor confirmou que foi criado o cargo de Orientador Educacional, o qual deverá também está inserido com vagas nesse concurso. 

A prefeitura de Sobral em média possui hoje mais de mil professores temporários (veja o gráfico abaixo)

segunda-feira, dezembro 25, 2017

RENÚNCIA HISTÓRICA DE VEREADOR GUARDA RELAÇÃO COM A SUCESSÃO MUNICIPAL EM 2020

Na última sexta-feira, 22, o enfermeiro e Vereador Asarias Araújo (Pros) comunicou na imprensa local que estava renunciando ao cargo legislativo. Foi a primeira vez em toda história do Ipu que um edil renunciou ao mandato. Oficialmente Asarias renunciou para assumir o cargo de pastor da Igreja Evangélica a qual faz parte.
Com saída do ex-líder do prefeito Sergio Rufino da casa legislativa, o primeiro suplente do Pros, Moreira Filho, sobrinho do gestor municipal, assume de maneira efetiva.

Bastidores
Acredita-se que a ideia original de Asarias era manter uma licença permanente do cargo. As cartas foram jogadas por ambas as partes. Encontrou-se um "entendimento" e ficou acordado a renúncia definitiva do pastor.
Não será estranho se o ex-vereador tenha o poder de indicação na direção do Hospital Municipal nos próximos meses.

Eleições municipais
O projeto pessoal do Prefeito Sergio Rufino em lançar um sobrinho como candidato a sua sucessão municipal em 2020, ganha mais uma faceta. A ideia capitaneada por Tião Rufino, tutor de Moreira que é filho do saudoso vereador Nilson Rufino, é de habilitar seu sobrinho dando-lhe visibilidade no legislativo local e deixando-o como uma das alternativas dentro da família para a sucessão dentro do grupo Liberdade.

"De Rufino para Rufino" ou o Empresário.
Sergio Rufino sabe que dentro do seu grupo, apesar dos estrebuchos de alguns vereadores, ninguém tem personalidade e altivez (aqui incluo também poder financeiro) para contestar a candidatura de um sobrinho seu em 2020. Formalmente, Sergio ainda fará um convite ao empresário e seu padrinho na política ipuense, o empresário Marcos Gomes, para ser o candidato do grupo Liberdade.

segunda-feira, dezembro 11, 2017

TASSO E WAGNER, UMA REAL AMEAÇA A CAMILO E CID GOMES

De acordo com o blogueiro Roberto Moreira do Diário do Nordeste em postagem neste domingo, 10, o ex-presidente do PSDB cearense, Luiz Pontes, lhe confirmou sem rodeios que Tasso Jereissati será candidato ao Governo do Estado do Ceará no próximo ano.
O senador tem oficialmente negado, mas sabe ele que é o nome mais competitivo da oposição para uma disputa com Camilo Santana. 
Capitão Wagner, se confirmar esse cenário, sairia candidato ao Senado o que levaria a uma séria ameaça a antagônica "dobradinha" Cid Gomes e Eunício para as duas vagas ao Senado que serão abetas em 2018.

Uma coisa é certa: Essas duas candidaturas pela oposição tiram o sono de Cid e seu aliado Camilo.

segunda-feira, novembro 27, 2017

PREFEITURA DE FORQUILHA ABRIRÁ CONCURSO PÚBLICO PARA GUARDA MUNICIPAL

A Prefeitura Municipal de Forquilha, no Estado do Ceará, anuncia que em breve irá abrir as inscrições de seu novo Concurso Público para preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva.
O intuito do certame será contratar 20 Guardas Municipais, com ensino Médio, que farão jus à remuneração de R$ 1.500,00.

As inscrições podem ser realizadas no período de 30 de novembro de 2017 a 29 de dezembro de 2017, por meio do site da organizadora (www.cetrede.com.br), o horário dos cadastros é das 7h às 23h.

TASSO SE MOVIMENTA E PROMOVE ENCONTRO COM PREFEITOS E LIDERANÇAS DO MACIÇO DO BATURITÉ

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) reuniu-se na última sexta-feira (24) com os prefeitos Franklin Veríssimo (Acarape), Assis Arruda (Baturité), Inês de Oliveira (Capistrano), Roberlândia Castelo Branco (Guaramiranga), Dário Coelho (Itapiuna), Davi Campos (Palmácia), Marcelo Fradique (Guaiúba), Amanda Lopes (Caridade), Robert Viana (Mulungu) e Kiko Sampaio (Pacoti); vereadores, lideranças dos municípios de Redenção e Aratuba, representantes da Associação dos Municípios do Maciço do Baturité; o deputado Raimundo Gomes de Matos e o presidente regional do PSDB, Francini Guedes.

Durante o encontro foram discutidos os problemas da região e a necessária definição de um novo Plano de Desenvolvimento Estratégico, capaz de assegurar a melhoria de políticas sociais, a atração de novos investimentos e garantir um desenvolvimento sustentável para os municípios, fundamentais para a melhoria da qualidade de vida da população de todo o Ceará.

O atual Plano de Desenvolvimento do Maciço foi desenvolvido durante as duas últimas gestões de Tasso no Governo do Estado, no período de 1995 a 2002.
Fonte: Cearanews7.com

OPOSIÇÃO DE PIRES FERREIRA RECEBE EX-DEPUTADO ARNON BEZERRA, ATUAL PREFEITO DE JUAZEIRO

Nesse sábado, dia 25/11, o ex-deputado federal por 6 mandatos e atual prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, e o seu filho Pedro Augusto, estiveram em Pires Ferreira, na residência dos ex-prefeitos Torrim e Corrinha.

 A visita serviu para reunir  o grupo de Oposição do município, ex-prefeitos da região, e amigos do filho do casal, José Augusto, que se emocionou ao dizer “Sou grato ao povo de Pires Ferreira e a gratidão se estende a Arnon, que tanto já fez pelos Piresferreirenses, o seu retorno ao município através do seu filho Pedro Augusto, significa a certeza de dias melhores para a nossa gente”.

DSC_2305
Fonte: Ipunoticias.com

quarta-feira, novembro 22, 2017

SERÁ SE O ELEITOR VAI ENGOLIR ESSA VERGONHOSA ALIANÇA?

O Senador Eunício Oliveira (PMDB) abandonou o grupo político de oposição o qual liderou nas últimas eleições governamentais de 2014. Usando um discurso maquiavélico que está "pensando em uma união pelo Ceará", o Senador agora está via Governador Camilo Santana (PT) se unindo aos seus desafetos Ferreira Gomes. 
Mas como reagirá o eleitorado cearense a essa bizarra aliança?

Esse contraditória aliança de candidaturas ao Senado entre Cid Gomes e Eunício, ambos alvos de denúncias nas investigações da Operação Lava-Jato, foi um dos temas analisados por Kléber Teixeira e Rárison Ramon no último programa Política em Debate que vai ao todos os sábados na FM Cidade de Ipu.
Confira o Áudio:


"PRECISAMOS DE UM PLANO REAL CONTRA A CORRUPÇÃO" DIZ SERGIO MORO

Ao discursar na abertura do Congresso Brasileiro de Procuradores Municipais, em Curitiba, o juiz federal Sergio Moro defendeu uma espécie de “Plano Real” contra a corrupção. Segundo o magistrado, o processo judicial eficiente é “importante e relevante”, mas cuida apenas do “aspecto patológico da corrupção”. “Precisamos de reformas. Precisamos de um Plano Real contra a corrupção”, afirmou Moro, que fez o discurso final do evento.

Bastante aplaudido, o juiz fez, durante quase uma hora de fala, um resumo da Operação Lava Jato e de todo o esquema de pagamento de propinas na Petrobras e em suas subsidiárias. Sem citar nomes de réus e salientando que falaria apenas de casos julgados, Moro afirmou que a corrupção era a “regra do jogo” na relação entre a estatal, seus diretores, agentes políticos e as empresas.

Para Moro, a corrupção não é um “problema invencível” e a Operação Lava Jato significa uma “janela de oportunidade”. O juiz afirmou que a sociedade brasileira já enfrentou problemas complexos anteriormente e conseguiu avançar. Ele citou a redemocratização dos anos 80, o combate à inflação nos anos 90 e a mitigação da pobreza e desigualdade nas últimas décadas. “Esses exemplos de enfrentamento revelam que a corrupção também pode ser superada.”

Fim do Foro

Para tanto, segundo Moro, não pode “haver retrocesso”. Segundo o juiz, o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de que o réu deve começar a cumprir a pena a partir de decisão de segunda instância é um “ponto que deveria ser considerado como de não retorno”, disse.
Moro defendeu ainda o fim ou a diminuição da abrangência do foro privilegiado. “Posso dizer por mim e pela maioria absoluta dos meus colegas que nós abrimos mão desse privilégio antirrepublicano”, declarou.

Para o juiz, os tribunais superiores como o STF e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) não são “vocacionados para o julgamento de ações criminais e sim vocacionados para o julgamento de recursos”. “Por maior que seja a boa vontade dos ministros do Supremo e do STJ, [os tribunais superiores] funcionam como um escudo contra a efetiva responsabilização de detentores de foro privilegiado que se envolvem em casos de corrupção.”
Moro defendeu ainda o fim do loteamento de empresas públicas e de cargos entre partidos e grupos políticos e o aprimoramento efetivo de mecanismos de compliance nas estatais e nas empresas privadas que têm contratos com o poder público.

Vaias e aplausos
No início do Congresso, quando teve seu nome anunciado, Moro foi aplaudido de pé pela maioria dos participantes. No entanto, um grupo menor, de cerca de 25 procuradores protestou, gritando palavras de ordem e vaiando o juiz. Eles chegaram a ter duas faixas apreendidas pelos seguranças do evento. Antes da palestra de Moro, eles se retiraram silenciosamente do local.
Fonte: Veja

domingo, novembro 19, 2017

OPOSIÇÃO CRITICA APROXIMAÇÃO DE EUNÍCIO COM CAMILO

Deputado Roberto Mesquita (PSD)
Enquanto o governador Camilo Santana (PT) participava de evento, no Palácio da Abolição, com o presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (PMDB), deputados da oposição questionavam, ontem, na Assembleia Legislativa, a “aproximação” entre os até então rivais políticos. 

Para o deputado Roberto Mesquita (PSD), é contraditória a postura de lideranças governistas que “esculhambam” o presidente Michel Temer (PMDB) e, “por trás, estão fazendo um acordo” com ele. Mesquita afirmou ainda que, por conta dessas atitudes “enganosas”, ser cara de pau virou a marca dos políticos.

A participação do senador Eunício Oliveira no lançamento do projeto “Juntos por Fortaleza”, do Estado e da Prefeitura, incomodou oposicionistas porque Eunício, considerado até então importante líder da oposição, agora, dá sinais cada vez mais claros de que poderá marchar com Camilo em 2018, com vistas à reeleição ao Senado.

Além disso, a eventual aliança levanta questionamentos de deputados em relação à conjuntura nacional, uma vez que o senador é do PMDB, partido de Temer, enquanto PT e PDT, legendas do governador e de seus padrinhos políticos Cid e Ciro Gomes, respectivamente, fazem oposição ao Governo Federal. Mesquita diz que a aproximação é uma estratégia para enganar a população e beneficiar quem tem acesso ao Planalto.

“Eles estão tentando construir um projeto de união por Fortaleza, mas estão com vergonha de dizer que é o dinheiro do Temer que eles estão tentando ir buscar em Brasília, através dos emissários. Passam aqui a esculhambar o governo Temer e, por fora, correm pedindo a alguém que tem acesso ao governo que libere o dinheiro. O dinheiro é da Nação, tem que buscar sim recursos em Brasília, agora, chega de enganação. O recurso é federal, é do golpista, mas é ele que está, através de determinadas figuras que são seus aliados, irrigando o governo que, numa cara de pau sem precedentes, ainda esconde o que recebe e ainda culpa”.

Poder
Para Mesquita, quem consegue trazer dinheiro para o Ceará “ganha secretarias no Estado, na Prefeitura, poder em todo canto” e é “contemplado com um abraço para continuar no seu mandato”. Em tom de crítica, ele disse esperar que, na parceria, as lideranças políticas não deixem de priorizar repasses para áreas essenciais, como Saúde.
“Porque o que está acontecendo no Ceará é prática nazista, as pessoas morrendo e os chefes se banqueteando”, atacou. “Que dentro desse projeto façam, pelo menos, o básico. Podem sonhar com viaduto, Acquário, mas não deixem as pessoas morrerem no Hospital de Messejana”, cobrou.
Fonte: DN

COM EUNÍCIO FECHADO COM CAMILO, QUEM AGORA SERÁ O CANDIDATO DA OPOSIÇÃO?

Representantes do PR, do PSD e do Solidariedade, com a aquiescência do tucano Luiz Pontes, decidiram, quinta-feira, no apartamento da deputada estadual Fernanda Pessoa (PR), após uma longa discussão sobre a sucessão estadual cearense e a análise das últimas pesquisas relacionadas ao quadro político do Estado, se fixarem nos nomes, pela ordem de preferência, do senador Tasso Jereissati (PSDB), Capitão Wagner (PR) e do conselheiro Domingos Filho (ainda sem partido), para deles sair o candidato a governador em 2018 e um dos postulantes ao Senado. Dos três, só Tasso não participou do encontro.

O senador tucano está chegando ao Ceará neste fim de semana, após uma rápida temporada nos Estados Unidos, cuidando de assuntos de seu interesse particular. Ele tem reafirmado não pretender disputar mandato no próximo ano (ele é senador até 2022), mas continua sendo o nome preferido das oposições para enfrentar o governador Camilo Santana (PT) disputando a reeleição. A prioridade de Tasso Jereissati, até o próximo mês, será a disputa pela presidência nacional do PSDB. 

As questões relacionadas ao PSDB e às oposições no Ceará ficarão para o próximo ano, embora os demais representantes das siglas adversárias do Governo tenham pressa em definir o seu candidato.

Condicionantes
O Capitão Wagner admite disputar o Governo do Estado. Faz ponderações e algumas condicionantes, dentre elas, segundo um dos participantes do jantar, oferecido pela deputada Fernanda Pessoa, estar livre na coligação que bancar sua candidatura ao Executivo estadual, para escolher o seu próprio candidato à Presidência da República, que ele não especificou quem. Pelas últimas pesquisas em poder dos oposicionistas, Wagner estaria muito bem situado, tanto para postular o Governo do Estado quanto para uma das duas vagas de senador, ficando aquém apenas do senador Tasso.

Domingos Filho, a terceira opção para o Governo e nome também apontado para o Senado, está disposto a entrar na luta por um mandato no próximo ano. Sem mais razões para questionamentos sobre a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), posto considerado estar o fato consumado,

Domingos dá os primeiros passos para ter o exercício pleno da cidadania, no caso ser votado. Ele requer nos próximos dias o restabelecimento de sua condição plena de advogado, reabilitando-se na secção cearense da Ordem dos Advogados do Brasil, para cuidar da aposentadoria e filiar-se ao PSD, o partido dominado pela sua família neste Estado.

Fim das esperanças
A ida do senador Eunício Oliveira ao Palácio da Abolição, ontem, para um evento com características eminentemente políticas, ao lado do governador Camilo Santana, do presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque, do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e de outros governistas, foi o fim de toda e qualquer esperança dos oposicionistas cearenses de que ainda poderia haver uma chance do senador continuar sendo oposição a Camilo e com ele concorrer novamente ao Governo do Estado, ou ajudá-los a formar uma chapa competitiva contra os governistas. O encontro de Eunício com a cúpula palaciana foi bem mais aberto do que os já ocorridos.
Fonte: DN

domingo, novembro 12, 2017

DIEGO E SERGIO AGUIAR FECHADOS - OPOSIÇÃO VOTARÁ EM CAMILO SANTANA?

Diego Carlos (PDT), teoricamente aliado do governador cearense e dos seus padrinhos Ferreira Gomes, foi candidato a Prefeito de Ipu em 2016 e, observado o poder financeiro do grupo Liberdade liderado pelo Prefeito Sergio Rufino (PCdoB) e os improvisos da sua candidatura, fez o grupo situacionista fazer um esforço colossal para sair vitorioso. 
No percurso das eleições municipais e, sobretudo, após a sua não vitória, percebeu-se uma gigantesca insatisfação do seu eleitorado com a indiferença do ex-governador Cid Gomes (PDT) e principalmente o apoio implícito dado pelo Governador Camilo Santana (PT)à reeleição de Sergio Rufino.

Nesse imbróglio, o Deputado Sergio Aguiar (PDT), padrinho político dos Carlos em Ipu, até ensaiou em meio a uma fracassada e desabonada por seus líderes partidários, tentativa de se tornar presidente da Assembléia, uma ruptura com Camilo e Cid. Isso alimentou ainda mais o distanciamento da oposição ao Governador.

Sergio Aguiar estrebuchou, mas ficou mesmo na zona de conforto de apoio ao governo estadual.

Diego Carlos e sua mãe, Toinha Carlos, deram essa semana após mais uma reunião (produtiva, segundo nossas fontes) com Sergio Aguiar em seu gabinete na última quinta (9 de novembro), um passo decisivo para continuarem dando-lhe apoio nas eleições para Deputado Estadual do ano que vem em Ipu.

Mas ainda ficam perguntas no ar:

* Diego e Toinha irão vestir a camisa do apoio à Camilo e, assim como em 2014, colaborarão com o Prefeito Sergio Rufino na colhida eleitoral de uma possível vitória do governador nas urnas ipuenses? 
* Como ficará a Família Carlos em sua relação com a Rádio Regional, onde o referencial Hélio Lopes e sua Equipe já são incisivamente opositores a Camilo e aos Irmãos Fgs?

Conclusão: A reticência de Toinha e Diego só servem para alimentar a tese de que sua aproximação com Sergio Rufino para 2020 só se sacramenta e o seu distanciamento com o grupo de Sávio Pontes (que deve fazer oposição ao governador) só se consolida.

sábado, novembro 11, 2017

CRISE DO PSDB E OS ATAQUES DE TASSO AOS FERREIRA GOMES E CAMILO, SÃO ANALISADOS NO RÁDIO IPUENSE

Na edição deste sábado, 11, no Programa Política em Debate (FM Cidade de Ipu) apresentado Rárisson Ramon e com os comentários políticos de Kléber Teixeira, foram analisados os seguintes temas:
1º -  A História e a evolução política do PSDB e a sua atual encruzilhada em direção as eleições presenciais.
2º -  Os ataques de Tasso Jereissati aos Ferreira Gomes e ao governador Camilo Santana.
3º  - A inoperância política em prol do Ipu da aliança do Prefeito Sergio Rufino com Camilo Santana. 
4º -  As últimas polêmicas da política local. 

ACUADO, AÉCIO DIZ QUE PSDB AINDA SAIRÁ DA BASE DE TEMER

Dois dias depois de destituir o senador Tasso Jereissati da presidência interina do PSDB, o senador Aécio Neves, presidente afastado do partido, participou nesse sábado da convenção tucana em Minas Gerais que reelegeu seu aliado, o deputado Domingos Sávio, presidente da legenda no Estado.
Em entrevista no final do evento, Aécio reconheceu que o PSDB deixará em breve o governo Michel Temer, mas criticou os “cabeças pretas”, ala que faz oposição ao Palácio do Planalto. 
Segundo o senador, há no PSDB “um convencimento de todos” de que está chegando o momento de deixar o governo. “Quero sugerir aos dois candidatos (à presidência do partido) que convoquem os ministros do PSDB para uma reunião e que definam o momento da saída.” 
“Não vejo os cabeças pretas defenderem as reformas com o mesmo ímpeto que defendem a saída do governo. Boa parte desta discussão é uma desculpa para não votar a agenda de reformas”, disse Aécio.

CABEÇAS PRETAS (TASSO) X AÉCIO
O grupo tucano que quer Tasso Jereissati à frente do PSDB se move por pragmatismo de olho em 2018. Mais que por repulsa ideológica ou ética ao governo Michel Temer (PMDB), eles sabem que cada minuto nas base aliada reduz as chances de o partido eleger presidente no ano que vem - e a cotação já não anda lá essas coisas. 
Aécio Neves, por sua vez, joga por sua sobrevivência. O apoio de Temer foi decisivo para ele não ser afastado do mandato. O respaldo governamental é decisivo para alguém sob investigação, e a mudança na Polícia Federal esta semana mostra isso. Em nome da preservação e da aliança, Aécio mantém os tucanos amarrados a um governo com todos os sinais de naufrágio.

quinta-feira, novembro 09, 2017

CONCURSO DO DETRAN SEGUE COM INSCRIÇÕES ATÉ O PRÓXIMO DIA 24 DE NOVEMBRO

As inscrições para o concurso público do Detran-CE continuam até  às 23horas 59min do próximo dia 24, última sexta-feira do mês. São 383 vagas ofertadas, para níveis superior (33), médio (300) e fundamental (50).  As inscrições podem ser feitas pelo site.

As remunerações serão as seguintes: nível superior, que ocupará o cargo de analista de trânsito e transporte: R$ 3.486,10, no início de carreira, e R$ 14.349,53, no final de carreira; nível médio, que ocupará o cargo de agente de trânsito e transporte: R$ 2.555,80, no início de carreira, e R$ 8.063,06, no final de carreira; nível médio, ocupante do cargo de vistoriador: R$ 2.301,56, no início de carreira, e R$ 7.243,09, no final de carreira; e nível fundamental, que ocupará o cargo de assistente de atividade de trânsito e transporte: R$ 2.118,56, no início de carreira, e R$ 7.243,09, no final de carreira.

As oportunidades para os candidatos de nível superior são para os formados em Administração (5 vagas), Arquitetura (4), Ciências Contábeis (4), Engenharia Civil (7), Engenharia Elétrica (2), Engenharia Mecânica (2), Assuntos Educacionais, com graduação em Pedagogia ou licenciatura plena em qualquer área (4), Tecnologia da Informação (5).

De acordo com o Detran-CE, em torno de 16 mil candidatos já pagaram o boleto da inscrição. É obrigatório para os candidatos aprovados nos cargos de nível médio e nível fundamental a apresentação da CNH (ou PPD), categoria B, no ato da nomeação. Essa exigência não é feita para os aprovados nos cargos de nível superior.

Nesta sexta-feira, 10, será divulgada no site uma relação preliminar do resultado da análise dos pedidos de isenção, mas que cabe recurso por quem não teve seu nome incluído. O resultado final será anunciado 10 dias depois. Quem não obteve a isenção deve pagar o boleto até próximo dia 27, desde que tenha feito a inscrição até o dia 24.11.2017.

O valor da inscrição é para os cargos de nível fundamental: R$ 70; para os cargos de nível médio: R$ 900; e para os cargos de nível superior, R$ 130. No ato da inscrição, o candidato pode optar pela cidade da sede regional onde deseja ser lotado. O candidato pode optar fazer opção onde deseja ser lotado. As opções são os seguintes municípios: Fortaleza, Itapipoca, Sobral, Tianguá, Crateús, Tauá, Juazeiro do Norte, Iguatu, Quixadá, Morada Nova, Russas, Baturité, Limoeiro do Norte, Aracati e Camocim.

Haverá duas datas para a realização das provas: dia 28 de janeiro de 2018, no período da manhã, para os candidatos aos cargos do ensino médio; e dia 4 de fevereiro de 2018, no período da manhã, para os candidatos aos cargos de nível superior e nível fundamental. As cidades onde as provas serão realizadas são as seguintes: Fortaleza, Crateús, Iguatu, Juazeiro do Norte, Quixadá, Russas e Sobral. O candidato tem de optar em qual cidade fará a prova.
 Redação O POVO Online 

TASSO LANÇA CANDIDATURA AO COMANDO DO PSDB. AÉCIO REAGE E TIRA CEARENSE DA PRESIDÊNCIA INTERINA

O senador Aécio Neves (MG) destituiu, nesta quinta-feira, o senador Tasso Jereissati (CE) da presidência interina do PSDB. Afastado do comando da sigla desde maio, quando foi atingido pela delação premiada do empresário Joesley Batista, Aécio alega que, com a decisão, garante a “isonomia” do processo que escolherá o novo comandante do partido. Tasso lançou oficialmente sua candidatura nesta quarta-feira e terá como adversário na disputa o governador de Goiás, Marconi Perillo, apoiado por Aécio Neves.

O senador mineiro, que conversou com o cearense sobre a destituição na manhã de hoje, no entanto, não voltará à presidência do partido. Aécio indicou o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman, vice-presidente mais velho da legenda, para comandá-la interinamente até o dia 9 de dezembro, quando a convenção nacional do PSDB escolherá o novo presidente.
“Conforme conversa que tivemos hoje, em razão de sua candidatura à presidência do PSDB, formalizada ontem, e com o objetivo de garantir a desejável isonomia entre os postulantes, estou reassumindo a presidência do partido e, ato contínuo, indicando nosso mais antigo vice-presidente, o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman, para conduzir com imparcializada a eleição que se dará na convenção nacional marcada para o próximo dia 9 de dezembro”, afirmou Aécio Neves em carta a Tasso Jereissati.
A destituição de Tasso é mais um capítulo do conflito interno entre tucanos favoráveis e contrários à permanência do partido no governo do presidente Michel Temer (PMDB). Apesar de debilitado politicamente, Aécio Neves é o principal fiador da permanência do partido na base aliada. O PSDB ocupa quatro ministérios: Cidades (Bruno Araújo), Relações Exteriores (Aloysio Nunes Ferreira), Direitos Humanos (Luislinda Valois) e Secretaria de Governo (Antonio Imbassahy).

Já Tasso é um dos líderes da ala que defende a saída do partido do governo Temer, embora veja “enorme identidade” entre os tucanos e as reformas econômicas propostas pelo presidente. O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso também é um dos que pregam a saída do governo. “Ou o PSDB desembarca do governo na convenção de dezembro e reafirma que continuará votando pelas reformas ou sua confusão com o peemedebismo dominante o tornará coadjuvante na briga sucessória”, escreveu FHC em um artigo publicado no último final de semana.

Ao lançar sua candidatura à presidência do partido, ontem, o senador cearense defendeu que o PSDB adote um código de ética “mais rigoroso” e um estatuto que contemple a adoção de um conjunto de boas práticas.
Aécio Neves foi gravado por Joesley Batista em uma conversa em que pediu ao empresário 2 milhões de reais para custear sua defesa na Operação Lava Jato. A JBS pagou o valor em quatro parcelas de 500.000 reais em dinheiro vivo, entregues pelo ex-diretor de relações institucionais da empresa, Ricardo Saud, a Frederico Pacheco de Medeiros, primo do tucano.

Depois que a gravação veio à tona, Aécio foi afastado duas vezes do mandato pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O primeiro afastamento foi derrubado por uma decisão do ministro Marco Aurélio Mello; o segundo foi derrubado pelo próprio Senado, depois de o STF decidir que cabe às Casas Legislativas autorizar o afastamento de seus membros.
Fonte: Veja.com