segunda-feira, março 31, 2014

Salários dos Servidores - VEREADORES DE OPOSIÇÃO ENTRAM NA JUSTIÇA CONTRA PREFEITURA

O vereador Adriano Melo trouxe a tribuna da Câmara Municipal de Ipu, uma reclamação pertinente dos comerciantes locais, o aumento das taxas tributárias; taxas de emissões de alvarás e alvarás sanitários, solicitou uma imediata resposta do líder do prefeito, senhor vereador Carlos Amarantes da silva, haja vista, estava bem próximo de sua cadeira, o coordenador de tributos do município.

O Parlamentar novamente arguiu sobre as questões públicas levadas à casa que não avançam, e que não retira nenhum um ponto, nenhuma vírgula do seu pronunciamento e foi mais além: " Não fujo do meu papel de legislador, e tenho o pleno conhecimento do meu trabalho e continuaremos assim em defesa das questões públicas que são do interesse da coletividade ipuense." Argumentou o edil Adriano.

E que todas as vezes tentou da forma mais democrática possível, tratar dessas questões, mas não houve um atendimento aos pedidos cruciais inerentes a sociedade ipuense. Sendo assim os três vereadores de oposição ingressaram com três ações em desfavor do senhor prefeito de Ipu Sérgio Rufino. Eis as ações impetradas junto ao MPE (Ministério Público estadual): A inadequação do piso salarial dos professores, piso que já foi reajustado desde janeiro e até a presente data não houve a correção, Outra representação; o salário inferior ao salário mínimo vigente no país, os servidores ainda não tiveram a atualização dos seus vencimentos. Os três edis de oposição ingressaram também com uma representação pelo desatendimento ao piso salarial dos advogados concursados de Ipu, que ganham um pouco mais de R$ 3mil, enquanto o município paga uma monta de mais de R$ 200 mil a uma assessoria jurídica.

E finalizou dizendo que não serão apenas essas três categorias, representadas em incursões na justiça, já que pelas vias democráticas, não estão recebendo respostas. Alberto Martins aparteou e endossou as palavras do colega.
Fonte: http://www.reporterfranciscojose.com.br/

CPI DA PETROBRAS ATORMENTA A PRESIDENTE


EX-PREFEITA CORRINHA VAI AO RÁDIO SEXTA (04) DIALOGAR COM SEUS CORRELIGIONÁRIOS E SIMPATIZANTES

Depois de ver suas contas desaprovadas na última quinta feira (27) na polêmica sessão da C.M.I, numa manobra que teve o apoio do prefeito Sergio Rufino com seu grupo de Vereadores, a ex-prefeita Corrinha irá militar na imprensa no próximo final de semana. Declarações bombásticas virão, assim nos assegurou seu esposo Torrim, o Pica Pau.

De certo até agora é que a ex-gestora será entrevistada na sexta (04) na Rádio Iracema de Ipu  pelo comunicador Adriano Pereira, mas antes será sabatinada pelo site Ipunotícias. A prefeita também poderá comparecer no sábado na FM Cidade no programa apresentado por Nonato Martins.

A oposição ao Prefeito Sergio Rufino inegavelmente se fortaleceu com a entrada efetiva em campo da ex-prefeita, que inegavelmente irá trabalhar fortemente para Deputado Estadual e Federal em Ipu.  

PROS x PMDB/PT - CID GOMES PERDE O CONTROLE DE SUA SUCESSÃO.

Resumindo aqui todos os últimos acontecimentos da última semana, concluímos que o governador Cid Gomes não é mais o senhor absoluto da política cearense. É nítido o descontrole de sua sucessão, observando as movimentações dos partidos aliados.
Além de não ter força nem argumentos parar reverter a candidatura do Senador Eunício Oliveira (PMDB), o Governador teve que engolir o que sempre disse sobre sua ideia de ficar no cargo até o final do mandato. Sem nenhum nome de peso para sucessão estadual dentro do seu Pros, Cid não tem forças para colocar um "Leonidas" ou um "Veveu" em seu lugar, como fez em seu feudo sobralense. Para vitaminar a chapa do Pros terá que sacrificar o incendiário irmão Ciro Gomes como candidato ao Senado, renunciando ao cargo no próximo dia 5. Ciro também já tinha dado declarações fortíssimas na imprensa contra o Congresso Nacional e também dissera que era "candidato a nada".

Apesar dos afagos da Presidente Dilma, Cid carrega o fardo de não ter mais mandato a partir do 1º de janeiro de 2015. Dentro do seu quintal encontra resistências do Vice Governador Domingos Filho que não quer renunciar junto com ele.
E agora vem o PT de Guimarães e de Luizianne, antes antagonistas, se aproximam em nome do fortalecimento do PT.  No final de semana no encontro regional ficou fechado que o PT quer o Senado, mas deixou em aberto a possibilidade de lançarem um candidato ao Governo.

Nesse sarapatel todo, bateu até já um desespero. Vazou na imprensa da capital que Cid Gomes, via Roberto Cláudio, já sodou fazer uma bizarra aliança com o Senador Tasso Jereissati e lança-lo como candidato ao Senado junto com Leonidas Cristino ao Governo.
A semana promete.

quarta-feira, março 26, 2014

CID SINALIZA QUE PROS PODE ABRIR MÃO DE CANDIDATURA AO GOVERNO

Presidente do Grupo de Comunicação O POVO, jornalista Luciana Dummar, recebeu ao governador Cid Gomes a medalha em homenagem ao pai dela, Demócrito Dummar
Cid em solenidade ontem em Fortaleza
Caso Ciro Gomes aceite concorrer ao Senado, a tendência é que o candidato apoiado por Cid Gomes (Pros) ao Governo seja de outro partido da base aliada. A afirmação foi feita pelo governador na noite de ontem, durante cerimônia de entrega da Medalha da Abolição. Os homenageados foram o jornalista Demócrito Dummar (in memoriam), presidente do O POVO de 1985 a 2008, o empresário Airton Queiroz, chanceler da Universidade de Fortaleza e diretor executivo do Grupo Edson Queiroz, e o artista plástico Sérvulo Esmeraldo. 

A honraria é concedida pelo governo anualmente, e visa homenagear cearenses que contribuem para o crescimento do Estado. A medalha é entregue em 25 de março, em alusão ao pioneirismo cearense na abolição da escravidão em 1884 - quatro anos antes do resto do Brasil. 

Na cerimônia de ontem, ainda ecoava o burburinho depois que o governador admitiu, na véspera, a possibilidade de renunciar em abril para permitir que Ciro seja candidato. “Se há uma decisão do Ciro, que é do Pros, em ser candidato a senador, que é um dos três cargos majoritários, não é razoável que o Pros tenha outro cargo majoritário, quer seja governador ou vice-governador”, disse Cid, citando PT, PMDB, PDT e PCdoB como siglas que poderiam indicar nomes. 

Ainda segundo o governador, a candidatura do irmão ao Senado depende somente do próprio Ciro. “Se o Ciro desejar ser candidato ao Senado, eu tenho de renunciar ao governo. Se ele não quiser, ficarei até o final (...). Vai haver muita pressão sobre ele, e ele vai definir se vai ou não. A primeira posição dele foi de não ser, mas tem muita gente ponderando que o Ceará precisa de uma presença forte no Senado”, disse. 

Eunício e PT
A fala de Cid tanto alimenta o desejo de Eunício Oliveira (PMDB) disputar o governo com apoio do Palácio da Abolição quanto fortalece setores do PT que defendem candidato próprio. Na noite de ontem, no entanto, o governador evitou antecipar mais indicações.

“A única coisa que tem de ser decidida agora é a candidatura do Ciro, por conta dos prazos. Tudo mais pode ficar para junho, o que é melhor, porque temos demandas do Estado”, disse Cid, afirmando que se reunirá com o peemedebista nesta sexta-feira.

Presente no evento de ontem, Eunício evitou comentar possível renúncia de Cid. Ele reforça que o PMDB priorizará manter unidade da base aliada de Dilma Rousseff (PT) no Estado, mas não nega interesse em ter candidato à sucessão. 

O deputado Camilo Santana (PT), frequentemente cotado como candidato do PT ao governo, também evitou comentar o assunto. Segundo ele, posição do partido é conduzida por José Guimarães (PT), que hoje defende candidatura do PT ao Senado. 

BASTIDORES
Após término da cerimônia, Cid Gomes e Eunício Oliveira se cumprimentaram no cerimonial do Palácio da Abolição. Cortesia entre os dois foi bastante breve, sem muitos sorrisos, e teve direito a cochichos mútuos de ouvido. 

O presidente da Assembleia Legislativa e pré-candidato ao governo, Zezinho Albuquerque (Pros), chegou ao evento junto de Cid e dos homenageados. O vice-governador do Estado e também pré-candidato, Domingos Filho (Pros), chegou alguns minutos antes. 

Eunício Oliveira chegou ao evento depois do início da cerimônia, durante entrega da primeira homenagem, e sentou ao lado do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros). Ele disse que estava em Brasília, onde trabalhou no sentido de inviabilizar instalação de CPI contra o governo Dilma Rousseff. 

Estiveram presentes diversos representantes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Ministério Público do Estado (MP-CE) e Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE).
Fonte: O POVO

Petrobras - AÉCIO NEVES E EDUARDO CAMPOS ARTICULAM CPI CONTRA DILMA

Pré-candidatos da oposição à Presidência da República unem forças, aprovam ida de presidente da estatal e ministro de Minas e Energia a comissões temáticas, obtêm assinaturas no Senado suficientes para investigação e agora travam batalha na Câmara

Brasília - A estratégia conjunta de não-agressão na campanha eleitoral firmada entre os pré-candidatos a presidente da República, senador Aécio Neves (PSDB), e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), foi transformada nesta terça-feira, 24, em uma outra aliança, desta vez no Congresso, para viabilizar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar irregularidades na Petrobrás.

Ao final desta terça, a oposição já tinha as 27 assinaturas de senadores necessárias para instalar a comissão mista, com trabalho conjunto entre Senado e Câmara. Além dos 11 senadores do PSDB, os quatro do PSB, quatro do DEM, um do SDD e um do PSOL, só foi possível obter o número mínimo após a adesão de senadores da base, como Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Pedro Simon (PMDB-RS), Pedro Taques (PDT-MT), Ana Amélia (PP-RS), Cristovam Buarque (PDT-DF) e Sérgio Petecão (PSD-AC).

As negociações em curso para a formação dos palanques eleitorais em seus Estados foi um elemento fundamental para a adesão. Taques, por exemplo, deve ser o candidato a governador que dará palanque a Campos no Mato Grosso. Ana Amélia, por sua vez, caminha para fechar com o PSDB e dar palanque a Aécio no Rio Grande do Sul. O partido de Cristovam, o PDT, negocia com o PSB uma candidatura contrária ao PT no Distrito Federal.

Mas o que mais pesou foi o interesse dos dois principais candidatos de oposição em desestabilizar a presidente Dilma Rousseff a poucos meses do início da campanha eleitoral. Aécio, após se reunir à tarde com lideranças da oposição na Câmara e no Senado deixou claro esse interesse, ao mencionar a possibilidade de a própria Dilma comparecer para depor. "Queremos trazer o senhor (Nestor) Cerveró, o diretor Paulo Roberto (Costa), o ex-presidente da empresa (José Sérgio Gabrielli) e até a própria presidente da República, se achar necessário, que venha aqui também prestar esclarecimentos. É o que queremos". Também falou sobre a importância do PSB no processo: "A colaboração do PSB para alcançar a adesão necessária é indispensável".

De São Paulo, onde participou de um evento, Campos orientou parlamentares do PSB que deveriam assinar qualquer proposta: CPI, CPMI, requerimento, tudo o que fosse possível para desgastar a imagem de "boa gerente" de Dilma. Ligou para o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) e disse que havia se convencido da necessidade de aderir ao movimento dada "a gravidade da situação".

Convites. O efeito foi imediato. Já pela manhã, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), principal aliado de Campos no Senado, conseguiu aprovar na Comissão de Meio Ambiente e na de Assuntos Econômicos, requerimentos de convite para que a presidente da Petrobrás, Graça Foster, e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, compareçam à Casa. Foster para falar sobre Pasadena, e Lobão para discorrer sobre problemas no setor de energia do País.

A opção preferencial por uma CPI mista foi definida à tarde por Aécio na reunião com lideranças da oposição. O motivo é que seria improvável conseguir abrir uma CPI exclusiva na Câmara, tendo em vista que a lista de requerimentos para instaurar uma comissão na Casa é extensa e não há disposição do presidente, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), em furar essa fila.

"Já tem o Ministério Público, o Tribunal de Contas e a Polícia Federal investigando. Nunca tantos órgãos investigaram ao mesmo tempo uma matéria como esta. Então, agora é aguardar essa apuração. Uma CPI meramente para atear fogo em questões políticas em ano eleitoral, eu acho que não é a vontade do País", disse ele nesta terça pela manhã. Já uma CPI exclusiva do Senado teria de ter o aval do presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL), que já declarou, na semana passada, ser contrário a ela.

Com as 27 assinaturas do Senado asseguradas, o objetivo nesta quarta é conseguir fechar as 171 assinaturas mínimas de deputados necessárias para que o requerimento seja apresentado. A tarefa de coleta na Câmara cabe a quatro partidos: PPS, PSDB, DEM e PSB. Até o fechamento desta edição, faltavam aproximadamente 50 deputados para completar o número obrigatório e muitos oposicionistas sequer haviam assinado.

A expectativa é de que o número será obtido e também com a ajuda da base aliada. 
Fonte: Folha de São Paulo

terça-feira, março 25, 2014

PROVÁVEL RENÚNCIA DE CID CAUSA MAL ESTAR NO PT

Guimarães que pretendia ser apoiado por CId ao Senado, é o mais prejudicado

O governador Cid Gomes (Pros) afirmou ontem que levará aos aliados a hipótese de que ele renuncie ao cargo ainda nas próximas semanas. A ideia é garantir viabilidade legal do irmão Ciro Gomes (Pros) na eleição deste ano. A declaração agitou bastidores do PT, fortalecendo tese de candidatura própria entre petistas.
“A hipótese de renúncia será colocada a um coletivo, não para uma candidatura própria minha, mas para que a gente tenha o Ciro como alternativa ao Legislativo”, disse Cid. Apesar disso, o governador destaca que decisão não será tomada sozinha.

“Nunca foi meu estilo tomar decisões sozinho, vou apresentar a hipótese de renúncia, pesar prós e contras. (...) Sou capaz de colocar acima do meu interesse pessoal o interesse coletivo”, diz, destacando PT como “aliado prioritário” no processo.
O governador disse ainda necessitar de “uma pausa” em sua militância política, afirmando que não pretende disputar eleição neste ano. “O Ciro é um quadro que tem de estar disponível”, defendeu. Apesar do apoio do irmão, Ciro negou ter interesse em concorrer a qualquer cargo.

PT NO GOVERNO
Na manhã de ontem, membros de seis correntes do PT se reuniram com Cid para debater sucessão. Se antes apenas grupo de Luizianne Lins defendia candidato petista ao governo, possibilidade da renúncia já fez três outras correntes demonstrarem interesse em discutir candidatura do PT à sucessão estadual. 

“Não se pode fechar a possibilidade de o PT disputar pelo Governo. Até porque, se o Cid sai para o Pros reivindicar o Senado com o Ciro, porque o PT não pode sugerir nomes para o Governo?”, questiona o vereador Acrísio Sena. As correntes lideradas pelos deputados Artur Bruno e Francisco Pinheiro defenderam a mesma posição.

Há pouco mais de um mês, porém, os três participaram de manifesto contrário à candidatura própria. “Fomos contra lá, mas agora há nova realidade. Inclusive com possibilidade de construir unidade com Camilo Santana (deputado) ou Nelson Martins (secretário)”, diz Acrísio.

Líder do grupo majoritário e pré-candidato a senador, José Guimarães minimizou fala do correligionário. “Meu grupo defende candidatura do PT ao Senado, mas isso só será discutido no encontro do dia 29. Até lá, fica certa unidade pela aliança”. Os grupos de José Airton e Ilário Marques também fecham com Guimarães.

Já o senador Eunício Oliveira (PMDB), que tenta se viabilizar ao governo, afirmou desconhecer renúncia de Cid e diz que se reunirá com o governador ainda esta semana para discutir eleição. 

ENTENDA A NOTÍCIA
Segundo decisão do TSE de 2005, candidatura de Ciro só é possível caso Cid se afaste do cargo até 5 de abril, seis meses antes da eleição. Lei Complementar 64/1990 proíbe que parentes de Cid se candidatem no Estado, salvo caso de reeleição. Mesmo com renúncia de Cid, seus parentes não podem se candidatar ao cargo de governador do Ceará.
Fonte: O POVO

EX-VEREADOR ADERE AO GRUPO POLÍTICO DO PREFEITO

"DOIDO PELA LIBERDADE"
Apesar de sofrer pesadas críticas de pessoas próximas sobre a vinda de oposicionistas para o seu grupo político, o Prefeito Sergio Rufino continua se fortalecendo e de braços abertos para aqueles que querem pertencer a Liberdade. A adesão de antigos eleitores e colaboradores que antes davam suporte político ao ex-gestor Sávio Pontes, tem virado uma marca política do prefeito de Ipu.
Na última sexta (21), o ex-vereador Raimundo Mororó, também conhecido como "Raimundo Doido" e que era conhecido com um grande defensor da Administração Novo Tempo de Sávio Pontes oficializou sua adesão ao grupo politico do Prefeito. O local foi em um evento municipal no Distrito de Abílio Martins. Raimundo fez, como de praxe, um eloquente e emocionado discurso.

História
Raimundo Mororó Passos começou sua carreira política em Pires Ferreira, ex-distrito de Ipu, quando foi eleito vereador e primeiro presidente da Câmara Municipal daquela cidade entre o anos de 1989 e 1990.
Voltou a política em 2008 quando ficou na suplência de Vereador pelo PTB ao obter 668 votos. Em 2010 foi "cooptado" por Sávio Pontes que tratou de arranjar uma cadeira no legislativo para Raimundo. Em 2012 se candidatou a reeleição pelo PMDB de Sávio Pontes, mas com problemas de filiação partidária teve que desistir. 
Fotos: Ipunotícias.com 

Água e Luz - ADRIANO MELO DENUNCIA DESCASO DO EXECUTIVO COM AS REIVINDICAÇÕES DOS MUNÍCIPES

O vereador Adriano Melo fez uma espécie de desabafo na sessão ordinária da Câmara Municipal de Ipu, na quinta feira passada.
O parlamentar municipal de atuação destacada pela lucidez que coloca os assuntos em todas as sessões da casa legislativa, reclamou diretamente à mesa diretora: " Os assuntos não fluem, as coisas não acontecem. Não entendo porque a mesa diretora vem acumulando os projetos. Ipu precisa avançar." Disparou o edil.

Adriano Melo falou da redundância dos assuntos nas sessões. Exemplificou: O problema da dengue que vem se alastrando em ipu, e não se tem uma resposta clara e objetiva do poder público municipal, iluminação pública; praças às escuras, logo logo todo o parque de iluminação será de exclusiva responsabilidade da prefeitura. Outra situação levada à Câmara; a insatisfação dos servidores públicos com a não atualização dos salários, providência já muito esperada por esses funcionários dos quadros de trabalhadores efetivos da Prefeitura Municipal de Ipu.

"Palavras jogadas ao vento, não recebemos respostas efetivas, não há um cumprimento legal do regimento interno da casa, tem sido infrutífero os trabalhos na Câmara Municipal de Ipu." encerrou assim o seu discurso em tom incisivo o vereador Adriano Melo.
Abaixo o áudio do discurso do vereador Adriano Melo:
                              
Fonte: REPÓRTER FRANCISCO JOSÉ

CIRO NEGA CANDIDATURA AO SENADO, MAS CID DIZ QUE RENUNCIA POR ELE

GOVERNADOR CONFIRMA QUE VAI BUSCAR CONVERSAR 
COM EUNÍCIO NOS PRÓXIMOS DIAS

O Governador Cid Gomes (PROS) encerrou a reunião do Mapp, no final da tarde ontem (segunda-feira), dando mais uma sinalização de que deixará o cargo para disputar as eleições deste ano. 
O encontro, que reuniu secretários e dirigentes de órgãos da administração estadual, talvez tenha sido o último comandado pelo governador Cid Gomes. Como antecipou nosso Blog.

A decisão sobre a desincompatibilização ainda não está tomada, mas, aos aliados mais próximos, Cid transmite o sentimento de que precisa deixar o cargo para ficar livre e concorrer, em outubro, ao Senado. O irmão Ciro, Secretário de Saúde, também, irá se desincompatibilizar.

Em meio a muitas especulações, Cid diz que não quer  disputar mandato nas eleições deste ano, mas as circunstâncias políticas – com as brigas, conflitos e desafetos colecionados ao longo de oito anos e principalmente o medo, o obrigam a ter o mandato parlamentar. Seja como Senador ou deputado federal. O mais provável é que Cid Gomes trilhe o caminho do Senado e, nesse cenário, uma novidade: o irmão, Ciro, que diz também não ser candidato a nada, seria primeiro suplente de Cid.

REAÇÃO DO PT 
Uma parte do PT , diga-se Jose Airton e o cacique José Nobre Guimarães, estiveram ontem reunidos rapidamente com Cid. Apesar de Guimarães não abrir mão de ser o candidato ao Senado do PT, sentiu o golpe bem como viu que Artur Bruno e Francisco Pinheiro tentam desqualificar suas pretensões colocando nota na imprensa que o PT quer qualquer cargo majoritário e que isso não significa dizer que tem que ser o Senado. 

FINAL DE SEMANA PROMETE
A semana ainda está começando, mas será no final de semana que as grandes decisões serão tomadas. Cid anunciou que buscará Eunício para uma conversa. Por outro lado o PT promoverá um encontro estadual no sábado.

DEFINIDO E INDEFINIDO
Certeza mesmo é que Cid vai renunciar e que o Pros terá candidato, saindo cotados Zezinho-Domingos-Izolda. Existe uma pequena chance do PT lançar Camilo Santana com o apoio dos Ferreira Gomes e uma remorta possibilidades do governador apoiar Eunício.

                           

                            

segunda-feira, março 24, 2014

SEM PRESTÍGIO, RADIALISTA RECLAMA DO DESPREZO DOS "COLEGAS"

É público e notório a troca de farpas entre o exótico radialista Rogério Palhano e os blogueiros Afrânio Soares (Assessor de Imprensa da Prefeitura Municipal de Ipu) e Luiz Fernando Lopes (Blog Netcina).

O radialista, que por diversas vezes já provocou e atacou os dois blogueiros, tem em Luiz Fernando Lopes o seu maior algoz, pois este parte pra cima e revida as provocações e ataques feitos por Palhano, tendo inclusive, por diversas vezes, desmoralizado Palhano no Blog Netcina. Numa demonstração destemida, Luiz já chegou a ligar para o programa do radialista e, ao vivo, chamou Palhano de “covarde”. O episódio deixou Palhano completamente descontrolado e o fez cair no chororô durante o programa oficial de prefeitura de Ipu.

Agora o chororô do radialista é por conta da desatenção e desprezo que os Blogs Netcina e Aconteceu Ipu (Afrânio Soares) estão dando ao seu programa, pois mesmo fazendo ataques aos dois, Palhano quer ter suas matérias e entrevistas divulgadas por eles. É meio sem noção esperar a divulgação nos dois Blogs.

O mais curioso desta quizomba toda, é que mesmo o Assessor de Imprensa da PMI não comparecendo aos estúdios da emissora Fm Cidade, as entrevistas do Programa Oficial da Prefeitura de Ipu são reprisadas no Site Oficial de Prefeitura, que é administrado por Afrânio Soares. Por tanto, todo esse chororô do radialista é devido à ausência da grata presença do Assessor de Imprensa da PMI nos estúdios da emissora.

Em seu último chororô, o radialista publicou em seu Blog falando da entrevista do Prefeito Sérgio Rufino realizada neste último sábado (22-03-2014), na Vox Fm de Ipueiras. Palhano destacou a presença de Afrânio Soares nos Estúdios daquela emissora. Confira o texto com o chororô do radialista: “DIFERENTE DE QUANDO CONCEDE ENTREVISTA NA FM CIDADE, DURANTE TODA SEMANA FOI DIVULGADA A PRESENÇA DO PREFEITO SÉRGIO RUFINO NA VOX FM. (...) OUTRO FATO QUE MOSTRA UMA NOVA ETAPA DAS ENTREVISTAS DO PREFEITO, FOI A PRESENÇA DE SUA ASSESSORIA DE IMPRENSA QUE NUNCA COMPARECEU AS ENTREVISTAS DA EQUIPE DO PREFEITO EM IPU.”
                                                

CID COLOCA EM PAUTA SUA RENÚNCIA

O governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), afirmou que levará aos aliados políticos a opção de ele renunciar ao cargo de chefe do executivo para disponibilizar, legalmente, o nome do irmão Ciro Gomes para disputar as eleições de 2014. Nesta segunda-feira, Cid realizou a primeira reunião do ano do secretariado, para avaliar ações do Monitoramento de Ações de Projetos Prioritários (MAPP). O evento aconteceu no pavilhão da Residência Oficial.

“A hipótese de renúncia será colocada a um coletivo, não para uma candidatura própria minha, mas para que a gente tenha o Ciro como alternativa”, disse o governador, referindo-se ao irmão, atual secretário da Saúde do Estado. Para Cid, Ciro pode disputar “cargo Legislativo”. Mesmo assim, o governador destacou que não tomará decisão sozinho nem deixará de analisar os prós e contras. 

Segundo Cid, as prioridades em relação às eleições de 2014 são a reeleição de Dilma e a manutenção do projeto político estabelecido pelo seu governo. Apesar de não confirmar que vai renunciar, ele diz que está disposto a abrir mão dos próprios interesses. “Sou capaz de colocar acima do meu interesse pessoal o interesse coletivo. Na minha vida pública, estou sempre nessa premissa”, frisou o governador. 

BID
O governador reforçou que não tem planos de ser candidato e que o objetivo continua sendo o de trabalhar no Banco Interamericano Mundial (BID). “Estou necessitando de uma pausa na minha militância política”, pontuou. No entanto, ressaltou Cid, isso não significa se afastar da vida publica já que vai para uma instituição que trata sobre políticas públicas. 

Normas eleitorais
Cid Gomes tem até o dia 5 de abril para deixar o cargo no Executivo se tiver interesse em disputar as eleições de 2014. A regra está prevista na Lei de Inelegibilidades (Lei Complementar nº 64/1990), norma que estabelece os prazos para que agentes públicos saiam do governo para não ficarem inelegíveis.
Fonte: O POVO

SERGIO RUFINO CONCEDE ENTREVISTA A VOX FM DE IPUEIRAS

DIFERENTE DE OUTRAS ENTREVISTAS EM RÁDIOS DE IPU, DESSA VEZ O PREFEITO FOI PROVOCADO PELO APRESENTADOR A FALAR DE QUESTÕES POLÍTICAS LOCAIS 
Prefeito de Ipu e sua comitiva
O Prefeito de Ipu Sérgio Rufino foi o grande entrevistado neste sábado (22-03-2014) no Programa Personalidades tão bem apresentado pelo radialista Max Weber na Rádio Vox FM 97,7, em Ipueiras. Fizeram-se presentes acompanhando o prefeito, a vereadora Arlete Mauricéia e seu esposo; Chefe de Gabinete Sebastião Rufino; Secretário de Esporte de Ipu, ver. Manoel Palácios; vereador Dr. Alberto Martins; o empresário Edvaldo e o amigo particular do prefeito, João Timbó.
O Portal de Notícias Aconteceu Ipu esteve presente registrando toda a cobertura da participação do Prefeito, aproveito aqui para agradecer a direção da emissora pelo convite de sermos parceiros, em nome do Denis Paiva, Edilson Sales e o radialista Max Weber pela maneira amigável e carinhosa com o Portal de Notícias Aconteceu Ipu em nome do seu editor, Afrânio Soares.

O Prefeito foi indagado sobre realizações na saúde, educação, infraestrutura, ação social e política.

Sobre política, o prefeito falou sobre a política de agregação, sobre as contas da ex-prefeita Corrinha Torres e da ex-gestão Sávio Pontes. A entrevista foi muito bem conduzida pelo radialista Max Weber que soube muito bem focar o lado político e a opinião própria do Prefeito Sérgio Rufino como político e como cidadão ipuense. Acompanhe os bastidores da visita do prefeito e sua comitiva, em imagens no slide especial de bastidores, e o áudio da entrevista imperdível.
                           
FONTE: AFRÂNIO SOARES ( Blog Aconteceu Ipu)

De olho na Presidência - VEREADORA ARLETE SE DEFENDE DE CRÍTICAS

É inegável que dos "arautos da Liberdade" que aí estão, a Vereadora Arlete juntamente com o Vereador Alberto Martins, são os únicos que verdadeiramente tem moral para questionar "os desmandos da gestão passada". Estes sim, foram sempre oposição e nunca estiveram se beneficiando em nada da administração de Sávio Pontes.
Mas a ex-combativa edil perdeu seu brilho nessa legislatura. Cotada moralmente para ser a próxima presidente da Câmara, Arlete segue bem comportada aos olhos do Prefeito com seus discursos repetitivos na Câmara, sendo cada vez mais questiona por muitos daqueles que acreditavam que a mesma mostraria altivez em sua nova legislatura mesmo sendo situacionista. Questões trabalhistas e educacionais do município, para muitos, não tem sido dada a devida atenção pela vereadora.
Nas última sessões da Câmara, Arlete tem usado a tribuna para justificar sua postura de defesa da atual gestão. Nota-se que a edil busca se auto-justificar em meio a críticas dos seus eleitores.
Por outro lado, essa fidelidade da parlamentar aos Rufinos tem causado uma ciumeira enorme entre alguns vereadores que também sonham com a presidência da Câmara.

CID OU CIRO? QUAL DOIS DOIS SERÁ CANDIDATO AO SENADO?

ANÚNCIO DA RENÚNCIA DE CID PODE ACONTECER NOS PRÓXIMOS DIAS
O nosso humilde Blog foi um dos primeiros do Ceará a divulgar a possibilidade de Cid Gomes renunciar até o dia 05 de abril para viabilizar uma possível candidatura sua ao Senado, o que poderia qualificar a candidatura de Domingos Filho pelo Pros ao Governo.
Mas nos bastidores o efeito Eunício, o medo de Tasso e o interesse de colocar Izolda Cela ou Zezinho Albuquerque como candidato, anda agitando o clã dos Ferreira Gomes fazendo com muitos dos planos anteriores seja refeito.
Cid na semana passada tentou emplacar Domingos Filho como Ministro. Dizem que num primeiro momento a coisa não fluiu como ele pensava, mas a ideia ainda não morreu. Cid quer "premiá-lo" se não agora, no início de um possível segundo governo Dilma.
Pressionado pelos correligionários, Cid tenta passar a bola para o irmão como candidato ao Senado. A ideia seria fortalecer a chapa do Pros e continuar dando visibilidade ao clã em Brasília, e de quebra sepultar de vez Tasso Jereissati e complicar o líder das pesquisas Eunício Oliveira. 
O jogo tá acontecendo e estamos chegando nos decisivos 30  minutos do Segundo Tempo.

DILMA ESTÁ NO CENTRO DO ESCÂNDALO NA PETROBRAS

EX-PRESIDENTE FHC DEFENDE ABERTURA DE CPI
Charge
A quase seis meses das eleições, a compra da refinaria de Passadena, nos EUA, tornou-se a pauta da oposição ao governo Dilma Rousseff (PT). Ontem, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) decidiu apoiar a criação de uma comissão parlamentar de inquérito para investigar o negócio fechado pela Petrobras em 2006.

Em nota divulgada ontem, ele afirmou que o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), pré-candidato à Presidência, deve conduzir o tema em nome do PSDB.

A decisão foi tomada após a revelação de que a presidente admitiu que desconhecia detalhes do negócio, como uma cláusula que obrigava a estatal a comprar os 50% restantes da refinaria, se assim quisesse a sócia no empreendimento, a belga Astra.

A base aliada trabalhará para abortar a tentativa da oposição de instalar a CPI às vésperas das eleições. Liderados por Aécio, oposicionistas reúnem-se amanhã para decidir como trabalharão para criar a Comissão. Para aliados de Dilma, a oposição quer palanque com a CPI.

Um dos vice-presidentes do PT, o deputado federal André Vargas (PR), afirmou que não há um fato novo para justificar uma investigação parlamentar. "A oposição está radicalizando o discurso porque não consegue emplacar seus candidatos", disse André Vargas.

O líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), disse que a oposição quer "politizar" e "partidarizar" a Petrobras.

Ele disse que o Tribunal de Contas da União (TCU), a Controladoria-Geral da União (CGU), o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) já investigam supostas denúncias de irregularidades envolvendo a estatal. O senador Eduardo Braga ressaltou que as conclusões da CPI serão encaminhadas para o próprio Ministério Público.

ENTENDA A QUESTÃO QUE ENVOLVE A PRESIDENTE NESSE ESCÂNDALO 
Dirigentes da Petrobrás afirmam que, como presidente do Conselho de Administração da estatal, Dilma Rousseff tinha acesso a todos os documentos produzidos sobre a refinaria de Pasadena, incluindo pareceres jurídicos, antes de dar seu voto pela aprovação da polêmica compra da planta no Texas, nos Estados Unidos. 

A presidente da República justificou em nota oficial que só aprovou a compra de 50% da refinaria americana em 2006, quando exercia o posto de chefe da Casa Civil durante a gestão do ex-presidente Lula e comandava o conselho, porque recebeu "informações incompletas" e uma "documentação falha". Se tivesse todos os dados, disse a petista na nota, "seguramente" a compra da refinaria não seria aprovada. O caso foi revelado pelo jornal O Estado de S.Paulo. 

O negócio de Pasadena é investigado pela Polícia Federal, Ministério Público, Tribunal de Contas da União e uma comissão externa da Câmara por suspeita de superfaturamento e evasão de divisas. A oposição a Dilma no Congresso tenta também aprovar uma CPI sobre o caso.

Dilma afirmou nessa nota que, se soubesse de cláusulas como a que obrigava a Petrobrás a comprar o restante da refinaria em caso de desentendimento com a sócia, não teria chancelado o negócio, que custou 1,18 bilhão de reais aos cofres da estatal.

História - GOLPE MILITAR QUE DEPÔS JOÃO GOULART COMPLETA 50 ANOS

No próximo dia 31 de março estará completando 50 anos da deposição do presidente João Goulart. Um Golpe militar apoiado por setores conservadores da sociedade foi responsável pela retirado do presidente do poder. Dali em diante, o Brasil entraria na ditadura militar comanda por Generais do Exército que duraria até o ano de 1985.

"Jango", como era chamado, assumira o poder em setembro de 1961 após a irresponsável renúncia do presidente Jânio Quadros. Depois de assumir com poderes limitados devido a introdução do sistema parlamentarista por congressistas que o temiam "por ser de esquerda", um plebiscito em janeiro de 1963 lhe deu de volta o efetivo comando do Executivo extinguindo o cargo de Primeiro Ministro. 

Pressionado pela sociedade civil e adotando medidas progressistas, Goulart anunciou um conjunto de reformar em 13 de março de 1963. Essas medidas, conhecidas como Reformas de Base, as quais continha a polêmica reforma agrária e o controle dos lucros da empresas estrangeiras, serviram de motivação para a deposição do presidente. 

Sem força no Congresso com seu pouco consistente PTB e questionado devido a onda de greves que o país passava, João Goulart aceitou o Golpe e se exilou no Uruguai.
--------------------------------------------------------------------------------------
LEIA MATÉRIA RELACIONADA CLICKANDO ABAIXO:



quinta-feira, março 20, 2014

DILMA "FLOR" NO CEARÁ E SEUS DOIS MARIDOS !!!!!!!!!!!!

Charge

CONHEÇA CHICO ANTONINO E O TRIO FULEIRAGEM, A SENSAÇÃO MUSICAL DO MERCADO PÚBLICO DO IPU

                               
No Mercado Público da cidade de Ipu você encontra de tudo em uma passagem por lá o radialista Junior Ximenes encontrou um trio de músicos que se intitulam pelo nome de "Trio Fuleragem". 
Na verdade é uma reunião de amigos que se unem para fazerem o que gostam que é animar quem passa pelo mercado com uma boa música. O ponto de encontro dos músicos é no Box do Senhor Chico Antonino que vende instrumentos musicais dentro do Mercado Público de Ipu.  Box apelidado pelo músico e proprietário de "Quintana da Música".
O "Trio Fuleragem" é composto pelos músicos: Chico Antonino (Pandeiro), "Delegado" (Zabumba), Gonzaga Cachaça (Violão) e Chaga Cachaça (Triângulo). 

Fonte: Blog do Junior Ximenes (Via Ipunoticias.com)

quarta-feira, março 19, 2014

O marido: IZOLDA CELA ESTÁ PREPARADA PARA SER GOVERNADORA DO CEARÁ, DIZ VEVEU

Em entrevista a FM Paraíso hoje pela manhã no programa Izaías Nicolau o prefeito de Sobral, Veveu Arruda(PT), falou sobre a possibilidade de sua esposa Izolda Cela, atual Secretária de Educação do Ceará, ser a candidata do Pros ao governo do Estado. Veveu falou que ela foi de fato sondada para assumir o Ministério da Educação, mas o seu compromisso com o Ceará a impossibilitou de deixar a ideia ser levada adiante.
Sobre a recente manifestação do Dep. Ivo Gomes, irmão do governador Cid, de que Izolda seria o nome ideal para ser a candidata do Pros em 2014, o chefe do executivo sobralense disse que isso era produto do trabalho feito por sua esposa no Governo do Ceará. Mas Veveu fez questão de enfatizar que isso era apenas uma opinião pessoal de Ivo.
Veveu disse que Izolda não faz nenhum movimento político e que sua ação é mais voltada para a gestão. Mas instigado pelo radialista Nicolau, sobre a possibilidade da candidatura, Vveu afirmou incisivamente que Izolda está preparada para assumir o governo do Ceará.

Crítica à Dilma: DEPUTADOS TROCAM INSULTOS NA ASSEMBLEIA

Deputada Rachel Marques foi uma das defensoras da visita da presidente que condenaram as manifestações de alguns dos seus colegas de oposição. Ela mostrou uma página do Diário do Nordeste, edição de ontem, com destaque para as providências oficiais que serão anunciadas hoje para o Ceará
Em meio à troca de acusações, deputados chegaram a chamar uns aos outros de vendedor de cavalo e até retardado.

Os dias que antecedem a visita da presidente Dilma Rousseff ao Ceará sempre são repletos de tensão entre opositores e governistas na Assembleia Legislativa do Estado. Na sessão ordinária de ontem, não foi diferente, e em meio a troca de acusações, os parlamentares chegaram a chamar uns aos outros de "vendedor de cavalo" e até "retardado".

O momento de maior tensão entre os pronunciamentos feitos durante a plenária de ontem, foi quando o deputado Idemar Citó (DEM) chamou a chefe do Poder Executivo de "mentirosa", afirmando que ela, assim como o ex-presidente Lula prometeram obras para o Estado que não foram concluídas. Em respostas aos insultos do democrata, o petista Professor Pinheiro disse que chamar a presidente de mentirosa era coisa de "vendedor de cavalo". Se sentindo ofendido, Citó chamou por duas vezes o colega de "retardado".

Durante todo o dia de sessão, os discursos foram, praticamente, os mesmos. Enquanto Idemar Citó, Fernando Hugo (SDD) e outros criticavam a primeira visita da presidente neste ano, cabia aos petistas presentes fazer a defesa de sua gestão.

Cuba
"Quantas e quantas vezes discuti, debati e falei insistentemente sobre a inauguração do canal da Transposição de Águas do Rio São Francisco. A siderúrgica só veio graças as mirabolantes tentativas do governador Cid Gomes por sua conta em risco. A presidente Dilma tem mesmo que vir aqui para dizer que as obras estão no Estado. Mas o que eu cobro é que o que ela já gastou de gasolina para vir para cá daria para fazer outras tantas coisas", disse Fernando Hugo.

Ele lembrou ainda da prioridade do Governo do Estado, que destinou R$ 2 bilhões para porto em Cuba em detrimento a obras de menor gasto para o Ceará. "Qualquer outra obra que faça o gol na história econômica do Ceará não vem", reclamou.

O deputado João Jaime (DEM) disse que quem fez parte da comissão Especial da Seca sabe que desde abril do ano passado o secretário de Desenvolvimento Agrário (SD), Nelson Martins, repete os programas que estão sendo colocados pela presidente Dilma Rousseff como novidade. "É o mesmo programa que ela anunciou quando esteve aqui no ano passado", denunciou.

O democrata ressaltou também que os carros-pipa estão no pátio da SDA há mais de 40 dias, esperando a vinda da presidente. "Se estamos em um estado de emergência, assim que eles chegaram no Estado do Ceará, era para ser destinado para as prefeituras. Isso é política. Nós não temos ainda por parte do Governo do Estado um programa de economia de água. Precisamos dizer à população que a água está acabando", salientou.

Intervenções
Camilo Santana (PT), em contrapartida, reclamou que o PSDB não fez a Refinaria e nem a Transposição de Águas do Rio São Francisco, e somente agora o Partido dos Trabalhadores vem trabalhando nestas intervenções, umas já em andamento. Ele chegou a chamar de desrespeito as críticas feitas por Fernando Hugo ao Governo Dilma. Quanto a isso, o opositor disse que "desrespeito é a presidente Dilma Rousseff sair de Brasília para vir mentir aqui no Ceará. Eu pago os meus impostos, deputado Camilo Santana".

Segundo Santana, a presidente irá participar de dois eventos, um em Fortaleza e outro no Interior do Estado, em Sobral, para anunciar e entregar ações e equipamentos voltados para a questão da seca e recursos hídricos. "O Governo Federal, diferente das críticas que são feitas nessa Casa, têm trazido para cá muitas ações estruturantes que possam garantir o acesso à água para a população cearense", ressaltou.

Caçamba
A presidente irá entregar 170 máquinas para municípios cearenses, com retroescavadeira, pá carregadeira, um caminhão pipa e um caminhão caçamba. Serão 142 municípios recebendo os equipamentos que pretendem garantir aos municípios que não tinham estes equipamentos para consertar alguns equipamentos importantes no combate à seca. Ela também irá inaugurar, oficialmente, o Eixão das Águas, que segundo o petista, está garantindo o abastecimento de água para toda a Região Metropolitana de Fortaleza.

À tarde, a presidente vai até Sobral para dar a ordem de serviço para o programa Água para Todos, que vai beneficiar 130 municípios, em um investimento de mais de R$ 85 milhões. Também serão liberados 110 projetos São José, que é um empréstimo para beneficiar algumas cidades do Interior do Ceará. A liberação de cisternas de placa e de enxurradas também serão liberadas no pacote de ações de combate à seca.

Títulos de regularização fundiária também serão entregues durante a visita da petista ao Ceará, visando dar o título para agricultores do Estado. O peemedebista Carlomano Marques, em paralelo ao que afirmou Santana, questionou a quantidade de perfuratrizes que virão para o Estado nesta visita feita pela chefe do Poder Executivo. Já Santana afirmou que o mais importante para os municípios cearenses seria a regularização fundiária, pois em 2007, cerca de 75% dos proprietários de terras não tinham o devido documento, o que foi alterado ao longo dos anos.

Água
O deputado Welington Landim (PROS) afirmou que a Transposição de Águas do Rio São Francisco tem dois anos de atraso e a Transnordestina já está atrasada em quatro anos. Landim é um dos mais críticos da obra de transposição de águas em razão do sua demora. Ele foi um dos primeiros deputados a defender o projeto e também, foi um dos que mais criticaram o ex-ministro da Integração Nacional.

A líder do PT, Rachel Marques, também criticou a forma como alguns trataram a visita da presidente e reclamou da fala de Fernando Hugo chamando ele de "desrespeitoso" quando o parlamentar chamou ela de "mentirosa". A deputada exibiu uma página do Diário do Nordeste, edição de ontem, para mostrar aos colegas o que presidente Dilma vem mesmo fazer hoje no Ceará, ressaltando a importância do projeto que trata da democratização do uso da água no Ceará.

A Transposição de Águas do Rio São Francisco tem dois anos de atraso e a Transnordestina já está atrasada em quatro anos.
Fonte: DN

ALIANÇA PSB E REDE LANÇAM PRÉ-CANDIDATURAS NO CEARÁ

A direção estadual do PSB – Ceará, juntamente com a Rede Sustentabilidade, realizará nesta quarta-feira (19), o seu quinto encontro regional, desta vez na Região Metropolitana de Fortaleza. O evento acontece no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza, a partir das 9h.

Durante o encontro, serão apresentadas as diretrizes para o programa de governo estadual e as pré-candidaturas de Nicolle Barbosa ao Governo do Estado, Geovana Cartaxo (representante da Rede Sustentabilidade no Ceará) ao Senado, da deputada estadual Eliane Novais (que concorrerá a uma vaga na Câmara dos Deputados), e do secretário geral do PSB-CE, Jadson Sarto, que disputará uma vaga na Assembleia Legislativa.

O presidente do PSB-Ceará, Sergio Novais, comandará o encontro. Na ocasião será apresentada também a pré-candidatura do presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, à Presidência da República.
Fonte: Cearnews

segunda-feira, março 17, 2014

No Facebook: IVO GOMES DEFENDE CANDIDATURA DE IZOLDA CELA AO GOVERNO

O secretário de Educação da Prefeitura de Fortaleza, Ivo Gomes, declarou publicamente em sua conta pessoal no Facebook, no último sábado, 15, a preferência pelo nome da secretária estadual de Educação, Izolda Cela (Pros), para concorrer ao governo do Estado. 

Após Izolda compartilhar a informação na página do irmão do governador de que alunos da escola pública do município de Iguatu, localizado a 384 km de Fortaleza, foram destaque no vestibular, Ivo foi enfático: "Por essa e muitas outras q vc deve ser nossa governadora" (sic), declarou.

É a primeira vez que um nome ligado a Cid Gomes (Pros) declara publicamente a defesa de um aliado para a sucessão do governador. Especula-se que além da secretária da educação, que recentemente se filiou ao Pros, são cotados os nomes do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, e do deputado estadual Mauro Filho, ambos do Pros. 

Enquanto o senador Eunício Oliveira (PMDB) articula sua candidatura ao governo e a ala ligada à ex-prefeita Luizianne Lins (PT) faz coro pela candidatura própria, Cid ainda não se posicionou publicamente sobre preferência para sua sucessão no Palácio da Abolição. 
Fonte: O Povo

Cuma? VEREADOR MONGA SE ATRAPALHA NA TRIBUNA DA CÂMARA

Faça igual a Didi Mocó - ouçam o rádio no pé do ouvido
Esses vereadores do Ipu não tomam jeito mesmo, continuam levando para o debate em um local tão nobre as querelas e mágoas com a imprensa local. Na penúltima sessão ordinária da Câmara Municipal de Ipu, acontecida na quinta 6 de fevereiro, diversos vereadores fizeram alusão ao natalício de 80 anos do líder político e ex-prefeito de Ipu José Carlos Sobrinho, o Zezé.

No dia seguinte o radialista Hélio Lopes através da rádio Regional de Ipu, emissora fundada por Zezé Carlos, fez severas criticas específicas ao Vereador Carlinhos da Várzea por ter ele sido um dos que elogiou Zezé na sessão legislativa. Hélio disse que Carlinhos fora uma traidor de Zezé e citou episódios recentes da infidelidade política para com o octogenário empresário e sua família. 

O vereador Edvan Peres, o Monga, por sua vez mal assessorado ou quem sabe "pegando corda" na base do ouvi dizer, resolveu na Tribuna da C.M.I. sair em sua defesa pensando que as críticas teriam sido para ele também. Atrapalhado, o edil acabou fazendo uma defesa sua totalmente sem sentido. 
Quem deve ter gostado foi o vereador Carlinhos, pois viu o companheiro entrar na polêmica de graça.

ZÉ MAURÍCIO CONTINUA EM ALTA NA POLÍTICA CEARENSE

O meu amigo cantor, empresário, ex-vereador e amigo da Polícia, José Maurício, anda em alta na política cearense. O "Nêgo Zé Maurício" esteve na última sexta (14) em Crateús ao lado do seu filho e Vereador Eduardo Ximenes em um vento de inauguração do governo do Estado. Depois de estar ao lado do Governador Cid Gomes, Zé Maurício foi puxado pelo braço por vários Deputados que sabem do já comprovado poder de fogo nas urnas ipuenses do ex-edil. 
Assediado mais do que nunca pelos candidatos ao legislativo estadual e federal, o comerciante do ramo de automóveis que é amigo particular do Prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio foi visto conversando em um outro evento recente demoradamente com Leonidas Cristino.
Será se o Zé já tá fechado com o ex-prefeito de Sobral? Ele me contou essa história e no final não me disse nem que sim nem que não.

CAMPOS DIZ QUE DILMA ENTREGA MINISTÉRIOS COMO SE FOSSEM BANANAS OU LARANJAS

Uma semana depois de ter subido o tom nas críticas a Dilma Rousseff, o presidenciável e governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), disse ontem, em viagem pelo interior do Estado, que o governo petista entrega cargos “como se estivesse distribuindo bananas ou laranjas”.

Em discurso durante ato político em Surubim (a 130 km do Recife), o também presidente do PSB afirmou que Dilma “não deu conta de melhorar o país”. “Não podemos deixar que o Brasil derreta na inflação, no populismo, na entrega dos cargos como se estivesse distribuindo bananas ou laranjas”, afirmou o governador.
Na semana passada, também durante viagem ao interior, Campos disse que o Brasil “não aguenta” mais quatro anos de governo Dilma e que a presidente “não sabe de nada”.
Em Surubim, antes de participar de ato para apresentar os candidatos da chapa governista em Pernambuco, Campos disse fazer críticas baseadas “em fatos concretos”.

“A presidenta Dilma recebeu o país das mãos do presidente Lula para melhorar o país e não deu conta de melhorar o país. E nós estamos correndo sério risco de poder desconstruir conquistas que foram feitas com muitas lutas”, afirmou o governador durante entrevista em que foi tratado por blogueiros e jornalistas do município como “futuro presidente”.
“Aqueles ou aquelas que tiveram a chance de fazer e não fizeram, me perdoem, a gente tem que ir para frente”, completou o governador, que foi ministro de Lula (Ciência e Tecnologia) no primeiro mandato do petista.
Já no palanque, Campos voltou a criticar a presidente para uma plateia de cerca de 400 pessoas, segundo a organização do evento, que se reuniu em um clube para acompanhar discursos inflamados dos pré-candidatos. Em sua fala, Campos citou desde o cantor e compositor Gilberto Gil, igualmente ex-ministro de Lula, até o cineasta norte-americano Woody Allen.

Crise com PMDB
Campos também provocou a presidente Dilma Rousseff ao apontar um estranhamento em relação à crise entre o governo federal e o PMDB. “O principal aliado do processo político que levou a presidenta Dilma ao governo foi o PMDB, por escolha dela.” (da Folhapress)

Rachando - PRIMEIRO ESCALÃO DO GRUPO LIBERDADE PRESTIGIA CARAVANA DE DR. LUIZ

Tem gente que diz nas rodas política do Ipu que o Prefeito Sergio Rufino(PCdoB) não tá nem aí para os membros do seu primeiro escalão, agora reforçados por membros da sua assessoria de imprensa, que militam ao lado do governamentavel Eunício Oliveira (PMDB) e de seu homem de confiança em Ipu Dr. Luiz de Gonzaga.

O conceituado médico, o qual tem um sobrenome em que as elites e oligarquias tradicionais de Ipu eleitoralmente digerem até sem sal, filosoficamente daria um bom candidato de oposição pois teria um discurso incontestável de moralização, diferente de muitas lideranças de oposição que continuam maculadas por que se acomodaram durante a gestão Sávio Pontes, foi bastante prestigiado no último sábado em meio a comitiva ipuense que se dirigiu a cidade de Croatá para o encontro do PMDB.

Em  entrevista ao Ipunotícias, veja vídeo abaixo, o ex-Vice Prefeito de Ipu já ensaia sua saída do casulo e volta a falar em PMDB da moralização. Pessoas próximas ao mesmo já afirmam que Gonzaga anda muito radiante com essa virada de jogo favorável a ele que se desenha com a competitiva candidatura de Eunício. 

Seria os anais da história política ipuense se repetindo novamente? Os dissidentes que viram oposição. Melhor desdenhar e engolir calado ou cercear pois a coisa pode virar uma daquelas ondas politicas que o Ipuense adora e vai avassaladora para as urnas? 

Para pessoas próximas ao líder do Grupo Liberdade essa turma na hora H fica é com ele e o PROS, independente de quem for o candidato ao governo indicado por Cid Gomes. Em síntese, assim como aconteceu em 2012, diz-se que o prefeito vai enquadrar essa turma em Junho depois que o candidato de Cid for homologado. 
Se isso for verdade, tem gente se enganando (ou seria sendo enganado) nessa história.         

                         
Fotos e Vídeo: Ipunoticias.com 

FARIAS BRITO, O MÁXIMO EM MEDICINA

Click par Ampliar

domingo, março 16, 2014

EUNÍCIO REAFIRMA PRÉ-CANDIDATURA E DIZ QUE ESTÁ NA HORA DO PMDB VOLTAR A GOVERNAR O CEARÁ

O X encontro do PMDB em Croatá foi em tom de campanha eleitoral 
Foto: Ipunoticias.com
Com cara de convenção, milhares de pessoas, na sua grande maioria filiados e simpatizantes, compareceram ao 10º Encontro Regional do PMDB realizado na cidade serrana de Croatá, região ibiapabana do estado do Ceará. O que seria a princípio um encontro da sigla, acabou se tornou um lançamento extraoficial de candidatura governamental do Ceará.

O Senador Eunício Oliveira foi recepcionado pelo anfitrião da casa, o prefeito de Croatá Antônio Onofre, 17 Caravanas de todas as localidades vieram prestigiar esse grandioso encontro, deputados, vereadores, lideranças políticas da serra, em sua grande maioria articuladores políticos e filiados ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro. O encontro contou ainda com a participação de oradores e comentaristas políticos de grande expressão e imprensa de toda a região.

O encontro também foi marcado por declarações fortes de correligionários de Eunício, dentre eles dos Deputados Perboyre Diógenes e Carlomano Marques.

Em tom de campanha, o senador disse que estava na hora do PMDB voltar a governar o Ceará ao mesmo tempo que destacou Tasso Jereissati. O pré-candidato declarado em tom confessional disse que não era um "bocão" e nem um "boquinha", referindo-se a uma recente matéria da revista Veja que criticara o PMDB na busca de ministérios em Brasília, pois não aceitou o convite da presidente Dilma para assumir o Ministério da Integração Nacional e abdicar de sua provável candidatura para suceder Cid Gomes. 

Em suas palavras, ele voltou a afirmar que os encontros tem como objetivo primordial de ouvir todos os simpatizantes e filiados ao PMDB, fez questão de agradecer a todos que compareceram neste encontro, afirmou e relacionou o compromisso de seu trabalho no Senado, como a interiorização dos investimentos, as ações para a convivência com a seca no nordeste e a renegociação das dívidas agrícolas como uma grande conquista. 
Texto-Base: Afrânio Soares com adaptação e informações adicionais de Kleber Teixeira
_________________________________________________________
Confira a reportagem feita pelo site Ipunoticías, em mais uma brilhante e profissional cobertura jornalística que reflete o quanto a imprensa de Ipu tem gente talentosa.
                      
Click aqui E OUÇA O ÁUDIO COMPLETO DO DISCURSO DE EUNÍCIO EM CROATÁ ( Fonte: Afrânio Soares- Aconteceu Ipu)